Rodriguésia, Volume: 62, Issue: 4, Published: 2011
  • Editorial Editorial

    Moço, Maria Cecília Chiara
  • Structure of pond vegetation of a vereda in the Brazilian Cerrado Original Papers

    Moreira, Suzana Neves; Pott, Arnildo; Pott, Vali Joana; Damasceno-Junior, Geraldo Alves

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este é o primeiro levantamento de macrófitas aquáticas em lagoa de Vereda. Foi estudada uma lagoa associada à Vereda em Terenos, MS, em períodos de seca e cheia, para avaliar a estrutura das comunidades vegetais e a relação entre distribuição das espécies e a profundidade da água. A amostragem foi realizada em cinco transecções permanentes, ao longo das quais, a cada 5 m, foram dispostas unidade amostrais de 1 m2 e estimada visualmente a cobertura por espécie, solo exposto, material morto, água exposta e profundidade da água. Houve variação no número de espécies entre os períodos seco e chuvoso, no qual a forma de vida predominante foi anfíbia. Foram registradas 77 espécies, 49 gêneros e 31 famílias. As famílias com maior riqueza foram Poaceae (15 espécies), Cyperaceae (11) e Asteraceae e Lentibulariaceae (4) e os gêneros mais ricos, Rhynchospora, Utricularia e Eleocharis (4) e Aeschynomene, Bacopa, Ludwigia e Panicum (3). São mencionadas seis novas ocorrências em relação à última listagem da flora do Cerrado. Eleocharis acutangula foi a espécie com maior cobertura (cheia e seca), seguida por Bacopa reflexa (cheia), Paspalum lenticulare (cheia e seca), Leersia hexandra (cheia e seca) e Sagittaria rhombifolia (cheia e seca). Algumas espécies distribuem-se preferencialmente em profundidades menores, outras em locais mais profundos e algumas não tem padrão. Heliotropium filiforme e Ludwigia nervosa foram as únicas espécies encontradas apenas no período seco, enquanto no período chuvoso, como esperado, as espécies exclusivas foram, na sua maioria, as verdadeiramente aquáticas.

    Abstract in English:

    Abstract This is the first report on aquatic macrophytes in ponds of veredas (palm swamps) in the Cerrado (Brazilian savanna). We studied a pond in a vereda in Terenos, Mato Grosso do Sul state, central-western Brazil, during drought and flood periods to assess plant community structure and the relationship between species distribution and water depth. Sampling was carried out in five permanent transects, along which we placed sampling units of 1 m2 quadrats every 5 m. We estimated visually the relative cover of each species, bare ground, dead matter, and exposed water. We also measured water depth. We recorded 77 species of 49 genera and 31 families. The number of species varied between seasons, and in the rainy season the amphibious life form was predominant. The richest families were Poaceae (15 species), Cyperaceae (11), Asteraceae (4) and Lentibulariaceae (4). The richest genera were Rhynchospora (4), Utricularia (4), Eleocharis (4), Aeschynomene (3), Bacopa (3), Ludwigia (3) and Panicum (3). We found six new occurrences for the cerrado. Eleocharis acutangula had the highest relative cover (rainy and dry seasons), followed by Bacopa reflexa (rainy season), Paspalum lenticulare (rainy and dry seasons), Leersia hexandra (rainy and dry seasons), and Sagittaria rhombifolia (rainy season). Some species were distributed mainly at shallower depths, others occurred in deeper water, whereas some species varied greatly in terms of depth. Heliotropium filiforme and Ludwigia nervosa were found only in the dry season. In the rainy season, as expected, the exclusive species were mostly true aquatics.
  • Are floristic composition, richness and life forms of aquatic macrophytes affected by the dam-river gradient of the Sobradinho Reservoir? Artigos Originais

    Moura Júnior, Edson Gomes de; Abreu, Maria Carolina de; Severi, William; Lira, Giulliari Alan da Silva Tavares

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O presente estudo teve por objetivo avaliar a riqueza, formas biológicas e composição florística de macrófitas aquáticas ao longo do eixo rio-barragem de um reservatório no Nordeste do Brasil. Foram estabelecidas seis estações de amostragem ao longo de suas regiões lótica, de transição e lêntica. As coletas ocorreram nos meses de junho e julho de 2008 (período de estiagem), e em janeiro e fevereiro de 2009 (período chuvoso). Foram coletados indivíduos em estagio fértil ou vegetativo, tendo as espécies sido categorizadas quanto às formas biológicas e os percentuais de frequência de ocorrência. A similaridade florística entre os pontos de amostragem foi calculada utilizando-se o índice de Jaccard. Foram identificadas 43 espécies, das quais 18 estiveram presentes na região lótica, 16 na de transição e 25 na lêntica. Salvinia auriculata Aubl. e Paspalum repens P.J. Bergius ocorreram em 100% das unidades amostrais. As regiões lótica e de transição contemplaram, predominantemente, espécies anfíbias e emergentes, diferindo da região lêntica, onde espécies flutuantes, emergentes e submersas foram mais evidentes. A similaridade entre os ecossistemas lótico e de transição foi maior que 50%, enquanto que entre esses ambientes e a região lêntica foi menor que 25%.

    Abstract in English:

    Abstract This study aimed to evaluate aquatic-macrophyte richness, life forms and floristic composition along the longitudinal axis of Sobradinho Reservoir - Bahia. Six sampling stations were selected along the lotic, transition and lentic stretches. Sampling was conducted in June and July 2008 (drought season), and in January and February 2009 (rainy season). Individuals in both fertile and vegetative stages were sampled and the species were classified according to life form and occurrence frequency. Floristic similarity among sampling stations was expressed by the Jaccard index. Forty-three species were recorded, 21 of these being present in the lotic stretch, 21 in the transition stretch and 30 in the lentic stretch. Salvinia auriculata Aubl. and Paspalum repens P.J. Bergius occurred in 100% of the sampling units. The lotic and transition regions were predominantly colonized by emergent and amphibious macrophytes, whereas the lentic region was colonized by plants with floating and submersed habits. The analysis showed a high similarity (> 50%) between lotic and transition stretches, and low similarity (< 25%) between these and the lentic stretch.
  • The effect of limnological variables on the macrophyte community in rivers and lakes of the Espinhaço Range, Minas Gerais state, Brazil Artigos Originais

    Meyer, Sylvia Therese; Franceschinelli, Edivani Villaron

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Plantas aquáticas e amostras de água foram coletadas em cinco lagoas e três rios na região da Cadeia do Espinhaço, entre dezembro de 2001 e agosto de 2003. Lagoas: Tanque da Fazenda, Comprida, Arame, Americana e Estivinha. Rios: Corrento, Taquaral e Preto. Foram medidas as seguintes variáveis: temperatura da água, transparência da coluna de água, pH, condutividade elétrica, oxigênio dissolvido, demanda bioquímica de oxigênio, demanda química de oxigênio, nitrogênio amoniacal, nitrogênio total, fósforo reativo solúvel e fosfato total. Nos ambientes lóticos os maiores valores de condutividade foram registrados para os rios Preto e Corrento e foram correlacionados ao aporte de nutrientes naturais. Considerando os ambientes lênticos, nas lagoas Americana e Estivinha foram verificados os maiores valores de condutividade elétrica e DQO. O maior valor de transparência foi observado na lagoa Tanque da Fazenda. Na ordenação das espécies, foi observada maior riqueza de macrófitas junto às lagoas Americana, Estivinha e Comprida, cujas correlações mais fortes foram com os valores de temperatura, pH e concentração de nitrogênio. A ordenação das formas biológicas sugeriu a presença de espécies flutuantes fixas nos ambientes mais ricos em nitrogênio e com temperaturas da água mais elevadas. Provavelmente, a diversidade de ambientes identificada neste estudo e as diferentes características físicas e químicas estão refletidas na composição florística e nas interações com o ecossistema.

    Abstract in English:

    Abstract Aquatic plants and water were collected in five ponds and three rivers in the Espinhaço Range, during the period between December 2001 to August 2003. Ponds: Tanque da Fazenda, Comprida, Arame, Estivinha and Americana. Rivers: Corrento, Taquaral and Preto. The following variables were measured: water temperature, transparency, pH, electrical conductivity, dissolved oxygen, oxygen biochemical demand, oxygen chemical demand, ammoniacal nitrogen, total nitrogen, soluble reactive phosphorous, and total phosphate. In the lothic environmental conductivity values were recorded for Corrento e Preto riverrs and were correlated to the supply of natural nutrients. Considering lenthic environments, Americana e Estivinha ponds showed higher values of electrical conductivity and OCD. The highest value of water transparency was found in the Tanque da Fazenda pond. In the ordering of species, higher richness of macrophytes was observed in the ponds Americana, Estivinha, and Comprida. These presented stronger correlation with the values of temperature, pH and nitrogen concentration. The ordination of biological form suggested that floating species are more common in environments rich in nitrogen and of warmer water. Probably, the diversity of environments found in this study, with different physical and chemical characteristics are reflected in the floristic composition and ecosystem function.
  • Aquatic macrophytes of the Rio Doce valley lacustrine system, Minas Gerais, Brazil Artigos Originais

    Pivari, Marco Otávio; Oliveira, Vitor Baptista de; Costa, Flavio Magalhães; Ferreira, Régis Moreira; Salino, Alexandre

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Esta pesquisa trata da composição e da ocorrência de espécies de macrófitas aquáticas em área de proteção ambiental e áreas não protegidas, que compõem o conjunto de lagos do Vale do Rio Doce em Minas Gerais, terceiro maior sistema lacustre brasileiro. As informações foram levantadas a partir de publicações, material depositado em herbários e coletas botânicas entre os anos de 2007 e 2010, em ambientes aquáticos localizados no Parque Estadual do Rio Doce (PERD) e zona de amortecimento. Foram registradas 184 espécies pertencentes a distintos grupos taxonômicos, hábitos e formas biológicas, sendo aqui proposta a criação de uma nova categoria destas, designada embalsada, para contemplar plantas que se estabelecem em ilhas flutuantes. A pesquisa contribuiu com 152 novas citações para o Vale do Rio Doce em Minas Gerais, com dois primeiros registros nesse estado e com a descrição de uma espécie inédita para a ciência. A similaridade florística entre áreas protegidas e não protegidas indicou que o PERD guarda 74% das espécies de macrófitas aquáticas encontradas. Entretanto, 26% do total de espécies estão desprotegidas, pois não ocorrem nessa unidade de conservação.

    Abstract in English:

    Abstract This paper refers to aquatic flora species composition and distribution in protected and surrounding areas located in the Rio Doce valley lakes, Minas Gerais state, the third largest Brazilian lacustrine system. Data were collected from previous works, herbaria collections and field samplings done between 2007 and 2010 in aquatic environments located within and around the Parque Estadual do Rio Doce (PERD). We recorded 184 aquatic macrophyte species in different taxonomic groups, habits and life forms. In this study we propose the creation of a new life-form category, "embalsada", applied to plants established on floating meadows. This work contributed 152 new records for the Rio Doce valley in Minas Gerais, two of which were new to the state and one undescribed species. A floristic similarity characterization between protected and surrounding areas indicated that PERD protects 74% of all aquatic macrophyte species found. However, we found that 26% of all species are unsafe because they do not occur in this conservation unit.
  • Floristic composition and identification keys for aquatic macrophytes from in reservoirs in Pernambuco state Artigos Originais

    Lima, Liliane Ferreira; Silva, Simone Santos Lira; Moura-Júnior, Edson Gomes de; Zickel, Carmen Sílvia

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Os estudos florísticos e taxonômicos de macrófitas aquáticas contribuem para a quantificação da flora, vislumbrando a riqueza e diversidade presente nos ecossistemas aquáticos. O presente estudo objetiva caracterizar a composição florística, fornecer chaves de identificação e detectar as formas biológicas das macrófitas aquáticas presentes em três reservatórios de abastecimento público, localizados em diferentes regiões fitogeográficas do estado de Pernambuco (Zona da Mata/Litoral, Agreste e Sertão). As coletas foram realizadas no período de abril de 2007 a fevereiro de 2010. Foram coletados indivíduos férteis ou não, encontrados na margem e interior dos reservatórios. Foram amostradas 59 espécies e 23 famílias, entre as quais foram mais representativas: Fabaceae (10 espécies), Asteraceae (9), Poaceae (8) e Cyperaceae (6). Dentre formas biológicas, as mais comuns foram as anfíbias com 36 espécies (61,01%) e as emergentes, com 14 espécies (23,73%). Comparativamente a outros estudos florísticos foi observado que as famílias mais representativas encontradas nesse estudo também são comuns a outros ecossistemas aquáticos. A elevada representatividade das anfíbias e emergentes deve-se, principalmente, a resistência dessas espécies a variação do volume de água nos reservatórios. Por se localizarem em diferentes zonas fitogeográficas, a flora dos reservatórios mostra-se bem distinta, com apenas uma espécie em comum.

    Abstract in English:

    Abstracts Floristic and taxonomic studies of aquatic macrophytes contribute to quantification of the flora showing its richness and diversity in these ecosystems. This study aims to characterize floristic composition, provide identification keys and detect life forms of aquatic macrophytes in three public water-supply reservoirs, located in different phytogeographic regions of Pernambuco (Zona da Mata/Litoral, Agreste and Sertão). The plants were collected from April 2007 to February 2010. Fertile or sterile specimens were collected on the shore and inside the reservoirs. 59 species were sampled belonging to 23 families. The most representative families were: Fabaceae (10 species), Asteraceae (9), Poaceae (8) and Cyperaceae (6). The most common life forms were amphibious with 36 species (61.01%) and emergent with 14 species (23.73%). Compared to other floristic studies, the most representative families in this study were also common in other aquatic ecosystems and the high number of amphibious and emergent plants was due mainly to the resistance of these species to variation in water level in the reservoirs. Since they are located in different phytogeographic zones, the flora of the reservoirs proved to be quite distinct, with only one species in common.
  • Composition and distribution of aquatic macrophytes in Restinga of Massiambu Lake, Área de Proteção Ambiental Entorno Costeiro, SC Artigos Originais

    Alves, Jonatha Alexandre Andrade; Tavares, Aldaléa Sprada; Trevisan, Rafael

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Pesquisas com macrófitas aquáticas têm avançado significativamente no Brasil. Contudo, ainda é reconhecida a necessidade de estudos florísticos, particularmente relacionados à dinâmica da distribuição em lagoas costeiras. O presente estudo avaliou a composição e distribuição de macrófitas aquáticas na Lagoa da Restinga do Massiambu. No período de 2004 a 2007 foram realizados levantamentos da composição, estrutura e formas biológicas das espécies vegetais. Amostras da cobertura vegetal, declividade, nível de água e profundidade máxima foram registradas entre 2006 e 2007. Foram reconhecidas 63 espécies, sendo 48 formas biológicas puras e 15 em combinações. A lagoa revela alta riqueza de espécies, representadas pela ocorrência de táxons inéditos, tanto para área, quanto para o estado. No estudo quantitativo verificou-se maior riqueza de espécies nas zonas mais rasas da lagoa, onde o gradiente e a variação do nível de água criam uma maior diversidade de habitats. A profundidade mostrou-se um bom preditor da diversidade e riqueza de espécies. A declividade e a estrutura da comunidade estão associadas, modificando-se conjuntamente. As espécies possuem uma amplitude de ocorrência, tendendo a desenvolver maior cobertura em profundidades preferenciais. A distribuição da estrutura e composição das macrófitas aquáticas descreveram padrões espaciais que são corroborados em outros estudos similares para ambientes lacustres de águas rasas.

    Abstract in English:

    Abstract Research on aquatic macrophytes has advanced significantly in Brazil, however, there is still a need for floristic studies, particularly related to the dynamic distribution in coastal lakes. This study assessed the composition and distribution of macrophytes in Lake Restinga Massiambu. From 2004 to 2007 surveys were done to characterize the composition, structure and life forms of plant species. Samples of cover vegetation, slope, water level and maximum depth were recorded in 2006 and 2007. A total of 63 species were identified, including 48 pure life forms and 15 in combination. The lake had high species richness represented by the occurrence of new taxa in both the area and statewide. In the quantitative study there was greater richness in the shallower zones of the lake, where the gradient and the change of the water level create a greater diversity of habitats. The depth showed to a good predictor of diversity and richness. The slope and community structure are associated, changing together. The species have amplitude of occurrence tending to develop greater coverage in preferential depth. The distribution of the composition and structure of the macrophytes described spatial patterns, which can be corroborated in other studies of shallow lakes.
  • Floristic composition and seasonal variation in biomass ofmacrophytes in a meander lake in the Pantanal Artigos Originais

    Kufner, Deborah Christiane Leite; Scremin-Dias, Edna; Guglieri-Caporal, Adriana

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Neste estudo é descrita a composição florística e analisada a influência do pulso de inundação sobre a biomassa de quatro espécies de macrófitas aquáticas, Eichhomia azurea, E. crassipes, Pistia stratiotes e Salvinia auriculata, ao longo de um ciclo hidrológico, em uma lagoa de meandro no Pantanal Mato Grosso do Sul. Foram identificados 42 táxons, inseridos em 34 gêneros e 25 famílias botânicas. As maiores riquezas foram obtidas para as famílias Araceae, Onagraceae e Poaceae, com quatro espécies cada, 14 famílias apresentaram apenas uma espécie, e o gênero mais representativo foi Ludwigia, com quatro espécies. Das formas biológicas, a que foi representada pelo maior número de táxons foi a emergente, seguida da anfíbia e flutuante livre. As espécies analisadas apresentaram diferenças significativas ao longo do período sazonal nas duas regiões de amostragem (p < 0,05). Mesmo não apresentando padrão na variação temporal da biomassa de todas as espécies estudadas, houve relação da biomassa de E. azurea e E. crassipes à flutuação do nível da água da lagoa.

    Abstract in English:

    Abstract This study aims to describe the floristic composition and analyze the influence of flood pulse on the biomass of four species of aquatic macrophytes, Eichhomia azurea, E. crassipes, Pistia sti'atiotes and Salvinia auriculata, and during a hydrological cycle in a meander lake in the Brazilian Pantanal. We identified 42 taxa, 34 genera and 25 families. The richest families were Araceae, Onagraceae and Poaceae with four species each; 14 families had only one species. Ludwigia was the most representative genus (four species). The life forms that were represented by the greatest number of taxa were emergent, followed by amphibious and free-floating. Biomass of ali species showed signifícant differences during the study period in the two sampling regions (p < 0.05). Although not presenting a pattem in temporal biomass variation of ali species, the biomass of both E. azurea and E. crassipes was related to fluctuating water levels of the lake.
  • Podostemum rutifolium subsp. rutifolium as structuring plant of periphytic algal community in a neotropical river Artigos Originais

    Ferreira, Fernando Alves; Mormul, Roger Paulo; Biolo, Stefania; Rodrigues, Liliana

    Abstract in Portuguese:

    Resumo As plantas da família Podostemaceae possuem caráter riacófilo, crescendo sobre substrato rochoso. O presente estudo foi desenvolvido no rio Paraná com o objetivo de registrar Podostemum rutifolium Warm. subsp. rutifolium e analisar a composição, a riqueza e a densidade da comunidade de algas perifíticas nesta macrófita. Para amostragem, foi utilizado um quadrado de borracha (25 cm2), mergulho em apnéia e a remoção da planta aderida à rocha. Posteriormente foi realizada a remoção, fixação, identificação e contagem das algas perifíticas deste substrato. Foram identificadas 137 espécies de algas perifíticas distribuídas em nove classes. O maior número de táxons pertenceu à classe Bacillariophyceae, seguida por Cyanophyceae. Esse padrão já foi encontrado para a maioria dos ambientes lóticos da planície de inundação do rio Paraná. Embora seja uma espécie de hábito incrustante, a arquitetura de P. rutifolium fornece microhabitats para muitas espécies de algas. Portanto, sugere-se que essa macrófita seja uma espécie chave na estruturação da comunidade algal perifítica e sua remoção poderia acarretar no declínio na diversidade do perifíton, principalmente por ser a única espécie presente como substrato vegetal na área amostrada.

    Abstract in English:

    Abstract Plants from the family Podostemaceae grow on rocks in running water. This study was done in the Paraná River aiming to record the occurrence of Podostemum rutifolium Warm. subsp. rutifolium and to analyze composition, richness and density of the periphytic algae community on this macrophyte. We used a square rubber sampler (25 cm2) and dives in apnea to remove plants attached to the rocks using a putty knife. Later we proceeded to remove and fix, identify and count the algae attached to this substrate. One hundred thirty-seven species of algae were identified and included in nine classes. The highest number of taxa was recorded for Bacillariophyceae, followed by Cyanophyceae. This pattern is found in the majority of lotic environments from the Paraná River floodplain. In spite of being a fouling species, the architecture of P. rutifolium provides microhabitats for many algal species. We strongly suggest that this macrophyte is a key species in periphytic algal community structure, whereas its removal could lead to a decline in periphyton diversity mainly due to the unique presence of P. rutifolium as plant substrate in the sampling area.
  • Floristic survey of a sedge-swamp located in the Morada do Sol restinga, Vila Velha, Espirito Santo, Brazil Artigos Originais

    Valadares, Rodrigo Theófilo; Souza, Fabiana Baleeiro Coelho de; Castro, Nathália Góes Duarte de; Peres, Ana Lúcia Soares da Silva; Schneider, Solange Zanotti; Martins, Márcio Lacerda Lopes

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este trabalho apresenta a composição florística de um brejo-herbáceo localizado em Morada do Sol, Vila Velha, Espírito Santo. As coletas foram realizadas através de caminhadas ao acaso, sendo coletados ramos férteis de angiospermas e samambaias. Foram registradas 125 espécies distribuídas em 56 famílias. A família Asteraceae foi a que apresentou maior riqueza específica com 13 espécies, seguida por Cyperaceae com 12, Fabaceae com nove, Rubiaceae com oito e Poaceae com sete espécies. Das espécies encontradas Melanopsidium nigrum Colla (Rubiaceae) encontra-se na lista oficial de espécies ameaçadas de extinção e 29 são citadas pela primeira vez para vegetação de restinga do Espírito Santo. A presença de 28 espécies invasoras provém de alterações provocadas pela diminuição da área inundável através de aterro e queimadas intencionais com intervalos curtos, que proporcionam alterações florísticas e fisionômicas neste ecossistema.

    Abstract in English:

    Abstract This paper presents the floristic composition of a sedge- swamp located in Morada do Sol, Vila Velha, Espirito Santo. Samples were collected through random walks, these being fertile branches of angiosperms and ferns. We recorded 125 species in 56 families. The Asteraceae family showed highest species richness with 13 species, followed by Cyperaceae with 12, Fabaceae 9, Rubiaceae and Poaceae with 8 and 7 species respectively. Melanopsidium nigrum Colla is on the official list of endangered species and 29 other species are first citations for the salt marsh vegetation of Espirito Santo. The presence of 28 invasive species is due to changes caused by the decrease in the flooded area by intentional landfill and burning at short intervals, which promote floristic and physiognomic changes in the ecosystem.
  • Floristic composition and phytosociology of aquatic macrophytes in a continental wetland in Rio Grande, Rio Grande do Sul state, Brazil Artigos Originais

    Kafer, Daiane de Sena; Colares, Ioni Gonçalves; Hefler, Sonia Marisa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Este trabalho teve como objetivo realizar estudo florístico e fitossociológico de macrófitas aquáticas em um banhado continental. Foram distribuídas, sistematicamente, 100 parcelas de 1 m2 (intervalos de 1 m), em 10 transectos (20 m), no Banhado 25. Mensalmente, durante um ano, as plantas foram observadas in situ, coletadas, identificadas e classificadas quanto ao hábito e forma biológica. Para cada espécie registrada foram calculadas cobertura e frequência absoluta e relativa, e o índice de valor de importância (IVI). Foi analisada a similaridade da composição florística (índice de Sorensen) e aplicada regressão linear. Foram levantadas 82 espécies de macrófitas aquáticas vasculares, distribuídas em 33 famílias. Em riqueza de espécies, Cyperaceae (16 táxons), seguida de Poaceae e Asteraceae (12 táxons cada), mostraram maior contribuição. O hábito herbáceo (88%) e a forma biológica anfíbia (94%) foram os mais representativos. Scirpus giganteus Kunth apresentou o maior IVI (27,58%). Maiores índices de cobertura desta espécie demonstraram diminuição significativa na riqueza das espécies (r2 = 0,503; p < 0,0001). A alteração na composição florística da margem em relação ao interior do banhado ficou evidenciada pela análise de similaridade, formando dois grupos, possivelmente separados pelo grau de umidade do substrato.

    Abstract in English:

    Abstract This work aimed to study the floristics and phytosociology of aquatic macrophytes in a continental wetland. A total of, 100 plots, (1 m2) were distributed systematically (intervals of 1 m), in 10 transects (20 m), in the Banhado 25 area (31°59'33"S; 52°17'32"O). Monthly collection data over a one-year period included observing plants "in loco", collecting, identifying and classifying the plants according to habit and life form. For each species recorded we calculated absolute and relative frequency and coverage and importance value index (IVI). We analyzed the floristic similarity (Sorensen's index) and applied linear regression. The survey yielded 82 species of vascular aquatic macrophytes, belonging to 33 families. In species richness, Cyperaceae (16 taxa), followed by Poaceae and Asteraceae (12 taxa each), showed greater contribution. The herbaceous habit (88%) and amphibious life form (94%) were the most representative. Scirpus giganteus Kunth had the highest IVI (27.58%). Higher coverage rates of this species showed a significant decrease in species richness (r2 = 0.503; p < 0.0001). The change in floristic composition between margin and interior of the wetland was evidenced by similarity analysis, forming two groups, possibly separated by humidity.
  • Hydrophytic Cyperaceae from the Araguaia river basin, Brazil Original Papers

    Oliveira, Adriana Luiza Ribeiro de; Gil, André dos Santos Bragança; Bove, Claudia Petean

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Cyperaceae é uma família cosmopolita com mais de 5.000 espécies que ocorrem frequentemente em áreas úmidas. Foram encontradas 31 espécies desta família pertencentes a 10 gêneros (Ascolepis, Calyptrocarya, Cyperus, Eleocharis, Fimbristylis, Fuirena, Lipocarpha, Pycreus, Rhynchospora e Scleria) na bacia hidrográfica do Rio Araguaia, que está em sua maior parte inserida no Cerrado Brasileiro. São apresentadas breves descrições, distribuição geográfica, ilustrações, chaves de identificação e comentários.

    Abstract in English:

    Abstract Cyperaceae is a cosmopolitan family with over 5,000 species, which are often found in wet habitats. In this study we found 31 hydrophylic species of Cyperaceae, belonging to 10 genera (Ascolepis, Calyptrocarya, Cyperus, Eleocharis, Fimbristylis, Fuirena, Lipocarpha, Pycreus, Rhynchospora and Scleria), that occur in the Araguaia River Basin, located mainly within the Brazilian Cerrado (savanna). Short descriptions, geographic distribution, illustrations, identification keys and comments are presented.
  • Podostemaceae in Southern Brazil Original Papers

    Mello, Anderson Santos de; Tavares, Aldaléa Sprada; Trevisan, Rafael

    Abstract in Portuguese:

    Resumo O presente estudo apresenta um tratamento taxonômico para as Podostemaceae da Região Sul do Brasil. Podostemaceae é a maior família de angiospermas estritamente aquáticas com centro de riqueza na região equatorial da América do Sul. Os estudos taxonômicos ainda são escassos para o Brasil. Para a Região Sul do Brasil são reconhecidos seis gêneros e 10 espécies. São apresentadas chaves dicotômicas e ilustrações para a identificação das espécies.

    Abstract in English:

    Abstract This study provides a taxonomic treatment of the Podostemaceae family in southern Brazil. Podostemaceae is the largest family of strictly aquatic angiosperms. The center of family richness is the equatorial region of South America. Taxonomic studies are still scarce in Brazil. For southern Brazil there are six genera and 10 species recognized. Dichotomous key and illustrations are presented for species identification.
  • Alismataceae in Ceará State, Brazil Artigos Originais

    Matias, Lígia Queiroz; Sousa, Danilo José Lima de

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Apresenta-se aqui o levantamento florístico da família Alismataceae latu sensu para o estado do Ceará, Nordeste do Brasil, região caracterizada por clima semiárido, onde são abundantes os ecossistemas aquáticos temporários. Quatro gêneros e 13 espécies foram identificados. As espécies indicadas para o estado são: Sagittaria guayanensis, S. planitiana, Echinodorus tenellus, E. glandulosus, E. pubescens, E. subalatus, E. palaefolius, E. floribundus, E. lanceolatus, Limnocharis laforestii, L. flava, Hydrocleys martii, H. nymphoides. São apresentadas descrições, comentários taxonômicos, ilustrações, chaves de identificação e dados da distribuição geográfica das espécies.

    Abstract in English:

    Abstract A floristc survey of Alismataceae latu sensu from Ceará state, Northeastern Brazil, is presented. This region is characterized by a semiarid climate where intermittent aquatic ecosystems are common. Four genera and 13 species were identified. The species are: Sagittaria guayanensis, S. planitiana, Echinodorus tenellus, E. glandulosus, E. pubescens, E. subalatus, E. palaefolius, E. floribundus, E. lanceolatus, Limnocharis laforestii, L. flava, Hydrocleys martii, H. nymphoides. Descriptions, taxonomic observations, illustrations, keys for identification of the species and data on geographic distribution are presented.
  • Time of exposure and oil dosage affecting biomass production of the Amazonian semi-aquatic grass Echinochloa polystachya Original Papers

    Lopes, Aline; Piedade, Maria Teresa Fernandez

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Os efeitos do petróleo cru de Urucu sobre o crescimento e a produção de biomassa da herbácea aquática amazônica Echinochloa polystachya foram estudados experimentalmente em casa de vegetação. Plantas jovens de E. polystachya foram contaminadas com 5 dosagens de petróleo (0 to 2,64 L.m-2) e avaliadas após 1, 5, 10, 15 e 20 dias da exposição. Ao término do experimento foi verificada uma significativa diminuição da proporção de biomassa aérea viva/total, da umidade das folhas e aumento do número de folhas com comprometimento fitossanitário, em resposta ao aumento da dosagem do petróleo. O aumento do tempo de exposição levou à diminuição do número de folhas, biomassa aérea, proporção de biomassa aérea viva/total, biomassa total e um aumento do número de folhas comprometidas e biomassa aérea morta. Contudo, a biomassa de raízes e o comprimento das folhas não foram afetados pela exposição ao petróleo. A baixa tolerância de E. polystachya ao petróleo de Urucu levou à mortalidade de 90% da população de mudas em 20 dias com o tratamento de 2,64 L.m-2. A perda de indivíduos jovens de E. polystachya em doses relativamente baixas do petróleo de Urucu indica que, no caso de um derramamento de óleo na várzea amazônica, esta espécie seria severamente afetada e, consequentemente, todo o ambiente.

    Abstract in English:

    Abstract The effects of Urucu crude oil on growth and biomass production of Echinochloa polystachya were studied experimentally. Young plants contaminated with 5 oil doses (0 to 2.64 l.m-2) were monitored at 1, 5, 10, 15 and 20 days after exposure. A significant reduction was observed in leaf humidity and the ratio of live aerial/ total biomass related to the increase in oil dosage. Increased exposition time caused a reduction in the number of leaves, aerial biomass, proportion of live aerial/total biomass, total biomass, and an increase of dead aerial biomass. However, root biomass and leaf length were not affected by exposure to oil. The low tolerance of E. polystachya to Urucu crude oil has lead to the mortality of 90% of the plant population in 20 days at the 2.64 l treatment. The death of young individuals of E. polystachya by relatively low dosages of Urucu oil indicates that, in the case of an oil spill in the Amazon varzea, this species would be severely affected, endangering, consequently, the entire environment.
  • Manganese accumulation and its effects on three tropical aquatic macrophytes: Azolla caroliniana, Salvinia mínima and Spirodela polyrhiza Original Papers

    Lizieri, Claudineia; Aguiar, Rosane; Kuki, Kacilda Naomi

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A fitorremediação que consiste na utilização de plantas para remoção de íons, tem aumentado nas últimas décadas, tendo em vista a busca por tecnologias de baixo custo para mitigar áreas contaminadas. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o potencial das macrófitas aquáticas: Azolla caroliniana Willd, Salvinia minima Baker (Salviniaceae) e Spirodela polyrhiza (L.) Schleiden (Araceae) em acumular manganês (Mn), um elemento que em concentração elevada pode ser tóxico para população humana. As três espécies acumularam Mn em seus tecidos e a absorção foi dependente da concentração do metal em solução. Spirodela polyrhiza acumulou as concentrações mais elevadas de Mn (17,062 mg g-1 MS), seguida por S. minima (4,283 mg g-1 MS) e A. caroliniana (1,341 mg g-1 MS). O excesso de Mn causou redução do conteúdo de clorofila total nas três espécies. O conteúdo de carotenóides diminuiu em A. caroliniana (27,02 %) e S. polyrhiza (25,34 %). Apenas em S. polyrhiza o crescimento foi reduzido significativamente (21,34%). As espécies A. caroliniana e S. minima toleraram excessos de Mn, mas foram ineficientes no acúmulo de concentrações elevadas do metal. O elevado conteúdo de Mn acumulado nos tecidos de S. polyrhiza sugere que a espécie possui capacidade para acumular este elemento. Portanto, apresenta potencial para ser utilizada na fitorremediação e oferece um novo recurso para explorar os mecanismos de acúmulo do Mn.

    Abstract in English:

    Abstract The phytoremediation technique, which consists of using plants to remove ions, has been increasingly chosen over past decades due to its low-cost technology to mitigate contaminated areas. The aim of this study was to evaluate the potential of the aquatic macrophytes, Azolla caroliniana Willd, Salvinia minima Baker and Spirodela polyrhiza (L.) Schleiden, to accumulate manganese (Mn), an element which, at high concentrations, may be toxic to human populations. The three species accumulated Mn in their tissues and the absorption was independent of the metal concentration in the solution. Spirodela polyrhiza accumulated Mn at higher concentrations of the ion (17.062 mg g-1 MS), followed by S. minima (4.283 mg g-1 MS) and A. caroliniana (1.341 mg g-1 MS). Manganese excess reduced total chlorophyll content in all three species. Carotenoid content was reduced in A. caroliniana (27.02 %) and S. polyrhiza (25.34 %). Growth was only significantly reduced (21.34%) in S. polyrhiza. The species A. caroliniana and S. minima were able to tolerate excess Mn, but were inefficient regarding the accumulation of high concentrations of the metal. High accumulated Mn content in the tissues of S. polyrhiza suggests that the species is able to accumulate this element. Therefore, it has potential for use in phytoremediation and provides a new resource for exploring the Mn accumulation mechanism.
  • Reproductive biology and pollination of Cabomba aquatica (Cabombaceae) Original Papers

    Silva, Jacilene Bezerra da; Leite, Ana Virgínia de Lima

    Abstract in Portuguese:

    Resumo A biologia reprodutiva e a polinização de Cabomba aquatica Aubl. foram estudadas em populações presentes em açudes localizados no interior do Parque Estadual de Dois Irmãos, Recife, PE. A antese das flores é diurna, com dois dias de duração. As flores são bissexuais e apresentam hercogamia e protoginia incompleta. Cada flor produz em média 2.111±94 grãos de pólen, com uma razão P/O de 1,055 e elevada viabilidade polínica (99,7%). A espécie é autocompatível, porém demonstrou a necessidade de vetores bióticos para a transferência do pólen. Foram observadas visitas de abelhas (Apidae e Halictidae), vespas (Vespidae) e moscas (Diptera). As abelhas e vespas foram consideradas como polinizadores efetivos, tanto pelo comportamento como pela alta freqüência nas visitas, enquanto que as moscas foram consideradas polinizadores ocasionais. O mecanismo floral (hercogamia e protoginia), associado com a baixa produção de néctar e o comportamento dos polinizadores durante as visitas podem contribuir para aumentar o fluxo polínico entre os indivíduos.

    Abstract in English:

    Abstract Reproductive biology and pollination of the fanwort, Cabomba aquatica Aubl., were studied in populations from dams located in Dois Irmãos State Park, Recife, Pernambuco state, northeastern Brazil. Flower anthesis in this species is diurnal and lasts two days. The flowers are bisexual and exhibit herkogamy and incomplete protogyny. Each flower produces an average of 2.1 ± 94.8 pollen grains, with a P/O ratio of 1.055 and high pollen viability (99.7%). This species is self-compatible, but requires biotic vectors to transfer pollen. We observed visits of bees (Apidae and Halictidae), wasps (Vespidae) and flies (Diptera) to the flowers. Bees and wasps were considered to be effective pollinators, both due to their behavior and their high frequency of visits to flowers, whereas flies were considered to be occasional pollinators. The floral mechanism (herkogamy and protogyny), together with low nectar production and pollinator behavior during visits, may contribute to increase pollen flow between individuals.
  • Morpho-anatomical adaptations of Potamogeton polygonus (Potamogetonaceae) to lotic and lentic environments Original Papers

    Lusa, Makeli Garibotti; Boeger, Maria Regina Torres; Moço, Maria Cecília de Chiara; Bona, Cleusa

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Plantas aquáticas apresentam grande plasticidade fenotípica, sendo capazes de ocupar ambientes com diferentes condições físico-químicas da água. O objetivo deste trabalho é caracterizar a morfologia e a estrutura anatômica de Potamogeton polygonus Cham. & Schltdl., e identificar as alterações adaptativas da espécie em ambientes lêntico e lótico. As coletas foram realizadas nos municípios de Palmas e General Carneiro, Estado do Paraná, Brasil. Foram coletados dez indivíduos em cada localidade e realizadas mensurações de parâmetros morfológicos e anatômicos de raizes, caules e folhas. A estrutura anatômica foi analisada em microscopia fotônica e eletrônica de varredura. Foram constatadas modificações morfológicas e anatômicas de potencial papel adaptativo entre as plantas dos dois ambientes.

    Abstract in English:

    Abstract Aquatic macrophytes show great phenotypic plasticity and are able to occupy environments with different physicochemical conditions. The present study aimed to characterize morphology and anatomical structure of the pondweed, Potamogeton polygonus Cham. & Schltdl., and to identify adaptive modifications of the plant in lotic and lentic environments. Sampling was carried out in Palmas and General Carneiro, Paraná state, southern Brazil. Ten individuals from each locality were collected. Morpho-anatomical characteristics of the roots, stems and leaves were measured. The anatomical structure was analyzed with light microscopy and scanning electron microscopy. Significant morphological and anatomical adaptive differences were observed between plants of the two environments.
  • Silica bodies and their systematic implications at the subfamily level in Podostemaceae Original Papers

    Costa, Filipe Gomes Cardoso Machado da; Bove, Claudia Petean; Arruda, Rosani do Carmo Oliveira; Philbrick, C. Thomas

    Abstract in Portuguese:

    Resumo Podostemaceae é uma família eudicotiledônea reófita de morfologia peculiar, lembrando por vezes algas, liquens ou briófitas. O presente estudo avalia o valor taxonômico da morfologia dos corpos silicosos (presença, localização, tamanho, forma e ornamentação) em espécies representantes das três subfamílias: Tristicha trifaria (Bory ex Willd.) Spreng. (Tristichoideae), Weddellina squamulosa Tul. (Weddellinoideae) e Diamantina lombardii Novelo, C.T.Philbrick & Irgang (Podostemoideae). T. trifaria e D. lombardii apresentam corpos silicosos nos caules e nas folhas, enquanto W. squamulosa possui estas estruturas restritas às folhas escamiformes. A diversidade morfológica dos corpos silicosos, específica para cada espécie aqui estudada, comprova o potencial taxonômico deste caráter, até então negligenciado, e aponta para a necessidade de estudos mais abrangentes para essas estruturas em Podostemaceae.

    Abstract in English:

    Abstract Podostemaceae is a family of eudicotyledonous rheophytes with unique morphology, sometimes resembling algae, lichens or bryophytes. This study evaluates the taxonomic value of silica-body morphology (presence, location, size, shape, ornamentation) in species representing the three subfamilies: Tristicha trifaria (Bory ex Willd.) Spreng. (Tristichoideae), Weddellina squamulosa Tul. (Weddellinoideae) and Diamantina lombardii Novelo, C.T. Philbrick & Irgang (Podostemoideae). T. trifaria and D. lombardii have silica bodies in stems and leaves. In contrast, W. squamulosa exhibits silica bodies only in the scale-like leaves. The morphology of these bodies is unique to each species. The results denote the taxonomic usefulness of silica characteristics and a need for a more complete study of silica bodies throughout the family.
Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Rua Pacheco Leão, 915 - Jardim Botânico, 22460-030 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel.: (55 21)3204-2148, Fax: (55 21) 3204-2071 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rodriguesia@jbrj.gov.br