Accessibility / Report Error

Diversidade de Asteraceae em um campo de murundus no sudoeste de Goiás, Brasil

Asteraceae diversity in earthmounds in Southwestern Goias, Brazil

Resumo

Campo de murundus ou covoal é uma das fitofisionomias do Cerrado menos conhecidas floristicamente, cujo componente arbóreo é mais estudado que o componente herbáceo-subarbustivo. Apresentamos o levantamento florístico da família Asteraceae em um campo de murundus do município de Jataí, Goiás. As coletas foram realizadas por meio do método de caminhamento. Um total de 41 espécies foi registrado na área estudada, das quais 34 são autóctones e sete espécies são alóctones para o Cerrado. O número de espécies encontrado é superior ao registrado em campos de murundus do Parque Estadual do Araguaia e apenas Ayapana amygdalina e Chrysolaena obovata são comuns às duas áreas. As espécies comuns entre a área estudada e 14 outras localidades no Cerrado são Achyrocline alata, A. satureioides, Ayapana amygdalina, Mikania officinalis e Chromolaena laevigata. Algumas espécies são endêmicas e dentre estas, duas são restritas ao Cerrado, uma delas inclusive nova para a ciência. Do total apenas uma está registrada ocorrendo em campos de murundus na lista do Cerrado. Este estudo é o primeiro realizado para a família Asteraceae em campo de murundus e espera-se contribuir com a ampliação do conhecimento sobre as espécies que ocorrem nesta fisionomia.

Palavras-chave:
Compositae; covoal; flora herbáceo-subarbustiva; parque de cerrado

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Rua Pacheco Leão, 915 - Jardim Botânico, 22460-030 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel.: (55 21)3204-2148, Fax: (55 21) 3204-2071 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rodriguesia@jbrj.gov.br