Accessibility / Report Error

Rivina humilis L. (Phytolaccaceac), anatomia da raiz, caule e folha

Resumo

No presente trabalha estudou-se a anatomia da raiz, caule e folha de Rivina humilis L.

O sistema vascular ao longo do pecíolo é constituído por feixes do tipo colateral, não apresentando grandes variações no trajeto, desde a região proximal até o ápice da lâmina foliar.

A folha é hypostomática, com estômatos do tipo anomocítico, paracítico e anisocítico, assim como ocorrem estômatos vizinhos e estômatos geminados.

O mesofilo apresenta estrutura dorsiventral. Os idioblastos com cristais prismáticos e estilóides de oxalato de cálcio encontram-se na raiz, caule e folha.

O caule apresenta projeções, formadas por colênquimas do tipo angular. Os estômatos são do tipo anomocítico e anisocítico. Em estrutura primária a raiz é do tipo tetrarca. Encontram-se fibras simples, apresentando grande quantidade de amido.

Abstract

In the present work the authors studied the anatomy of root, stem and leaf in Rivina humilis L.

The vascular system of petiole is collateral. The bundles throughout of petiole until apex on the lamina are generally alike.

The leaf is hypostomatic, with stomata of type paracytic, anomocytic and anisocytic. It also has neighbour and twin stomata.

The mesophyll presents dorsiventral structure. The idioblasts with prismates and styloids of calcium oxalate, are observed in root, stem and leaf.

The stem presents projections formed by collenchyma of type angular. We can observe stomata of type anomocytic and anisocytic.

The root is tetrarc in primary structure. The authors observed starch within simple fibres.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Agradecimentos

À Pesquisadora Maria da Conceição Valente pelo auxílio na descrição do padrão de venação, assim como na composição dos desenhos, e pelas sugestões.

Ao Pesquisador Honório da Costa Monteiro Neto pelo auxílio na interpretação dos testes histoquímicos, sugestões e esclarecimentos.

Ao Conselho de Desenvolvimento Científico e Tecnológico pela bolsa concedida durante o trabalho.

Referências bibliográficas

  • BAILEY, L.H. 1916. The Standard Cyclopedia of Horticulture New York, The Macmillan Company, v, 3, p. 2966, fig. 3412.
  • FOSTER, A.S. 1953. Techniques for study in the leaves of Angiosperme Stockolm, Proc. 7th Int. Congr., p. 586-587.
  • HICKEY, L.J. 1973. Classification of the Architecture of Dicotyledonons Leaves. Amer. J. Bot. 60(1):17:33. fig. 46.
  • JOHANSEN, D. 1940. Plant Microtechnique New York-London, Mcgraw-Hill Book Co. Inc., 523p.
  • JOHN SIMS, M.D. 1815. Curtis's Botanical Magazine London, Ed. Sherwood Neely & Jones, v. 42, T. 1781.
  • LAROCHE, R.C. 1973. Catálogo de Nervação Foliar das Amaranthaceae e Annonaceae da Caatinga - III. Arq. Jard. Bot. Rio de Janeiro. 19:269-279.
  • METCALFE, C.R. & CHALK, L. 1957. Anatomy of Dicotyledons Oxford, Clarendon Press, v. 2, p. 1086-1091.
  • PIO CORRÈA, M. 1984. Dicionário das Plantas Úteis do Brasil Rio de Janeiro, Ministério da Agricultura - IBDF, v. 2, p. 664-668.
  • REGNAULT, M. 1860. Recherches sur l'anatomie de quelques tiges de Cyclospermées. Am. Sc. Nat. 4: 139-144, t. 14 e pl. 9.
  • SOLEREDER, H. 1908. Systematic Anatomy of the Dicotyledons Oxford, Clarendon Press, v. 2, p. 664-668.
  • VAN COTTHEM, W.R.J. 1970. A Classification of Stomal Types. Bot. J. Linn. Soc. 63:235-246.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Jan-Dec 1989

Histórico

  • Recebido
    Jun 1988
  • Aceito
    18 Ago 1989
Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Rua Pacheco Leão, 915 - Jardim Botânico, 22460-030 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel.: (55 21)3204-2148, Fax: (55 21) 3204-2071 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rodriguesia@jbrj.gov.br