Accessibility / Report Error

Ampliação do conhecimento biogeográfico de Pleurophora pulchra (Lythraceae) com enfoque em biologia da conservação

Increasing biogeographical knowledge of Pleurophora pulchra (Lythraceae) with conservation biology approach

Resumo

Descrita no ano de 2015, o conhecimento da biogeografia de Pleurophora pulchra é limitado, fato que impossibilitou sua inclusão na primeira avaliação sobre Áreas Prioritárias para Conservação da Flora do Domínio Caatinga (APCFCs) e Unidades de Conservação (UCs). Nesse contexto, propusemos descrever o potencial biogeográfico de P. pulchra na Caatinga através de modelagem de distribuição de espécies (MDE), visando ampliar as discussões sobre APCFCs e UCs. Utilizamos o algoritmo Maxent para computar o modelo final (MDEf), e o teste Binomial para avaliar o desempenho dos mesmos. Constatamos que P. pulchra está ajustada a ambientes de elevada aridez, com baixa precipitação anual, grande sazonalidade na precipitação, temperaturas estáveis nos meses mais frios e solos pouco espessos, variando de imperfeitamente à bem drenados. O MDEf revelou áreas com adequabilidade ambiental predominantemente na depressão sertaneja meridional da Bahia, Pernambuco e Paraíba, além de áreas do planalto da Borborema da Paraíba. As UCs APAs Cariri e Lago de Sobradinho, APCFCs Jatobá e Cariri Paraibano se destacaram pela representatividade da área com adequabilidade ambiental superior a 0.5. O resultado do teste binomial indicou bom desempenho de MDEf (p < 0.001 t =1) e, portanto, reforçou a possibilidade de novos registros de P. pulchra nas áreas supracitadas.

Palavras-chave:
ameaça de extinção; biologia da conservação; MDE

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Rua Pacheco Leão, 915 - Jardim Botânico, 22460-030 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel.: (55 21)3204-2148, Fax: (55 21) 3204-2071 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rodriguesia@jbrj.gov.br