Accessibility / Report Error

Adversidade na infância, características psicológicas e problemas de saúde física: comparação entre obesos e não obesos

Adverse childhood experiences, psychological characteristics and physical health problems: comparison among obese and non-obese

INTRODUÇÃO: A literatura é unânime sobre a elevada morbilidade e mortalidade associada à obesidade, mas pouco consistente no que se refere às características psicológicas dos obesos. OBJETIVO: O objetivo deste estudo é caracterizar as experiências de vida e os problemas de saúde física e mental de um grupo de obesos e compará-los com sujeitos não obesos. MÉTODO: Oitenta e um obesos e cem não obesos foram avaliados quanto às experiências adversas na infância, psicopatologia geral, dimensões de personalidade, estilos de coping e problemas e queixas de saúde. RESULTADOS: As experiências de abuso emocional e de negligência são frequentemente relatadas, mas algumas experiências de adversidade na infância são pouco relatadas pelos obesos e não obesos. Os obesos relatam mais queixas, problemas de saúde física e menos coping, mas os não obesos apresentam valores médios de psicopatologia superiores. Nas dimensões de personalidade, não se verifica qualquer diferença entre os grupos. A psicopatologia geral, as estratégias de coping, as queixas de saúde e os problemas de saúde distinguem obesos de não obesos. CONCLUSÃO: Contrariamente ao que sugerem alguns estudos, os obesos não relatam mais adversidade e relatam menos psicopatologia geral do que os não obesos. No entanto, apresentam mais queixas e problemas de saúde e usam estratégias de coping de forma diferente.

Adversidade; cirurgia bariátrica; funcionamento atual; obesidade; psicopatologia


Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Rua Ovídio Pires de Campos, 785 , 05403-010 São Paulo SP Brasil, Tel./Fax: +55 11 2661-8011 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: archives@usp.br