Accessibility / Report Error

Influência da temperatura de armazenamento na viabilidade de Streptococcus mutans

Ana Lídia Soares COTA Ronaldo Gomes ALVIM Sobre os autores

Resumo

Introdução

O correto armazenamento e manutenção adequada de material biológico viável representam importante papel nas pesquisas microbiológicas em virtude da oportunidade de desenvolvimento de pesquisas futuras.

Objetivo

Avaliar a viabilidade de Streptococcus mutans (S. mutans ) previamente cultivados e armazenados sob diferentes temperaturas há aproximadamente oito anos.

Material e método

Foram avaliados 393 isolados bacterianos armazenados em freezer a -80°C (G1) e 200 em freezer a -20°C (G2). Alíquotas de cada amostra foram semeadas em meios de cultura ágar sangue e ágar Mitis Salivarius Bacitracina Sacarose. Após incubação sob condições de microaerofilia em estufa a 37°C, durante 72 horas, observou-se: presença, morfologia e pureza do crescimento bacteriano. Os dados obtidos foram analisados por meio de estatística descritiva.

Resultado

A viabilidade microbiana foi observada em praticamente todas as amostras (99,7%) em G1. Por outro lado, todas aquelas estocadas a -20°C foram consideradas inviáveis.

Conclusão

A viabilidade de S. mutans é influenciada pela temperatura de armazenamento das amostras, sendo que as cepas permanecem viáveis quando estocadas em condições ideais de temperatura (-80°C), mesmo quando armazenadas por longo período de tempo.

Descritores:
Streptococcus mutans; cárie dentária; viabilidade microbiana

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Rua Humaitá, 1680 - Caixa Postal 331, 14801-903 Araraquara,São Paulo,SP, Tel.: (55 16) 3301-6376, Fax: (55 16) 3301-6433 - Araraquara - SP - Brazil
E-mail: adriana@foar.unesp.br