Rodriguésia, Volume: 66, Issue: 1, Published: 2015
  • β- Diversity of hummingbird plants in cerrado areas of Central Brazil Artigos Originais

    Machado, Adriana Oliveira; Oliveira, Paulo Eugênio

    Abstract in Portuguese:

    Os ambientes abertos de Cerrado têm sido considerados ambientes marginais ou complementares para beija-flores, apesar do registro de considerável número de espécies deste grupo de visitantes florais. Estes utilizam uma variedade de plantas, incluindo aquelas sem características ornitófilas. O objetivo do trabalho foi investigar a flora utilizada por beija-flores como recurso alimentar em três áreas de Cerrado, distantes entre si de ca. 20 a 150 km. Em cada área foram demarcados, em cerrado s.s., dois transectos de 1 ha cada, que foram percorridos quinzenalmente para identificação das espécies utilizadas pelos beija-flores, os quais também foram identificados. A riqueza de espécies de plantas encontrada (26) foi maior que a registrada em outros estudos na mesma região, porém foi menor que na maioria dos ambientes florestais. Destas espécies, apenas nove (34%) apresentaram síndrome de ornitofilia. Foram registradas nove espécies de beija-flores (Trochilidae) nas três áreas. Apesar da grande diversidade beta descrita para plantas no Cerrado, a similaridade de espécies utilizadas pelos beija-flores foi alta entre os transectos das três áreas estudadas, independente de serem plantas tipicamente ornitófilas ou não. Havia plantas oferecendo recursos florais para os beija-flores durante praticamente todo o ano. O grande número de espécies não ornitófilas utilizadas por estas aves corrobora a ideia de que, em ambientes de Cerrado, as espécies vegetais que oferecem néctar parecem ser mais importantes para os beija-flores que vice-versa.

    Abstract in English:

    The open savanna areas of the Cerrado region in Central Brazil have been considered as marginal or complementary habitats for hummingbirds, despite the considerable number of hummingbirds recorded. These birds use a variety of plants without ornithophilous caracteristcs. The objective of the study was to investigate the flora used by hummingbirds as food resource in three Cerrado areas 20 to 150 km apart. In each of these cerrado s.s. areas, two transects of 1 ha each were walked fortnightly to identify the plant species used by hummingbirds, which were also identified. The number of plant species recorded (26) was higher than that observed for other studies in the same region but was lower than that recorded for forest habitats. Only nine plants (34%) showed a truly ornithophilous syndrome. There were nine hummingbird species (Trochilidae) in the three areas. Although the Cerrado flora has been characterized by its high β-diversity, the hummingbird plants among transects and areas were very similar. Despite being truly ornithophilous or not, there were plants offering nectar to hummingbirds year round. The indiscriminate use of non-ornithophilous species corroborates the idea that, in Cerrado habitats, nectariferous plants seem to be more important to hummingbirds than vice-versa.
  • Functional divergences and strategies of resistance to drought between tropical deciduous and evergreen species Artigos Originais

    Souza, Bruno Cruz de; Oliveira, Rafael Silva; Araújo, Francisca Soares de; Lima, André Luiz Alves de; Rodal, Maria Jesus Nogueira

    Abstract in Portuguese:

    Analisamos a variação funcional entre espécies decíduas (ED) e sempre verdes (ESV) para compreender as divergências nas estratégias de tolerância e evitação à seca. O estudo foi realizado em um fragmento de floresta tropical sazonalmente seca, localizada no munícipio de Pentecoste (3°47'S, 39°16'W), Ceará, Brasil. Mensuramos 17 traços funcionais foliares em 17 ED e cinco ESV, sendo 12 morfofuncionais, um fenológico e quatro fisiológicos. Verificamos que as ED exibiram maior taxa de fotossíntese por massa (Amassa), menor longevidade foliar (LF) e massa foliar específica (MFE) quando comparadas às sempre verdes. Esses traços foram considerados traços-chaves preditores das estratégias de evitação e tolerância à seca. As ED e ESV apresentaram uma demanda conflitante entre tolerância à seca e taxa fotossintética, pois a LF foi negativamente correlacionada com à Amassa. Embora tenham demonstrado diferenças claras na MFE e LF não observamos diferenças significativas na Aárea e gs, consequentemente, ED e ESV não diferiram na eficiência no uso da água durante o período chuvoso. Apesar da variabilidade substancial dentro do grupo, todas as ED exibem estratégia de evitação à seca enquanto que ESV exibem um conjunto de traços funcionais foliares relacionados a estratégia de tolerância à seca.

    Abstract in English:

    We analyzed the functional variation between deciduous and evergreen species to understand the differences across the strategies of avoidance and tolerance to drought. Our study was carried in a fragment of seasonally dry tropical forest located in the city of Pentecoste (3°47‘S, 39°16’W), Ceará, Brazil. We measured 17 functional leaf traits in 17 deciduous and five evergreen species, being 12 morphofunctional, one phenological and four physiological. We found that deciduous species exhibited greater Amass, lower leaf lifespan (LL) and leaf mass per area (LMA) than evergreen species. These traits were considered key predictor traits of avoidance and drought tolerance strategies. Deciduous and evergreen species showed a trade-off between drought tolerance and photosynthetic rate, LL was negatively correlated with Amass. Although we have shown clear differences in LMA and LL not observed significant differences in Aarea and gs, consequently, deciduous species and evergreen species did not find significant differences in WUEi and WUE. Despite substantial variability within the group, all deciduous species fall predominantly in the drought avoidance strategy, while evergreen species display a suite of traits related to drought tolerance.
  • Structural and floristic variations of the arboreal component of a montane semideciduous forest in Socorro, SP Artigos Originais

    Sartori, Richieri Antonio; Carvalho, Douglas Antônio de; van den Berg, Eduardo; Marques, João José Granate de Sá e Melo; Santos, Rubens Manoel dos

    Abstract in Portuguese:

    Um dos principais passos para a conservação de florestas é o conhecimento da composição florística e estrutura, e as relações destas com as variáveis ambientais. Assim,realizou-se o levantamento da comunidade arbórea de um fragmento de floresta estacional semidecidual montana, situada no município de Socorro, SP, bacia do Rio Mogi-Guaçu (22º32’S e 46º34’W, altitude de 750 m), com o objetivo de conhecer sua estrutura e a composição florística, além das variações espaciais relacionadas às variáveis edáficas e à borda do fragmento. Para o mesmo, foram analisadas as seguintes características: densidade, área basal e distribuição de tamanhos das árvores, além da composição, distribuição e diversidade de espécies. Foram alocadas 25 parcelas de 20 × 20 m, para amostragem dos indivíduos com diâmetro à altura do peito (DAP) ≥ 5 cm, onde também foram coletados dados edáficos. Foram registrados 1.360 indivíduos, 166 espécies, 103 gêneros e 41 famílias, bem como quatro grupos de solos: três Argissolos e um Gleissolo. A análise de correlação canônica demonstrou que a densidade das espécies varia nas parcelas e nos tipos de solo, porém não apresentou diferenças significativas. Distância da borda, conteúdo de alumínio, matéria orgânica, potencial hidrogeniônico e saturação por bases no solo foram as variáveis ambientais mais relacionadas com as variações florísticas e estruturais da floresta.

    Abstract in English:

    One of the main steps towards the conservation of forests is the study of composition, structure, and relationships with environmental variables. Therefore, we sampled the tree community of a fragment of semideciduous montane montana, located in Socorro, São Paulo, basin of Rio Mogi Guaçu (22º32’S and 46º34’W, altitude 750 m ), in order to understand structure, species composition and spatial variation in relation to soil characteristics and edge. We analyzed the following variables: density, basal area and size distribution of trees, as well as composition, distribution and diversity of tree species. Sampling of individuals with diameter at breast height (DBH) ≥ 5 cm was done on 25 plots, 20 × 20m, where edaphic data were also collected. We recorded 1,360 individuals, 166 species, 103 genera and 41 families, as well as four soil groups: three Argisoil and one Gleisoil. Canonical correlation analysis showed that the density of the species varied in the plots and soil types, but showed no significant differences. Edge distance, aluminum, organic matter, hydrogen potential and base saturation of soils were the environmental variables most related to the floristic and structural variations of the forest.
  • Floristic surveys of Restinga Forests in southern Bahia, Brazil, reveal the effects of geography on community composition Original Papers

    Fernandes, Moabe Ferreira; Queiroz, Luciano Paganucci de

    Abstract in Portuguese:

    As florestas de Restinga do baixo-sul da Bahia, Brasil, encontram-se sobre sedimentos arenosos do Quaternário costeiro. Como sua flora é relativamente pouco conhecida, o presente estudo avaliou sua composição florística. Foram inventariadas quatro áreas nos municípios de Maraú e Itacaré e identificadas 302 espécies de angiospermas, distribuídas em 184 gêneros e 75 famílias. As famílias mais ricas em espécies foram: Fabaceae (35 espécies), Myrtaceae (25), Rubiaceae (21), Sapotaceae (13), Bromeliaceae (12), Annonaceae (11), Erythroxylaceae (10), Melastomataceae (9) e Apocynaceae (8). A flora local inclui elementos de distribuição restrita à Mata Atlântica, disjunta entre Amazônia e Mata Atlântica e florestas úmidas e a vegetação seca do Brasil central. A hipótese de que a composição florística das florestas de Restinga é influenciada pelas florestas pluviais geograficamente próximas foi testada usando análises de agrupamento e de componentes principais com onze áreas de florestas de Restinga e nove de florestas pluviais da Mata Altântica. Os resultados sustentaram cinco grupos principais, a maioria incluindo áreas de floresta de restinga e florestas pluviais adjacentes, corroborando a hipótese de que a proximidade geográfica aos estoques florísticos das florestas pluviais tem grande efeito na composição das florestas de Restinga.

    Abstract in English:

    The Restinga forests of southern Bahia state, Brazil, grow on sandy coastal Quaternary sediments. As their floras are relatively poorly known, the present study assessed their floristic compositions. We surveyed four sites at Maraú and Itacaré and identified 302 angiosperm species belonging to 184 genera of 75 families. The most species rich families were: Fabaceae (35 species), Myrtaceae (25), Rubiaceae (21), Sapotaceae (13), Bromeliaceae (12), Annonaceae (11), Erythroxylaceae (10), Melastomataceae (9), and Apocynaceae (8). Local floras include elements with distributions restricted to the Atlantic Forest domain, those disjunct between the Amazon and Atlantic Forest domains, and those also occurring in moist forests and dry vegetation of central Brazil. The hypothesis that the floristic compositions of restinga forests are influenced by neighboring wet forests was tested using cluster and principal component analyses of eleven restinga forests and nine Atlantic wet forest sites. The results supported five main groups, with most of them including both restinga forests and their adjacent wet forest sites, thus corroborating the hypothesis that wet forests in geographical proximity greatly influence the floristic compositions of restinga forests.
  • Morphoanatomical, histochemical and biometric aspects of pyrene of Bactris maraja (Arecaceae) Artigos Originais

    Rodrigues, Joelma Keith; Mendonça, Maria Sílvia de; Gentil, Daniel Felipe de Oliveira

    Abstract in Portuguese:

    Bactris maraja (marajá) é uma palmeira frequente nas margens de lagos e igarapés amazônicos, cujos frutos comestíveis são consumidos pelo homem e pela fauna. Os estudos morfoanatômicos das estruturas reprodutivas podem contribuir com informações que subsidiarão estudos taxonômicos, fisiológicos e ecológicos. O objetivo deste estudo foi determinar características biométricas e morfoanatômicas do pirênio, bem como características histoquímicas da semente. Frutos maduros foram coletados e foram determinadas as dimensões, a massa fresca, e o teor de água, e descritas a forma, coloração e textura. O estudo anatômico foi feito pelo método de inclusão em resina. Foram aplicados testes histoquímicos para detecção dos principais metabólitos. Tanto os pirênios quanto as sementes isoladas apresentaram pequena variação biométrica, exceto para a massa fresca. O pirênio varia de obovado a elíptico, com endocarpo espesso, rígido, formado por células esclerificadas de paredes espessas. A semente é obovada depressa a elíptica, com tegumento fino, cartáceo, marrom-claro, aderido ao endocarpo, constituído de células parenquimáticas espessadas e taníferas; endosperma volumoso, sólido, homogêneo, branco, formado por células oblongas, elípticas e ovais transversalmente, e arredondadas longitudinalmente, com reserva proteica e lipídica; embrião lateral, cônico, pequeno, branco-leitoso, com conteúdo proteico e lipídico, polo radicular indiferenciado e polo caulinar com três primórdios foliares.

    Abstract in English:

    Bactris maraja (marajá) is a common palm tree at the margins of Amazonian lakes and streams, whose edible fruits are eaten by man and wildlife. Morphological and anatomical studies of reproductive structures can provide information that will subsidize taxonomic, physiological and ecological studies. The aim of this study was to determine the biometric and morphoanatomical features of the pyreneas well as histochemical characteristics of the seed. Mature fruits were collected and we measured size, fresh mass, water content and described shape, color and texture. The anatomical study was performed by resinembedding. Histochemical tests for detection of principal metabolites were applied. The pyrenes and isolated seeds showed small biometric variationexcept for fresh weight. The pyrene is obovate to elliptical, with a thick, hard, sclerified endocarp, formed by cells with thick walls. The seed is compressed obovate to elliptic, with a thin chartaceous seed coat, light brown, adhered to the endocarp composed of thickened parenchyma cells and tanniferous cells; bulky endosperm, solid, homogeneous, white, formed by oblong, elliptical and transversely oval cells, that are rounded longitudinally, with protein and lipid reserves; embryo lateral, conical, small, milky-white, with protein and lipid content, undifferentiated root pole and shoot pole with three leaf primordia.
  • Anatomy and micromorphometry of Caryocar brasiliense leaves Original Papers

    Ramos, Bárbara Helena; Silva, Kellen Lagares Ferreira; Coimbra, Ronaldo Rodrigues; Chagas, Davi Borges; Ferreira, Wagner de Melo

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do trabalho foi caracterizar anatômica e micromorfometricamente folhas de C. brasiliense em três fitofisionomias do Cerrado (denso, típico e ralo), no município de Porto Nacional-TO. Amostras foram coletadas, fixadas e armazenadasestocadas em álcool 70%. Utilizando técnicas usuais para estudos em anatomia vegetal, foram obtidas secções transversais, longitudinais e paradérmicas do folíolo mediano para estudos anatômicos e micromorfométricos. Os folíolos de C. brasiliense apresentaram epiderme uniestratificada, recoberta por cutícula espessa na face adaxial e por estômatos paracíticos e tricomas tectores pluricelulares na face abaxial. O mesofilo é formado por duas a três camadas de parênquima paliçádico na face adaxial e esponjoso na abaxial. O feixe vascular é do tipo colateral, com demais feixes acessórios apresentando bainha que se estende até a epiderme. As análises micromorfométricas revelaram diferenças significativas na espessura da epiderme adaxial e do parênquima esponjoso em todas as plantas estudadas para cada uma das três fitofisionomias, sendo as médias mais elevadas encontradas nos folíolos das plantas crescendo em Cerrado esparso. Isto sugere que a influência de fatores ambientais pode ter modulado respostas morfológicas nas plantas.

    Abstract in English:

    The current study aims to study the anatomy and micromorphometry ofC. brasiliense leaves in three Cerrado (savanna) vegetation-types: dense, typical and sparse) - in the municipality of Porto Nacional-TO. Samples were collected, fixed and stored in alcohol 70%. Transverse, longitudinal and paradermal sections of the median leaflet were prepared for anatomical and micromorphometric studies using standard techniques. C. brasiliense leaflets show uniestratified epidermis covered by thick cuticle on the adaxial surface and by paracytic stomata and multicellular non-glandular trichomes on the abaxial surface. The mesophyll is formed by two or three layers of palisade parenchyma adaxially and spongy parenchyma abaxially. The vascular bundle is of the collateral type and the accessory bundles show a sheath extending into the epidermides. The micromorphometric analyses pointed to significant differences in the thickness of both adaxial epidermis and spongy parenchyma in all specimens from the three vegetation-types. The highest averages were found in the leaflets of sparse cerrado plants, suggesting that environmental factors may have an influence over the plants morphological responses.
  • Taxonomic revision of the species of Mimosa ser. Leiocarpae sensu lato (Leguminosae - Mimosoideae) Artigos Originais

    Santos-Silva, Juliana; Fragomeni, Simon Marcelo; Tozzi, Ana Maria Goulart de Azevedo

    Abstract in Portuguese:

    Mimosa ser. Leiocarpae, com 31 espécies distribuídas predominantemente em ambientes semiáridos da América do Sul, é a maior série de M. sect. Batocaulon. Muitas das suas espécies são mal definidas, o que é agravado pela ausência de ilustrações para maioria delas e a escassez de coleta de alguns táxons. Apresentamos a revisão taxonômica das espécies de M. ser. Leiocarpae, incluindo descrição, reavaliação nomenclatural e tipificação, delimitação dos táxons, chave de identificação e ilustrações. Foram propostas 11 novas sinonimizações, sete lectotipificação e um novo status, resultando na diminuição do número de espécies de 31 para 28. Além disso, foram complementadas as descrições originais de três espécies e registradas três novas ocorrências, sendo uma para o Brasil, uma para a Bolívia e uma para o Paraguai.

    Abstract in English:

    Mimosa ser. Leiocarpae, with c. 31 species found primarily in semi-arid habitats in South America, is the most speciose series of M. sect. Batocaulon. Many of the species are poorly defined, which is aggravated by the lack of illustrations for most species and the scarcity of collection of some taxa. We present a taxonomic revision of the species of M. ser. Leiocarpae, including species descriptions, a re-evaluation of nomenclature and typification, delimitations of taxa, a key to the species, and illustrations. We propose eleven synonymies, seven lectotypifications, and one new status, resulting in fewer species, a change from 31 to 28. Furthermore, we provide supplement additional material for three previous descriptions and three new geographic records, one for Brazil, one for Bolivia and one for Paraguay.
  • Tribe Microlicieae (Melastomataceae) in the state of Paraná Artigos Originais

    Renato, Goldenberg; Bacci, Lucas Freitas; Moraes, Juliana Wilgozz

    Abstract in Portuguese:

    Os gêneros Chaetostoma, Lavoisiera, Microlicia, Rhynchanthera e Trembleya são os representantes da tribo Microlicieae no estado do Paraná, com nove espécies: C. armatum, L. imbricata, L. pulchella, M. myrtoidea, R. brachyrhyncha, R. cordata, R dichotoma, T. parviflora e T. phlogiformis. Neste trabalho foi elaborado o tratamento taxonômico para as espécies de Microlicieae no estado, com chaves de identificação, descrições morfológicas, comentários, ilustrações e informações sobre distribuição geográfica das espécies, além da lista de materiais examinados.

    Abstract in English:

    The genera Chaetostoma, Lavoisiera, Microlicia, Rhynchanthera and Trembleya in the tribe Microlicieae occur in the state of Paraná, with nine species: C. armatum, L. imbricata, L. pulchella, M. myrtoidea, R. brachyrhyncha, R. cordata, R dichotoma, T. parviflora and T. phlogiformis. We present a taxonomic treatment for the species of Microlicieae for the state, with identification keys, descriptions, comments, drawings, information on geographic distribution and specimen lists.
  • Myrsine (Myrsinoideae- Primulaceae) in Southeastern and Southern Brazil Artigos Originais

    Freitas, Maria de Fátima; Kinoshita, Luiza Sumiko

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho consiste no tratamento taxonômico das espécies do gênero Myrsine, Primulaceae, que ocorrem nas regiões sudeste e sul do Brasil, considerando também todas as espécies descritas em Rapanea, tratado aqui como sinônimo. O gênero é representado por arbustos e árvores dióicos com inflorescência umbeliforme e frutos globosos, drupáceos. Foram realizadas análises de materiais provenientes de herbários nacionais e estrangeiros, e expedições para coleta dos espécimes. Para identificação das 23 espécies de Myrsine são apresentados chave analítica, descrições, notas sobre a distribuição geográfica e ilustrações.

    Abstract in English:

    This work consists of the taxonomic treatment of Myrsine, Primulaceae, from the southeastern and southern regions of Brazil. All species described as Rapanea. are treated here as Myrsine. since the former has been placed in the synonymy with the latter. The genus is represented by dioecious shrubs and trees, with umbelliform inflorescences and globose, drupaceous fruits. Analysis of materials from herbaria and expeditions to collect specimens were performed. Analytical key, descriptions, notes on geographic distribution and illustrations are presented to identify the twenty three species of Myrsine found in the studied area.
  • Taxonomic notes in Verbenaceae of Brazil Artigos Originais

    Salimena, Fátima Regina G.; Múlgura, Maria Ema

    Abstract in Portuguese:

    Como parte da revisão da família Verbenaceae para a Flora do Brasil são apresentados dois sinônimos novos, e uma combinação nova no gênero Lantana, bem como um nome novo, dez sinônimos novos e dez lectotipificações no gênero Lippia e dois sinônimos novos em Stachytarpheta.

    Abstract in English:

    As part of the revision of the family Verbenaceae for the Flora of Brazil, two new synonyms and one new combination in the genus Lantana, as well as one new name, ten new synonyms and ten lectotypifications in the genus Lippia and two new synonyms in Stachytarpheta are presented.
  • New occurrences, new synonym, and an lectotypification on Loranthaceae Artigos Originais

    Caires, Claudenir Simões

    Abstract in Portuguese:

    As novas ocorrências, Pusillanthus pubescens (Rizzini) Caires para Pernambuco e Struthanthus meridionalis Kuijt para o Mato Grosso, são apresentadas, bem como o registro de novas famílias de hospedeiros: Fabaceae, Malvaceae, Rutaceae e Solanaceae. Struthanthus polyanthus var. gracilis é proposto como sinônimo taxonômico para S. meridionalis. Um isótipo de Struthanthus pubescens, localizado no herbário do Field Museum, é escolhido como seu lectótipo.

    Abstract in English:

    Two new records, Pusillanthus pubescens (Rizzini) Caires for the state of Pernambuco, and Struthanthus meridionalis Kuijt for the state of Mato Grosso, are presented, as well as records of new host families: Fabaceae, Malvaceae, Rutaceae and Solanaceae. Struthanthus polyanthus var. gracilis is proposed as a taxonomic synonym of S. meridionalis. An isotype of Struthanthus pubescens, located in the Field Museum herbarium, is chosen as its lectotype.
  • Habranthus (Amaryllidaceae) of Brasil Artigos Originais

    Amaral-Lopes, Andrielle Câmara; Cavalcanti, Taciana Barbosa

    Abstract in Portuguese:

    Habranthus é um gênero com forte apelo ornamental e apresenta de 30 a 40 espécies distribuídas desde o sudeste dos Estados Unidos, México até a América do Sul. Sua delimitação, bem como das espécies, é confusa e a taxonomia é complicada, com vários casos de tipificação necessitando serem esclarecidos. Os objetivos deste estudo foram realizar o levantamento das espécies brasileiras de Habranthus do Brasil e apresentação de descrições, ilustrações, chave de identificação e comentários para todas as espécies. Foram identificadas 21 espécies cujas distribuições abrangem os domínios fitogeográficos da Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal, ocorrendo em vegetação de caatinga arbustivo-arbórea, campo rupestre, carrasco, mata de galeria, campo limpo, cerrado sensu stricto, cerrado de altitude e em locais alagáveis.

    Abstract in English:

    Habranthus is an ornamental genus with 30–40 species distributed from the southeastern United States and Mexico to South America. Genus and species delimitation are confusing with several situations that need to be clarified. The aim of this study was to conduct a survey of the Brazilian species of Habranthus, and contribute to the knowledge of these species through descriptions, illustrations, identification key and comments on all species. Twenty one species were identified, distributed in Caatinga, Cerrado, Atlantic Forest and Pantanal phytogeographic domains, inhabiting cerrado vegetation, rocky fields, gallery forest, grassland, flooded and disturbed areas.
  • The genus Galeandra (Orchidaceae: Catasetinae) in the Paraná state, Brazil Artigos Originais

    Bochorny, Thuane; Monteiro, Silvana Helena Nascimento; Smidt, Eric de Camargo

    Abstract in Portuguese:

    Galeandra possui 18 espécies terrícolas e epífitas com distribuição neotropical, sendo reconhecidas principalmente pelas flores com labelo em forma de funil e calcar na base. O objetivo deste trabalho foi realizar o estudo taxonômico de Galeandra no estado do Paraná, apresentando descrições, ilustrações, mapa de distribuição, chave de identificação, status de conservação e comentários para cada espécie. O gênero está presente nas cinco unidades fitogeográficas do estado, ocorrendo em Floresta Estacional Semidecidual (G. beyrichii e G, styllomisantha), nas Florestas Ombrófilas Mista e Densa (G. beyrichii) em vegetações de campo e áreas relictuais de Cerrado (G. beyrichii, G. montana e G. paraguayensis, sendo G. montana o primeiro registro para o estado). De acordo com os critérios da IUCN, G. beyrichii apresenta baixo risco (LC) de extinção, G. paraguayensis pode ser considerada em perigo (EN) e G. montana e G. styllomisantha como criticamente em perigo (CR) sendo a última possivelmente extinta no estado.

    Abstract in English:

    Galeandra has 18 species with Neotropical distribution. Consisting of terrestrial and epiphytic species, the genus is recognized by flowers with funnel-shaped lip and spur at the base. The aim of this study was to do a taxonomic treatment of Galeandra in Paraná state, with descriptions, illustrations, distribution maps, identification key, conservation status and comments on each species. The genus is present in the five phytogeographic regions of the Paraná. In Semideciduous Forest there are two species (G. beyrichii and Galeandra styllomisantha), in Atlantic rainforest and Araucaria forest one species (G. beyrichii), and in steppe vegetation and in relictual areas of savanna three species (G. beyrichii, G. montana and G. paraguayensis), with G. montana being the first record for the state. According to IUCN criteria, G. beyrichii has low extinction risk (LC), G. paraguayensis is endangered (EN), and G. montana and G. styllomisantha are critically endangered (CR). In fact, G. styllomisantha is possibly extinct locally.
  • Lycophytes (Lycopodiophyta) of the Northern Pará Biodiversity Corridor, Brazil Artigos Originais

    Góes-Neto, Luiz Armando de Araújo; Maciel, Sebastião; Pietrobom, Marcio Roberto; Valdespino, Iván Alberto

    Abstract in Portuguese:

    É apresentado o tratamento das licófitas do Corredor de Biodiversidade do Norte do Pará, pertencente ao Centro de Endemismo Guiana. O artigo é parte do projeto “Diagnóstico da Biodiversidade das Unidades de Conservação estaduais do Mosaico Calha Norte, Estado do Pará”. Este tratamento inclui chaves de identificação, assim como descrições para as espécies. Na área de estudo foram registradas 14 espécies distribuídas em quatro gêneros (Palhinhaea, Phlegmariurus, Pseudolycopodiella e Selaginella). O gênero mais representativo foi Selaginella com 10 espécies, das quais S. fragilis A. Braun e S. revoluta Baker são novos registros para o Estado do Pará e S. gynostachya Valdespino e S. sandwithii Alston são novos registros para a flora brasileira.

    Abstract in English:

    A treatment of the lycophytes of the Northern Pará Biodiversity Corridor within the Guiana Endemism Center is presented. This article is part of the project “Diagnóstico da Biodiversidade das Unidades de Conservação estaduais do Mosaico Calha Norte, Estado do Pará”. The treatment includes keys as well as species descriptions. In the study area 14 species distributed in four genera (Palhinhaea, Phlegmariurus, Pseudolycopodiella and Selaginella) were registered. The most diverse genus was Selaginella with 10 species, of which S. fragilis A. Braun and S. revoluta Baker are new records for Pará, and S. gynostachya Valdespino and S. sandwithii Alston are reported here as new to the Brazilian flora.
  • Mimosoideae (Leguminosae) of Paulo César Vinha State Park, Espírito Santo, Brazil Artigos Originais

    Peterle, Pollyana Lima; Chagas, Aline Pitol; Thomaz, Luciana Dias; Dutra, Valquíria Ferreira; Valadares, Rodrigo Theófilo

    Abstract in Portuguese:

    O Parque Estadual Paulo César Vinha (PEPCV) constitui uma importante área de preservação do Espírito Santo e mesmo sendo a região litorânea melhor estudada no Estado, trabalhos taxonômicos ainda apresentam-se escassos. Este trabalho consiste no levantamento florístico e estudo taxonômico de Mimosoideae do PEPCV. Foram realizadas coletas quinzenais, entre agosto/2008 a junho/2009, percorrendo trilhas pré-existentes no interior do Parque, além de caminhadas aleatórias de forma a contemplar todas as fitofisionomias. Mimosoideae está representada por 10 táxons, reunidos em cinco gêneros: Albizia, Inga, Mimosa, Piptadenia e Senegalia. O gênero mais representativo em número de espécies é Mimosa (4 spp.), seguido por Inga (3 spp.). Os demais gêneros apresentam uma espécie cada. Mimosa elliptica e Mimosa sensitiva var. sensitiva são novas citações para o estado do Espírito Santo e Inga subnuda subsp. subnuda, Mimosa candollei, Mimosa pudica var. hispida, Piptadenia adiantoides e Senegalia lacerans são novas citações para o PEPCV. O trabalho inclui chave de identificação dos táxons, descrições, ilustrações, dados sobre distribuição geográfica, preferência de habitat e fenológicos, além de comentários taxonômicos.

    Abstract in English:

    Paulo Cesar Vinha State Park (PEPCV) is an important preservation area in the State of Espírito Santo, and although it is the best studied coastal region in the state, taxonomic studies on the flora are still scarce. This study is a floristic and taxonomic survey of the Mimosoideae of the PEPCV. Fortnightly collections were carried out from August/2008 to June/2009, on pre-existing trails within the park, as well as random walks to survey all phytophysiognomies. Mimosoideae is represented by 10 taxa in five genera: Albizia, Inga, Mimosa, Piptadenia and Senegalia. The most representative genus in species number is Mimosa (4 spp.), followed by Inga (3 spp.). The other genera have one species each. Mimosa elliptica and Mimosa sensitiva var. sensitiva are new records for the state of Espírito Santo, and Inga subnuda subsp. subnuda, Mimosa candollei, Mimosa pudica var. hispida, Piptadenia adiantoides and Senegalia lacerans are new records for the PEPCV. This study includes identification of key taxa, descriptions, illustrations, data on geographical distribution, habitat preference, phenologyl and taxonomy.
  • Native palms (Arecaceae) of Campo Mourão municipality, Paraná, Brazil Artigos Originais

    Caxambú, Marcelo Galeazzi; Geraldino, Henrique Cesar Lopes; Dettke, Greta Aline; Silva, Ana Raquel da; Santos, Eloiza Nunes dos

    Abstract in Portuguese:

    As palmeiras são um dos elementos típicos das florestas tropicais. No Paraná, Arecaceae está representada por 23 espécies, distribuídas por todas as formações vegetais. Este estudo objetiva o levantamento das palmeiras nativas do município de Campo Mourão, Paraná, promovendo mais informações sobre a biologia das espécies confirmadas. O estudo foi realizado em áreas de Floresta Estacional Semidecidual e Floresta Ombrófila Mista e remanescentes de Cerrado, além da consulta dos acervos dos herbários FUEL, HCF, MBM e SP. Foram confirmadas sete espécies: Acrocomia hassleri; Allagoptera campestris; Butia microspadix, B. paraguayensis; Euterpe edulis; Geonoma schottiana e Syagrus romanzoffiana. O elevado número de representantes das Arecaceae encontrados deve-se à diversidade florística proporcionada pelas três diferentes tipologias de vegetação do município. Tendo em vista o alto grau de destruição do Cerrado em Campo Mourão, alerta-se sobre o risco de extinção de A. hassleri e B. paraguayensis no Paraná. Butia microspadix não foi reencontrada nos remanescentes, estando provavelmente extinta no município. Acrocomia emensis, não teve sua ocorrência confirmada para o Paraná. Dentre as espécies florestais, E. edulis e G. schottiana também apresentam número reduzido de populações e necessitam ações que garantam sua proteção.

    Abstract in English:

    Palms a typical element of tropical forests. In Paraná state, Arecaceae is represented by 23 species, distributed in all vegetation types. This study aimed to survey the native palms in Campo Mourão, Paraná, and provide more information on the biology of confirmed species. The study was conducted in areas of Subtropical Seasonal Forest, Subtropical Mixed Forest (with Araucaria) and Tropical Savanna remnants (Cerrado), as well as collections from the herbaria FUEL, HCF, MBM and SP. Seven species were confirmed: Acrocomia hassleri (Barb. Rodr.) W.J. Hahn; Allagoptera campestris (Mart.) Kuntze; Butia microspadix Burret, B. paraguayensis (Barb. Rodr.) L.H. Bailey; Euterpe edulis Mart.; Geonoma schottiana Mart. and Syagrus romanzoffiana (Cham.) Glassman. The three different vegetation types found in Campo Mourão are the source of the high number of Arecaceae species found. Due to the great degree of destruction of the Cerrado in Campo Mourão, A. hassleri and B. paraguayensis are at risk of extinction. Butia microspadix was not found in the remnants and was considered extinct in the municipality. One species, Acrocomia emensis (Toledo) Lorenzi, was not been confirmed for Paraná state. Among the forest species, E. edulis and G. schottiana also have a small number of populations and require action to ensure protection.
  • Flora of Paraíba state, Brazil: Passifloraceae sensu stricto Artigos Originais

    Costa, Elainne Cristina Silva; Nunes, Teonildes Sacramento; Melo, José Iranildo Miranda de

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho consiste no estudo taxonômico da família Passifloraceae para o Estado da Paraíba, Brasil. Foram registradas 11 espécies, todas pertencentes ao gênero Passiflora: P. alata, P. capsularis, P. cincinnata, P. edulis, P. foetida, P. glandulosa, P. misera, P. mucronata, P. silvestris, P. suberosa e P. watsoniana. Destas espécies, P. cincinnata e P. foetida são as mais amplamente distribuídas na Paraíba e P. capsularis foi referida pela primeira vez para a flora do Estado. São apresentadas descrições, chave para identificação, ilustrações, bem como comentários sobre período de floração e/ou frutificação, habitats e mapa de distribuição geográfica.

    Abstract in English:

    This paper consists of the taxonomic study of the family Passifloraceae in the Paraíba state, Brazil. Eleven species were recorded, all belonging to the genus Passiflora: P. alata, P. capsularis, P. cincinnata, P. edulis, P. foetida, P. glandulosa, P. misera, P. mucronata, P. silvestris, P. suberosa and P. watsoniana. Of these species, P. cincinnata and P. foetida are the most widely distributed in Paraíba and P. capsularis is a new record for the flora of Paraíba state. We present descriptions, identification key, and illustrations, in addition to data on flowering and/or fruiting, habitats, and geographic distribution maps.
  • Flora of the Usina São José, Igarassu, Pernambuco: Erythroxylaceae Artigos Originais

    Costa-Lima, James Lucas da; Alves, Marccus

    Abstract in Portuguese:

    Erythroxylaceae tem distribuição pantropical e apresenta cerca de 240 espécies circunscritas a quatro gêneros. Apenas Erythroxylum ocorre na região Neotropical e no Brasil são registradas 123 espécies, com maior diversidade na Mata Atlântica, especialmente no Nordeste. A Mata Atlântica do Nordeste do Brasil, considerada a porção mais ameaçada do bioma, é a área com maior diversidade de espécies de Erythroxylum e, embora diversa, a região ainda apresenta deficiência quanto a estudos florísticos e taxonômicos. Desse modo, este estudo objetivou inventariar as espécies de Erythroxylaceae que ocorrem nos fragmentos florestais da Usina São José (Igarassu, Pernambuco), e faz parte do levantamento da flora da área. Este estudo foi baseado na análise morfológica de espécimes coletados na referida área e de espécimes das coleções dos principais herbários do país. Foram registradas oito espécies: Erythroxylum citrifolium, E. mikanii, E. mucronatum, E. nitidum, E. rhodappendiculatum, E. rimosum, E. squamatum e E. subrotundum. Dentre estas, três espécies são registradas aqui pela primeira vez no estado de Pernambuco. Chave para identificação, descrições, ilustrações e comentários sobre hábitat e distribuição geográfica dos táxons são apresentados.

    Abstract in English:

    Erythroxylaceae has a pantropical distribution and presents about 240 species in four genera. Erythroxylum is the only genus in the Neotropics and in Brazil 123 species are recorded, with the highest diversity in the Atlantic Forest, especially in the Northeastern region of the country. The Atlantic Forest of Northeastern Brazil is considered the most threatened part of the biome, however this is the area with the highest diversity of species of Erythroxylum, although, the region still requires floristic and taxonomic studies. Thus, this study aimed to inventory the species of Erythroxylaceae from forest fragments at Usina São José (Igarassu, state of Pernambuco), and it is part of the survey of the flora of this area. The study was based on morphological analysis of specimen deposited the collections of the main Brazilian herbaria and also in the analysis of specimen collected in the field. Eight species were recorded: Erythroxylum citrifolium, E. mikanii, E. mucronatum, E. nitidum, E. rhodappendiculatum, E. rimosum, E. squamatum, and E. subrotundum. Among them, three species are first recorded to the state. An identification key, descriptions, illustrations, and comments on habitat, and geographic distribution of the taxa are presented.
Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Rua Pacheco Leão, 915 - Jardim Botânico, 22460-030 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Tel.: (55 21)3204-2148, Fax: (55 21) 3204-2071 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: rodriguesia@jbrj.gov.br