ASPECTOS SÓCIO-ECONÔMICOS DOS PACIENTES ATENDIDOS NAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO - USP

SOCIO-ECONOMIC CONDITIONS OF PATIENTS SEEN AT THE CLINICS OF THE RIBEIRÃO PRETO SCHOOL OF DENTISTRY, UNIVERSITY OF SÃO PAULO, BRAZIL

O objetivo deste estudo foi conhecer as condições sócio-econômicas dos pacientes atendidos nas clínicas da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP no segundo semestre de 1994. Para tanto, foi aplicado um questionário, obtendo-se 532 (76%) respostas. Os resultados mostraram que, em média, moravam 4 pessoas por casa, dentre as quais 1,8 trabalhavam. Além disso, 55,7% das famílias dos pacientes possuíam renda mensal inferior a 5 salários mínimos; 66,5% possuíam casa própria e 50,2% dos pacientes não concluíram o primeiro grau. Concluiu-se, então, que os pacientes que participaram do estudo possuíam, em sua maioria, baixa renda familiar mensal e baixo nível de escolaridade.

Saúde pública; Pacientes; Escolas de odontologia.


Universidade de São Paulo Avenida Lineu Prestes, 2227 - Caixa Postal 8216, Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, 05508-900 São Paulo SP - Brazil, Tel.: (55 11) 3091-7861, Fax: (55 11) 3091-7413 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: pob@edu.usp.br