Rodriguésia, Volume: 60, Issue: 1, Published: 2009
  • Editorial Editorial

    Araújo, Dorothy Sue Dunn de; Amado Filho, Gilberto Menezes
  • Vegetation and land cover mapping of the Cabo Frio Centre of Plant Diversity, Rio de Janeiro, Brazil Artigos Originais

    Bohrer, Claudio Belmonte de Athayde; Dantas, Heloisa Guinle Ribeiro; Cronemberger, Felipe Mendes; Vicens, Raul Sanchez; Andrade, Sandra Fernandes de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A região de Cabo Frio é reconhecida como um importante centro de diversidade vegetal (CDVCF) da Região Neotropical, devido à presença de diversos taxa endêmicos e comunidades vegetais singulares, o que pode ser relacionado tanto ao clima relativamente seco quanto à heterogeneidade do ambiente físico. Embora diversos estudos realizados na região tenham produzido informações importantes sobre a estrutura e composição florística de algumas comunidades vegetais, existe ainda uma considerável lacuna na classificação e definição dos tipos de vegetação bem como de sua distribuição espacial. Este trabalho tem como objetivo analisar e descrever os tipos de vegetação da região e sua relação com o ambiente físico, através do mapeamento da cobertura vegetal e uso do solo, baseado na análise integrada de imagens de satélite, fotografias aéreas, mapas temáticos e dados pontuais provenientes de levantamentos estruturais e florísticos e trabalhos de campo, com apoio do processamento digital de imagens e de sistema de informações geográficas. Os resultados são apresentados acompanhados de um mapa da vegetação e uso do solo da área do CDVCF, que poderá ser utilizado como base para novos estudos florísticos e ecológicos, para estudos da dinâmica da paisagem e para apoio ao planejamento ambiental e a conservação da biodiversidade da região.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The Cabo Frio region has been nominated an important Centre of Plant Diversity of the Neotropical Region due to the presence of several endemic taxa and unique plant communities, which are related to both a dry climate and a heterogeneous physical environment. Although previous studies have provided important floristic and structural information on vegetation types, there is still considerable uncertainty about the spatial distribution, extent and variation in vegetation cover, as well as the classification and definition of these types. This work aims to provide an analysis of the region's vegetation and its relationship to the physical environment, through vegetation and land cover mapping, based on an integrated analysis of satellite images and aerial photographs, thematic maps, point data from previous floristic and structural surveys and field work, supported by digital image processing and geographic information system software. These results are accompanied by a vegetation and land cover map of the entire area, thus providing a basis for further ecological studies, conservation and land use planning and monitoring and landscape dynamics analyses.
  • Vegetation and landscape mapping of Armação de Búzios, Rio de Janeiro, Brazil Artigos Originais

    Dantas, Heloisa Guinle Ribeiro; Lima, Haroldo Cavalcante de; Bohrer, Claudio Belmonte de Athayde

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O município de Armação dos Búzios, que faz parte do Centro de Diversidade Vegetal de Cabo Frio, é caracterizado por uma grande variação de fisionomias vegetais, relacionadas à sua fisiografia e ao clima da região. Nos últimos quarenta anos o crescimento urbano vem reduzindo e fragmentando a sua cobertura vegetal natural. O objetivo deste estudo é fornecer informações sobre a extensão, distribuição e estado de conservação dos remanescentes de vegetação natural do município, através da elaboração de um mapa de vegetação e uso do solo, baseado na interpretação de fotografias aéreas, com o auxílio de mapas temáticos (geologia, solo e relevo) digitais, e trabalhos de campo, com coleta de material botânico, posteriormente identificado em herbário.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Armação dos Búzios Municipality, which is part of the Cabo Frio Center of Plant Diversity, is characterized by a variety of vegetation physiognomies, related to the physical environment and climate. In the last forty years, rapid urban growth has reduced and fragmented the vegetation cover. This work aims to map the extension, distribution and conservation state of the remaining vegetation cover and land use of Armação dos Búzios, based on interpretation of aerial photographs, aided by digital thematic (geology, soil and relief) maps and field work, with collected plant samples identified in the herbarium.
  • Benthic marine algae from Cabo Frio region and surroundings: synthesis of knowledge Artigos Originais

    Brasileiro, Poliana S.; Yoneshigue-Valentin, Yocie; Bahia, Ricardo da G.; Reis, Renata P.; Amado Filho, Gilberto Menezes

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Nas últimas décadas, foram realizados diversos estudos sobre as algas marinhas bentônicas da região de Cabo Frio (RCF), entretanto essa informação está dispersa em publicações avulsas, dissertações e teses. Neste contexto, o objetivo deste trabalho é realizar a revisão da literatura sobre as algas marinhas bentônicas da RCF e fornecer uma listagem detalhada dos táxons com uma análise da composição florística e distribuição geográfica desta importante região do litoral brasileiro. Foram listados 339 táxons infragenéricos, distribuídos em 76 Chlorophyta, 60 Ochrophyta e 203 Rhodophyta. Os municípios com maior número de táxons foram os de Armação dos Búzios (212) e Arraial do Cabo (207). Ao comparar os 339 táxons encontrados com os registrados para o litoral brasileiro, 20 apresentam distribuição geográfica restrita a RCF e 8 possuem afinidade com águas frias. As espéciesPseudolithoderma moreirae Yoneshigue & Boudouresque e Gracilaria yoneshigueana Gurgel, Fredericq & J. Norris são endêmicas da RCF. A partir dos dados reunidos que indicam a elevada riqueza e a presença de elevado número de espécies com distribuição discontínua e restrita, podese afirmar que a RCF é uma das mais importantes áreas da diversidade de algas do Brasil.

    Abstract in English:

    ABSTRACT At the last decades, several studies were done about benthic marine algae from Cabo Frio region (RCF), meanwhile the obtained information is scattered in specific publication, monographs and thesis. In this context, the aim of this work is to revise the literature about marine algae from RCF, providing a detailed list of taxa, and analyzing the floristic composition and geographical distribution of benthic marine algae of this importance region from the Brazilian coast. It was found 339 infrageneric taxa, distributed in 76 Chlorophyta, 60 Ochrophyta and 203 Rhodophyta. The municipalities with higher number of taxa were Armação dos Búzios (212) and Arraial do Cabo (207). It was found that 20 of the 339 taxa listed presented distribution restricted to RCF when comparing with the taxa registered to the Brazilian coast and that 8 taxa presented affinities with temperate waters. The species Pseudolithoderma moreirae Yoneshigue & Boudouresque and Gracilaria yoneshigueana Gurgel, Fredericq & J. Norris are endemic to RCF. From the obtained data that indicates an elevate species richness and the presence of number species with restricted and discontinued distribution we can affirm that RCF is one of the most important diversity center of marine algae in Brazil.
  • The Massambaba Environmental Protection Area: flora and vegetation Artigos Originais

    Araujo, Dorothy Sue Dunn de; Sá, Cyl Farney Catarino de; Fontella-Pereira, Jorge; Garcia, Daniele Souza; Ferreira, Margot Valle; Paixão, Renata Jacomo; Schneider, Silvana Marafon; Fonseca-Kruel, Viviane Stern

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A Área de Proteção Ambiental (APA) de Massambaba, criada em 1986 e administrada pela FEEMA, abrange 76,3 km2 de restingas, lagoas e morros baixos. Está situada nos municípios de Saquarema, Araruama e Arraial do Cabo, em uma área de restinga constituída por um sistema de dois cordões arenosos, coberto em parte por um campo de dunas. A região de Cabo Frio possui um clima sui generis para o litoral sudeste, com menos de 900 mm anuais de pluviosidade. A diversidade florística desta região é a mais alta do litoral, constituindo um dos 14 Centros de Diversidade Vegetal no Brasil. São descritas 10 formações vegetais e 664 espécies de plantas vasculares distribuídas em 118 famílias. As famílias mais ricas em espécies são Leguminosae e Myrtaceae. Das formas de vida, as mais abundantes são as ervas (30%), seguido pelos arbustos (23%), árvores (21%), lianas (19%), epífitas (6%) e parasitas/saprófitas (1%). Esta unidade de conservação abriga diversas espécies ameaçadas de extinção.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The Massambaba Environmental Protection Area was created in 1986 and is administered by the State Environmental Protection Agency (FEEMA). It has an area fo 76.3 km2 of sandy coastal plains, lagoons and low hills in the municipalities of Saquarema, Araruama and Arraial do Cabo, Rio de Janeiro state. The coastal plain consists of two beach ridges and a dune field. The climate of the Cabo Frio region is unique in southeastern Brazil in that annual rainfall is only 900 mm, and floristic diversity is the highest in the coastal region. It is one of Brazil´s 14 Centers of Plant Diversity. Ten plant communities are described for this conservation unit and there are 664 species in 118 families on the list of vascular plants. Leguminosae and Myrtaceae are the most species-rich families. The most abundant life forms on the list are herbs (30%), followed by shrubs (23%), trees (21%), lianas (19%), epiphytes (6%) and parasites/saprophytes (1%). The conservation unit protects several endangered species.
  • Vascular coastal vegetation of Jacarepiá Lagoon, Saquarema, Rio de Janeiro, Brazil Artigos Originais

    Barros, Ana Angélica Monteiro de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Esse trabalho referese ao levantamento florístico realizado na região litorânea da Lagoa de Jacarepiá, localizada no município de Saquarema, RJ. Essa área alagada representa um importante compartimento lagunar ocupado por vegetação sujeita a inundações permanentes ou temporárias. As plantas adaptadas a esse tipo de ambiente são denominadas macrófitas aquáticas e têm um papel relevante na dinâmica ecológica desse ecossistema. Plantas férteis foram coletadas, herborizadas e identificadas através da metodologia tradicional. As exsicatas foram depositadas nos Herbários RFA e RFFP. Foram registradas 101 espécies vasculares, sendo 93 espécies pertencentes a 78 gêneros e 40 famílias de Magnoliophyta e 8 espécies de Pteridophyta com 7 gêneros e 5 famílias. Destacam-se as famílias Cyperaceae (16 spp.), Asteraceae (13 spp.), Leguminosae (8 spp.), Poaceae (6 spp.) e Rubiaceae (5 spp.), correspondendo a 47,5% das espécies levantadas. A vegetação apresenta uma fitofisionomia dominada por Cladium jamaicense Crantz. Apenas 43,6% das espécies são exclusivamente macrófitas aquáticas. A forma biológica predominante é a anfíbia (48%), seguida de tolerante (30%), emergentes (15%), flutuantes fixas (4%), flutuantes livres (3%) e submersa livre (1%).

    Abstract in English:

    ABSTRACT This work refers to floristic survey of the coastal zone of Jacarepiá Lagoon, located at Saquarema, Rio de Janeiro state. This wetland represents an important lagoon region that has seasonally or permanently flooded vegetation. The plants adapted to this kind of habitat are called aquatic macrophytes and play an important role in ecological dynamics of ecosystems. Fertile plants were collected, dried and identified by traditional methodology. The exsiccatae were deposited in the RFA and RFFP herbaria. The floristic survey registered 101 vascular species, 93 species of Magnoliophyta belonging to 78 genera and 40 families; 8 species of Pteridophyta belonging to 7 genera and 5 families. The most important families are: Cyperaceae (16 spp.), Asteraceae (13 spp.), Leguminosae (8 spp.), Poaceae (6 spp.) and Rubiaceae (5 spp.). These families hold 47.5% of the total number of species found. The vegetation is dominated by Cladium jamaicense Crantz. Only 43.6% are true aquatic macrophytes. The predominant life form is amphibious (48%) followed by tolerant (30%), emergent (15%), fixed floating (4%), free floating (3%) and free submersed (1%).
  • Species richness and geographic distribution of Leguminosae trees and implications for conservation in the Cabo Frio Center of Plant Diversity, Rio de Janeiro, Brazil Artigos Originais

    Ribeiro, Robson Daumas; Lima, Haroldo Cavalcante de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Leguminosae apresenta cerca de 727 gêneros e 19.325 espécies distribuídas pelo mundo, sendo uma das principais famílias na composição da flora arbórea de ambientes estacionais. A região de Cabo Frio é o principal núcleo de florestas secas do estado do Rio de Janeiro e por possuir elevada diversidade e endemismo é um dos seis centros de diversidade indicados para a Mata Atlântica. Com o objetivo de conhecer a diversidade de Leguminosae arbóreas no Centro de Diversidade Vegetal de Cabo Frio (CDVCF) e seus padrões de distribuição geográfica foram registrados 81 táxons e reconhecido seis padrões de distribuição. Baseado nos endemismos e em análises de composição de algumas áreas do CDVCF, foi possível indicar os remanescentes de florestas sobre Tabuleiro nas proximidades da Praia da Gorda, Armação dos Búzios e dos morrotes mamelonares dos municípios de Araruama, Iguaba, Saquarema e São Pedro da Aldeia como prioritários para a conservação.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Leguminosae, with about 727 genera and 19,325 species distributed worldwide, is one of the main families in the composition of tree flora of dry environments. The Cabo Frio region holds the main core of dry forests in Rio de Janeiro state. Because of high diversity and endemism, it is one of six Centers of Plant Diversity indicated for the Atlantic Forest. In order to know the diversity of tree Leguminosae of the Cabo Frio Center of Plant Diversity (CDVCF) and their patterns of geographic distribution, 81 taxa were recorded and six distribution patterns were recognized. Based on endemics and composition analyses of several areas of the CDVCF, it was possible to indicate the forest remnants on Tabuleiro in the vicinity of Gorda Beach and on the low hills of Araruama, Iguaba, Saquarema and São Pedro da Aldeia as priorities for conservation.
  • Phytosociology of the shrub-tree layer of semideciduous coastal forests in the Emerenças region, Pau Brasil Environmental Protection Area, Armação dos Búzios, Rio de Janeiro, Brazil Artigos Originais

    Kurtz, Bruno Coutinho; Sá, Cyl Farney Catarino de; Silva, Daniele Oliveira da

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO O município de Armação dos Búzios, RJ, faz parte da região de Cabo Frio, considerada um dos 14 Centros de Diversidade Vegetal do Brasil. Para a caracterização da composição florística e estrutura do componente arbustivoarbóreo (DAP > 5 cm) de florestas sobre maciços litorâneos deste município, foram implantados cinco blocos de cinco parcelas de 10 x 20 m, distribuídos em diferentes encostas (total de 0,5 ha). Foram amostrados 1193 indivíduos, 98 espécies e 36 famílias. Myrtaceae e Fabaceae (20 e 11 espécies) destacaram-se em riqueza e Euphorbiaceae, em número de indivíduos (39% do total). As espécies mais importantes foram Pachystroma longifolium (VI = 31,9), Sebastiania nervosa (30,6), Chrysophyllum lucentifolium (11,3), Machaerium pedicellatum (10,5), Guapira opposita (9,9), Philyra brasiliensis (9,9), Capparis flexuosa (9,1), Lonchocarpus virgilioides (8,2), Syagrus romanzoffiana (7,6) e Acosmium lentiscifolium (7,5). O índice de Shannon (H') foi de 3,60 nat.ind.-1 e a equabilidade (J') foi de 0,79. A distribuição espacial das espécies parece estar condicionada às características ecológicas de cada encosta, como resultado de sua orientação. As florestas estudadas apresentaram, em geral, similaridade (Jaccard) muito baixa com outras florestas fluminenses.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The municipality of Armação dos Búzios, Rio de Janeiro state, is included in the Cabo Frio region, one of the 14 Centres of Plant Diversity in Brazil. Aiming to characterize floristics and structure of the shrub-tree layer (DBH > 5 cm) of forests on coastal hills in this municipality, five sets of five 10 x 20 m plots were established on different slopes (total of 0.5 ha). The survey included 1193 individuals, 98 species and 36 families. Myrtaceae and Fabaceae (20 and 11 species) were the richest families, and Euphorbiaceae was the most abundant, comprising 39% of the individuals. The most important species were Pachystroma longifolium (IV = 31.9), Sebastiania nervosa (30.6), Chrysophyllum lucentifolium (11.3), Machaerium pedicellatum (10.5), Guapira opposita (9.9), Philyra brasiliensis (9.9), Capparis flexuosa (9.1), Lonchocarpus virgilioides (8.2), Syagrus romanzoffiana (7.6) and Acosmium lentiscifolium (7.5). The Shannon index (H') was 3.60 nat.ind.-1 and the evenness index (J') was 0.79. Species distribution seems to be influenced by the ecological characteristics of each slope, as a result of its orientation. The forests studied showed, in general, very low Jaccard's similarity with other forests from Rio de Janeiro.
  • Structure and flora of a restinga forest at Ipitangas, Saquarema, Rio de Janeiro, Brazil Originais Articles

    Sá, Cyl Farney Catarino de; Araujo, Dorothy Sue Dunn de

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO A restinga de Ipitangas abriga um dos últimos remanescentes de floresta de restinga livre de inundação entre Marambaia e Cabo Frio. A estrutura desta floresta foi estudada utilizando o método de ponto quadrante central utilizandose dois critérios: DAP ≥ 5 e DAS ≥ 5. Foram encontradas 108 espécies distribuídas em 34 famílias, sendo Myrtaceae, Leguminosae e Sapotaceae as mais ricas. As espécies Algernonia obovata, Pterocarpus rohrii, Pseudopiptadenia contorta, Guapira opposita, Alseis involuta, Simaba cuneata, Astronium graveolens, Eriotheca pentaphylla e Ocotea complicata prevalecem entre as dez de maior valor de importância tanto na análise a partir do DAP como do DAS. Pouteria grandiflora destaca-se como uma espécie com elevada proporção de indivíduos com troncos múltiplos, tanto em relação ao DAP quanto ao DAS, enquanto Algernonia obovata e Pterocarpus rohrii apresentam destacadas proporções quando se consideram as medidas de DAS. As dominâncias totais obtidas a partir do DAP (23,3 m2/ha) e do DAS (39,2 m2/ha) são influenciadas principalmente pela forma dos troncos e das raízes tabulares de algumas espécies e pelos troncos múltiplos. A floresta de restinga em Ipitangas apresentou maior similaridade florística com áreas do Centro de Diversidade Vegetal de Cabo Frio e do Espírito Santo do que com as restingas de São Paulo e do litoral sul do Brasil.

    Abstract in English:

    ABSTRACT The Ipitangas Restinga is home to one of the last remnants of non-flooded restinga forest on the coast of Rio de Janeiro state, from Marambaia to Cabo Frio. Forest structure was studied using the point-centered quadrant method and minimum diameter of 5cm at breast height and at soil level. A total of 108 species were recorded in 34 families; Myrtaceae, Leguminosae and Sapotaceae were the most species-rich families. Algernonia obovata, Pterocarpus rohrii, Pseudopiptadenia contorta, Guapira opposita, Alseis involuta, Simaba cuneata, Astronium graveolens, Eriotheca pentaphylla andOcotea complicata were among the ten most important species based on Importance Value (IV) calculated from both breast height and soil level diameters. Pouteria grandiflora had the highest number of multiple trunks based on both diameter measurements, while Algernonia obovata and Pterocarpus rohrii had high numbers of multiple trunks when taken into consideration soil level diameter. Total dominance based on breast height diameter was 23.2 m2/ha while that using soil level diameter was 39.2 m2/ha. These results are influenced mainly by trunk shape, the presence of buttresses and by multiple trunks. The forest at Ipitangas had greater floristic similarity when compared to areas in the Cabo Frio Center of Plant Diversity and in the state of Espírito Santo than when compared to areas on the coast south of Rio de Janeiro state.
  • Epiphytes from the dry forest of the Jacarepiá State Ecological Reserve, southeastern Brazil: interactions with the arboreal community Artigos Originais

    Fontoura, Talita; Rocca, Marcia Alexandra; Schilling, Ana Cristina; Reinert, Fernanda

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Investigamos a vegetação arbórea e a comunidade epífita da floresta seca para responder às seguintes perguntas: i) como a abundância e riqueza de epífitas ocorrem sobre os indivíduos das espécies arbóreas? ii) a abundância de forófitos depende do número de indivíduos das espécies arbóreas? iii) a abundância e riqueza de epífitas dependem do número e tamanho dos forófitos? iv) espécies arbóreas são selecionadas por espécies epifíticas? Nesta floresta, as espécies arbóreas mais abundantes é que hospedam a maioria das epífitas. Quatorze espécies arbóreas foram especialmente propensas a apresentar muitos grupos epifíticos e nove propícias a possuir várias espécies de epífitas mas não em alta abundância. O número de indivíduos arbóreos foi um bom parâmetro para estimar a abundância de forófitos e seu número foi considerado um bom parâmetro para estimar a riqueza de epífitas a ocorrerem nesta floresta seca. Quatro espécies arbóreas foram especialmente preferidas pelas duas espécies epífitas de maior abundância e freqüência na área, onde ocorreram com alta abundância. Entretanto, não houve seletividade de nenhuma espécie arbórea por epífitas raras que ocorreram na área.

    Abstract in English:

    ABSTRACT We investigated the arboreal vegetation and epiphytic community of a 'restinga' dry forest to answer the following questions: i) how does epiphyte abundance and richness occur on arboreal species? ii) does phorophyte abundance depend on the abundance of tree species? iii) does epiphyte abundance and richness depend on the size and abundance of phorophytes? iv) are arboreal species selected by epiphyte species? The most abundant arboreal species host most of the epiphytes. Fourteen arboreal species were especially prone to hosting many epiphyte groups and nine arboreal species were especially prone to hosting only high epiphyte richness. The abundance of arboreal species was a good surrogate to predict the number of phorophytes, and the number of phorophytes was a good surrogate to predict epiphyte abundance and epiphyte richness. Four arboreal species were especially preferred by the most abundant epiphyte species. Nevertheless, no rare epiphyte species had high abundance on any tree species.
  • Quantitative ethnobotany of a restinga forest fragment in Rio de Janeiro, Brazil Original Articles

    Fonseca-Kruel, Viviane Stern da; Araujo, Dorothy Sue Dunn de; Sá, Cyl Farney Catarino de; Peixoto, Ariane Luna

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Um estudo etnobotânico foi feito na comunidade de pescadores artesanais do município de Arraial do Cabo, começando com o inventário de espécies, desenvolvido em um remanescente de floresta de restinga próximo à comunidade estudada. Usando uma metodologia quantitativa em Etnobotânica, aliada a parâmetros ecológicos (freqüência, densidade, dominância e seus valores relativos, e índice de valor de importância), os seguintes resultados foram obtidos: 296 indivíduos foram inventariados e 41 espécies identificadas, distribuídas em 26 famílias e 36 gêneros. O maior valor de uso (V.U.) foi atribuído a Schinus terebinthifolius Raddi. A partir destes dados, foram realizadas entrevistas estruturadas, e análises quantitativas, baseadas no consenso entre os informantes (pescadores locais) para buscar indicação sobre as espécies úteis. Os 22 diferentes tipos de uso mencionados foram distribuídos em cinco categorias: alimentar, medicinal, tecnologia, construção e combustível. Os valores de uso mais expressivos, envolvendo 46% das espécies, 57% das famílias e 80% dos indivíduos, foram relativos à extração seletiva de madeira para construção, lenha e reparo de barcos.

    Abstract in English:

    ABSTRACT An ethnobotanical study was carried out in the local fishing community of Arraial do Cabo Municipality, starting with an inventory of a restinga forest remnant adjacent to the community being studied. Using quantitative ethnobotany methodology allied with ecological parameters (frequency, density, dominance and their relative values, importance value index), we sampled 296 individuals and identified 41 species in 26 families and 36 genera. The highest use value (U.V.) was attributed to Schinus terebinthifolius Raddi. Based on these data we interviewed local fishermen regarding useful species. We used structured interviews and quantitative analysis based on informant consensus. The 22 different types of usage mentioned were placed in five categories: food, medicine, technology, construction and firewood. Selective extraction of wood for construction, firewood and boat repair were the most important use values, involving 46% of the species, 57% of the families and 80% of the individuals.
  • The use of plants by prehistoric fishermen, collectors and hunters from the beach ridge of Saquarema, Rio de Janeiro, Brazil Original Articles

    Kneip, Lina Maria

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este estudo apresenta alguns resultados das pesquisas arqueológicas e interdisciplinares desenvolvidas em sítios arqueológicos tipo "sambaqui", localizados no município de Saquarema, estado do Rio de Janeiro. Enfatizando na análise a utilização de plantas silvestres pelos pescadores, coletores e caçadores pré-históricos da área de restinga situada entre a lagoa de Saquarema e o oceano Atlântico, observou-se que a coleta vegetal seria bem intensa tanto para fins alimentares quanto econômicos. Correlacionando tipos de cobertura vegetal (botânica) e unidades de paisagens (geologia), foi possível compor o quadro paisagístico contemporâneo às ocupações humanas. As análises antropológicas foram de fundamental importância. A pesquisa cobre um período de tempo que vai de 4520 ± 190 a 1790 ± 50 anos A.P.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This study shows some of the results of the archaelogical and interdisciplinary research done in archaelogical sights such as the mounds in Saquarema, in the State of Rio de Janeiro. In the analysis emphasis was given to the use of sylvan plants by prehistoric fishermen, collectors and hunters of the beach ridge area located between Saquarema lagoon and the Atlantic Ocean. It was observed that the collection of plants were very intense for food and economic purposes. After establishing a relationship between vegetation cover (botany) and units of landscape (geology), it was possible to set up the contemporary landscape picture of human occupation. The anthropological analyses were fundamentally important. The research covers the period from 4520 ± 190 to 1790 ± 50 years B.P.
  • Population structure and one-year dynamics of the endangered tropical tree species Caesalpinia echinata Lam. (Brazilian red-wood): the potential importance of small fragments for conservation Original Articles

    Rodrigues, Pablo José Francisco Pena; Abreu, Rodolfo Cesar Real de; Barcellos, Eduardo M. B.; Lima, Haroldo Cavalcante de; Scarano, Fabio Rubio

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Caesalpinia echinata Lam. (pau-brasil) é uma espécie ameaçada de extinção que ocorre em fragmentos florestais da região de Cabo Frio no Rio de Janeiro. Quatro sub-populações da região foram utilizadas para detecção de padrões populacionais e estudo de um ano de dinâmica da espécie. Em cada uma destas sub-populações, parcelas de 0,1 ha foram estabelecidas e todos os indivíduos de C. echinata foram mensurados quanto ao diâmetro e altura. Os fragmentos selecionados possuíam tamanhos distintos e estavam sujeitos a impactos antropogênicos diferenciados. Tais impactos representaram gradientes de sucessão de estágios iniciais (fragmento pequeno) até estágios tardios (fragmento grande). As sub-populações foram comparadas quanto à densidade de indivíduos, estrutura de tamanhos, distribuição espacial, germinação e mortalidade, a fim de detectar respostas em curto-prazo das plantas aos danos mecânicos (quebra, soterramento e corte). Análises de Modelos Matriciais foram realizadas considerando as quatro sub-populações como uma única população local. Estas indicaram pequena tendência de expansão populacional após eventos reprodutivos (λ = 1,0211), caso os padrões de danos não conduzissem a extinção total do habitat. Paralelamente, as sub-populações exibiram padrões agregados de distribuição, especialmente nas bordas florestais. A estrutura de diâmetros variou desde o padrão de J-reverso, e.g. abundância de sementes no fragmento pequeno (sub-população mais impactada) até a distribuição uniforme observada nas classes de diâmetros do maior fragmento (sub-população menos impactada). A sub-população do menor fragmento exibiu as maiores taxas de nascimento e mortalidade, contrastando com a reduzida variação demográfica do maior fragmento. Entretanto, o menor fragmento também exibiu a maior densidade de plântulas e biomassa. Estes resultados indicam que pequenos fragmentos também são importantes para a conservação do pau-brasil.

    Abstract in English:

    ABSTRACT Caesalpinia echinata Lam. an endangered species, occurs in forest fragments of the Cabo Frio region, in Rio de Janeiro, Brazil. Data from four sub-populations were used to describe local population patterns and one-year dynamics. In each subpopulation, 0.1 ha-plots were set up and all C. echinata trees were mapped, and diameter and height were measured. The fragments sampled had different sizes and were subjected to various degrees of man-made disturbance, representing a succession gradient from an earlier (small fragment) to a later stage (large fragment). We compared the sub-populations as regards density, size structure, spatial distribution, germination and mortality, to identify short-term responses to mechanical injuries (broken stems, sand burial and man-made cuts). Matrix analysis considering the four C. echinata sub-populations together showed a slight tendency for population expansion (λ = 1.0211) if injury patterns do not lead to habitat extinction. On the other hand, sub-populations showed aggregated distribution patterns, particularly at forest edges. Diameter size structure varied from a reversed-J pattern, i.e. seedling abundance in the small fragment (more impacted sub-population) to a uniform plant distribution of size classes in the large one (less impacted sub-population). The sub-population in the smallest fragment showed the highest birth and mortality, in contrast to reduced demographic variation in the largest fragment. Moreover, the smallest fragment also showed the largest seedling stand density and biomass. These data indicate the potential importance of small fragments for the conservation of the Brazilian red-wood.
  • Plant morpho-physiological variation under distinct environmental extremes in restinga vegetation Original Articles

    Scarano, Fabio Rubio; Barros, Cláudia Franca; Loh, Roberta Kuan Tchuen; Mattos, Eduardo Arcoverde de; Wendt, Tânia

    Abstract in Portuguese:

    RESUMO Este trabalho é uma síntese das informações obtidas em mais de dez anos de pesquisas sobre variação morfofisiológica entre populações e dentre indivíduos de uma mesma população para seis espécies da restinga de Jacarepiá: os arbustos Alchornea triplinervia, Andira legalis, Clusia fluminensis e Myrsine parvifolia, a bromélia Aechmea maasii (anteriormente identificada como Aechmea bromeliifolia, que agora é como são denominadas plantas ocorrentes no Brasil central) e a palmeira geófita Allagoptera arenaria. Forma, porte e crescimento de indivíduos, anatomia foliar, fotoinibição da fotossíntese e uso de carbono, nitrogênio e água foram os principais parâmetros estudados. Com freqüência, a análise isolada da variação de um desses parâmetros não permite distinguir aclimatação de sintoma de injúria. Logo, os estudos aqui revisados apresentam uma abordagem que integra os diferentes parâmetros auto-ecológicos mencionados, assim como estes a parâmetros populacionais. Variação em caracteres morfológicos, anatômicos e fisiológicos foi detectada para a maioria destas espécies e, em geral, apontou para uma grande capacidade de aclimatação das mesmas a distintas circunstâncias ambientais. Tal capacidade de ajuste deve ter sido essencial para que várias destas espécies, na maioria oriundas de ambientes florestais, pudessem vir a colonizar um ambiente extremo como as restingas. Esta mesma capacidade é um elemento a mais a ser contabilizado como componente da grande biodiversidade existente no complexo vegetacional atlântico. Por fim, discutimos as implicações para conservação da biodiversidade da variação intra-específica encontrada ao nível populacional.

    Abstract in English:

    ABSTRACT This paper is a synthesis of over ten years of research on inter- and intra-population variation in morphophysiology of six plant species at the Jacarepiá restinga: the shrubs Alchornea triplinervia, Andira legalis, Clusia fluminensis and Myrsine parvifolia, the bromeliad Aechmea maasii (formerly identified as Aechmea bromeliifolia, now recognized as a species only found in Central Brazil) and the geophyte palm Allagoptera arenaria. Individual shape, stature and growth, leaf anatomy, photoinhibition, and carbon, nitrogen and water use were the main parameters studied. The isolated study of intra-specific variation in one or a few of the above-mentioned traits often does not allow a distinction between acclimation and stress symptoms. Thus, we used an approach that integrated morphology, anatomy, physiology and also population parameters. Variation in morphological, anatomical and physiological traits was found for the majority of these species, and often indicated great acclimation capacity to distinct environmental extremes. This acclimation capacity may be partly responsible for the broad colonization success of extreme habitats in restingas, by species often originating in mesic forest environments. This phenomenon is an additional element to be accounted for as an important component of the high biodiversity of the Atlantic forest complex. Finally, we discuss implications for biodiversity conservation of intra-specific variation at the population level.
Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Rua Pacheco Leão, 915 - Jardim Botânico, 22460-030 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel.: (55 21)3204-2148, Fax: (55 21) 3204-2071 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rodriguesia@jbrj.gov.br