Accessibility / Report Error

Novos antipsicóticos para o tratamento da esquizofrenia

New antipsychotics for the treatment of schizophrenia

CONTEXTO: Os antipsicóticos de segunda geração representam o grande avanço na terapêutica da esquizofrenia das últimas décadas, porém nos últimos anos foram sintetizados novos antipsicóticos que estão abrindo maiores perspectivas no campo do tratamento da esquizofrenia. Alguns desses medicamentos já foram lançados, enquanto outros estão em fase de testes. OBJETIVO: Apresentar uma síntese do conhecimento dos novos antipsicóticos de segunda geração. MÉTODOS: Busca por meio do PubMed e literatura específica fornecida pelos fabricantes dos medicamentos. RESULTADOS E CONCLUSÕES: São apresentadas as principais características farmacológicas, de eficácia, segurança e tolerabilidade dos seguintes antipsicóticos: Asenapina, ACP-103, Bifeprunox, Paliperidona, Risperidona de Ação Prolongada e Sertindol.

Antipsicóticos; neurolépticos; asenapina; ACP-103; bifeprunox; paliperidona; risperidona de ação prolongada; sertindol


Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Rua Ovídio Pires de Campos, 785 , 05403-010 São Paulo SP Brasil, Tel./Fax: +55 11 2661-8011 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: archives@usp.br