Accessibility / Report Error
Revista Paulista de Pediatria, Volume: 26, Issue: 3, Published: 2008
  • Charts, growth and nutritional status Editorial

    Leone, Claudio
  • Physical growth and nutritional status of children and adolescents from Cotinguiba, Northeast Brazil Artigos Originais

    Petroski, Edio Luiz; Silva, Roberto Jerônimo S.; Pelegrini, Andreia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Investigar o crescimento físico e o estado nutricional de crianças e adolescentes da região de Cotinguiba, Sergipe. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, realizado com 1.257 escolares de sete a 14 anos. Mediram-se o peso corporal e a estatura. O estado nutricional foi definido conforme as recomendações propostas pela International Obesity Task Force, de acordo com o índice de massa corpórea (IMC), segundo idade e sexo. Foram classificados com desnutrição os escolares com IMC entre 16 e 18,5kg/m² e com excesso de peso aqueles com IMC igual ou superior a 25kg/m². RESULTADOS: Um suposto pico de crescimento em estatura foi verificado aos 11 e 12 anos para os sexos feminino e masculino, respectivamente. Para o peso corporal, o pico ocorreu aos 11 anos de idade, para ambos os sexos. As curvas do National Center for Health Statistics (NCHS) foram estatisticamente superiores em todas as idades e em ambos os sexos para peso corporal e estatura, com exceção da idade de nove anos para o sexo feminino. Verificou-se que 21,7% dos escolares apresentaram desnutrição (18,5% em meninos e 24,6% em meninas) e 6,8% apresentaram excesso de peso (5,1% em meninos e 8,4% em meninas), com diferenças significativas entre os sexos. CONCLUSÕES: O crescimento das crianças e adolescentes da região de Cotinguiba não acompanha as curvas de referência do NCHS. A prevalência elevada de desnutrição evidencia a necessidade de um acompanhamento longitudinal do crescimento desta população e da implementação de estratégias de intervenção para reduzir tais proporções, que indicam se tratar de um problema de Saúde Pública.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To study the physical growth and the nutritional status of children and adolescents from the region of Cotinguiba, Sergipe, in Northeast Brazil. METHODS: This cross-sectional study enrolled 1,257 schoolchildren aged seven to 14 years old. Body weight and height were measured in all studied population. Nutritional status was defined by the International Obesity Task Force recommendations, according to body mass index (BMI), by age and sex. Malnutrition was classified as a BMI between 16 and 18.5kg/m² and overweight as a BMI greater than or equal to 25kg/m². RESULTS: An apparent peak of height growth was observed in girls with 11 years old and in boys with 12 years old. Peak weight gain was noted at 11 years for both genders. At all ages and in both genders, the body weight and the height of the studied children and adolescents were below National Center for Health Statistics (NCHS) values, with the exception of girls who were nine years old. The overall prevalence of malnutrition was 21.7% (18.5% for boys and 24.6% for girls) and the prevalence of overweight was 6.8% (5.1% for boys and 8.4% for girls), with significant differences between genders. CONCLUSIONS: The growth of children and adolescents in the region of Cotinguiba (Northeast Brazil) does not fit in the NCHS reference curves. The high prevalence of malnutrition indicates the need for further studies regarding the growth of this population and the need for implementing intervention strategies to reduce the problem. Malnutrition is still a public health problem in this region.
  • Prevalence of overweight and obesity in school children of Parelheiros region in São Paulo city, Brazil Artigos Originais

    Fagundes, Anna Luiza N.; Ribeiro, Denise Carpigiani; Naspitz, Laura; Garbelini, Luciana Elisa B.; Vieira, Júlia Ketter P.; Silva, Adriana Paulino da; Lima, Vitor de Oliveira; Fagundes, Djalma José; Compri, Patrícia Colombo; Juliano, Yára

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Verificar, em uma amostra de escolares de uma região de baixo nível socioeconômico, a prevalência de sobrepeso e obesidade. MÉTODOS: Estudo transversal com uma amostra de 218 crianças selecionadas de modo aleatório, a partir de um universo estimado de 1.500 crianças e adolescentes, com idade entre seis e 14 anos, provenientes de três escolas de ensino fundamental de Parelheiros, São Paulo, sem distinção de sexo ou etnia. Foram excluídas aquelas portadoras de qualquer doença metabólica ou endócrina diagnosticada ou em tratamento. Os indivíduos foram submetidos à avaliação antropométrica, com medida do peso corporal e altura para cálculo do índice de massa corpórea e relação peso/altura. Todas as crianças responderam a um questionário aplicado pelos pesquisadores sobre hábitos alimentares. RESULTADOS: A prevalência de obesos e de portadores de sobrepeso foi respectivamente 14,7 e 16,5%. Entre os alunos obesos e com sobrepeso, o baixo consumo de frutas (10,8 e 10,8%), de verduras e legumes (16,4 e 9,1%) e o alto consumo de doces (72,2 e 78,1%) foram associados ao excesso de peso. A prática esportiva esteve ausente ou escassa nos obesos (81,3%) e portadores de sobrepeso (77,8%). CONCLUSÕES: Os alunos avaliados, embora provenientes de uma região pobre de São Paulo, apresentaram um perfil de transição nutricional, com altas taxas de obesidade e sobrepeso.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To establish the prevalence of overweight and obesity in school children from low socioeconomical status. METHODS: This cross sectional study randomly enrolled 218 eighteen students out of 1.500 students with six to 14 years old from three schools located in Parelheiros, São Paulo, Brazil. Children with a diagnosis and or treatment of metabolic or endocrine diseases were excluded. The studied children had an anthropometric evaluation of weight and height, and body mass index was calculated. All children answered a questionnaire about daily food consumption and physical activity. RESULTS: The prevalence of obesity and overweight were respectively 14.7 and 16.5%. Among these students, the low consumption of fruits (10.8 and 10.8%), vegetables (16.3 and 9.1%) and the high consumption of candies (72.2 and 78.1%) were associated with weight excess. Poor physical activities was common among obese (81.3%) and overweight (77.8%) students. CONCLUSIONS: The evaluated students, despite living in a poor region of São Paulo, showed a profile of nutritional transition, with high obesity and overweight rates.
  • Anthropometric profile of preschool children of a day-care center in Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brazil Artigos Originais

    Santos, Ana Lilian B. dos; Leão, Leila Sicupira C. S.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Descrever o perfil antropométrico de pré-escolares matriculados em uma creche de Duque de Caxias, Rio de Janeiro. MÉTODOS: Estudo transversal descritivo, com aferição de medidas antropométricas (peso e estatura) e preenchimento de um questionário socioeconômico. A população estudada foi composta por 33 pré-escolares menores de seis anos de idade matriculados na creche. A população de referência para comparação do grupo estudado foi a do National Center for Health Statistic (NCHS) e da Organização Mundial de Saúde (OMS). RESULTADOS: Observou-se que a maioria (48,5%) das crianças fazia parte da classe econômica C. Nenhuma delas apresentou deficit pôndero-estatural (Z escore<-2) de acordo com os índices estatura/idade (E/I), peso/idade (P/I) e peso/estatura (P/E). Entretanto, 21,2% apresentaram risco de baixa estatura (Z escore entre -2 e -1); 15,2 e 9,1% mostraram risco de baixo peso, segundo os índices P/I e P/E, respectivamente; 21,2% para sobrepeso (Z escore entre +1 e +2) tanto para o índice P/I quanto para o índice P/E e, finalmente, 3,0 e 6,1% apresentaram obesidade (Z escore >+2) segundo os índices P/I e P/E, respectivamente. CONCLUSÕES: Reflexos da transição nutricional foram observados neste estudo, no qual se encontrou ausência de deficits pôndero-estaturais indicativos de desnutrição e um considerável excesso de peso, indicativo de sobrepeso e obesidade.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To describe the anthropometric profile of preschool children registered in a day-care center in Duque de Caxias, Rio de Janeiro, Brazil. METHODS: This cross sectional study enrolled 33 preschool children less than six years old registered in a day care center. All families were asked to answer a socioeconomic questionnaire and the children were assessed regarding weight and height. The National Center for Health Statistic (NCHS) and World Health Organization (WHO) growth charts were considered as standards for comparison purposes. RESULTS: The majority of children belonged to medium socioeconomic group (C class). None of them presented height-for-age or weight-for-age deficits with Z score<-2. However, 21.2% presented risk for low height (-2 to -1 Z score); 15.2 and 9.1% presented risk of low weight according to weight-for-age and weight-for-height respectively; 21.2% of the children had overweight (+1 to +2 Z scores) according to both indexes, and finally, 3.0 and 6.1% presented obesity (>+2 Z scores) according to weight-for-age and weight-for-height respectively. CONCLUSIONS: Nutritional transition seems to be present in the studied children, with absence of indicators of malnutrition and a considerable frequency of overweight and obesity.
  • Nutritional status, hematological and serum levels of iron in preschool children from cities with different child development indexes Artigos Originais

    Oliveira, Wilson Luis de; Oliveira, Fernanda Luisa C.; Amancio, Olga Maria S.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e os níveis hematológicos e séricos de ferro em pré-escolares de municípios com diferentes índices de desenvolvimento infantil (IDI). MÉTODOS: Estudo transversal de 34 pré-escolares com idade de três a seis anos do município de Laranjal, Paraná, com IDI baixo e com o mesmo número de crianças pareadas por idade e gênero, provenientes de Presidente Prudente, São Paulo, município com IDI médio. Avaliou-se o estado nutricional por meio do escore Z das relações peso/estatura e estatura/idade. A avaliação bioquímica constou de dosagens de hemoglobina, hematócrito, ferro sérico e ferritina. Para a análise estatística foram usados os testes t de Student, Mann-Whitney, qui-quadrado e o exato de Fisher. RESULTADOS: Peso, estatura e escore Z das relações antropométricas foram significantemente menores no grupo de crianças de Laranjal comparados aos de Presidente Prudente. A prevalência de anemia em ambos os grupos foi 8,8%, não havendo diferença significante para a prevalência de ferropenia e para os valores de ferritina sérica. CONCLUSÕES: Pré-escolares do município com IDI baixo apresentam mais desnutrição, enquanto sobrepeso e obesidade são predominantes nos pré-escolares do município com IDI médio. Quanto às alterações dos níveis hematológicos e séricos de ferro, não há diferença entre os pré-escolares dos municípios estudados.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate nutritional status and iron hematological and serum levels of preschool children from cities with different child development indexes (CDI). METHODS: This cross-sectional study enrolled 34 preschool children aged between three to six years from two municipalities of Brazil: Laranjal, Paraná, with a low CDI, and Presidente Prudente, Sao Paulo, with a medium CDI. Children of both cities were matched by age and gender. The nutritional status was evaluated by Z score for weight/height and height/age. The biochemical evaluation included hemoglobin, hematocrit, seric iron and ferritin levels. The following tests were used for statistical analysis: t test, Mann-Whitney, chi-square and Fisher's exact test. RESULTS: The weight, height and Z score of the anthropometric relationships were significantly lower in the group of Laranjal children. Anemia was present in 8.8% of the children studied in both cities, without significant differences in the prevalence of iron deficiency or in the ferritin levels. CONCLUSIONS: The preschool children from the city with low CDI presented mainly malnutrition, while overweight and obesity were more prevalent on preschool children from the city with a medium CDI. Hematimetric values, iron and ferritin levels were similar between the preschool children of both cities.
  • Knowledge of educators from day care centers about infant feeding Artigos Originais

    Shimabukuro, Elaine Emy; Oliveira, Mariana de Novaes; Taddei, José Augusto de A. C.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar o conhecimento das educadoras de creches sobre a alimentação nos primeiros anos de vida. MÉTODOS: Estudo transversal com 137 educadoras de oito creches do município de São Paulo, selecionadas no universo de 36 creches pertencentes à Coordenadoria de Santo Amaro, segundo critérios descritos a partir da metodologia proposta por Beghin. Para avaliar o conhecimento sobre alimentação das educadoras, foi construído e aplicado um questionário estruturado e pré-codificado com questões de múltipla escolha e "verdadeiro e falso" durante as reuniões mensais realizadas nas creches. No estudo das associações, utilizou-se o teste do qui-quadrado, selecionando variáveis com nível de significância p<0,05. RESULTADOS: A idade das educadoras variou de 19 a 66 anos, com mediana de 38 anos, sendo que 41,3% tinham curso superior completo. A mediana e o desvio padrão (dp) do número de erros nas questões dos subtemas aleitamento materno, aleitamento artificial, alimentação complementar e de todas as questões sobre alimentação foram respectivamente: 3 (dp=1,75); 2 (dp=0,87); 2 (dp= 0,96) e 7 (dp=2,65). CONCLUSÕES: Faz-se necessária a difusão dos programas de ação continuada e o aprimoramento de ações intersetoriais, envolvendo equipes multiprofissionais e creches locais, pois somente os conhecimentos incorporados na prática são insuficientes para promover boa alimentação e hábitos alimentares saudáveis para o crescimento e o desenvolvimento adequados das crianças atendidas.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To assess daycare centers educators' knowledge on feeding during the first year of life. METHODS: Cross-sectional study comprising 137 educators from eight daycare centers of São Paulo city (Brazil) selected from the universe of 36 daycare centers linked to Santo Amaro Coordination. Selection was based on Beghin's methodology. In order to assess educators' knowledge on feeding a structured, previously codified and tested questionnaire was built with true/false and multiple choices questions and applied. Chi-square test was used to test association between selected variables, being significant p<0.05. RESULTS: Educators' ages ranged from 19 to 66, with a median of 38 years; 41.3% had completed university education. Regarding errors for questions on breastfeeding, artificial lactation, complementary feeding and the sum of all questions about infant feeding, the median and standard deviation (sd) were respectively: 3 (sd=1.75); 2 (sd=0.87); 2 (sd= 0.96) and 7 (sd=2.65). CONCLUSIONS: Continuous action programs and improvement of intersectorial actions involving multidisciplinary teams and local daycare centers are required, since solely the knowledge incorporated into practice is not sufficient to promote good feeding and healthy eating habits for the proper growth and development of the assisted children.
  • Drug utilization among children aged zero to six enrolled in day care centers of Tubarão, Santa Catarina, Brazil Artigos Originais

    Carvalho, Diélly Cunha de; Trevisol, Fabiana Schuelter; Menegali, Bruno Thizon; Trevisol, Daisson José

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Identificar o padrão de utilização de medicamentos, nos últimos seis meses, em crianças entre zero e seis anos, em quatro creches de Tubarão, Santa Catarina, no ano de 2007. MÉTODOS: Estudo transversal realizado por meio de questionário semi-estruturado, aplicado aos pais ou responsáveis pelas 413 crianças incluídas na pesquisa, após consentimento informado. Foram coletados dados sobre utilização de medicamentos e informações de saúde. A análise estatística foi feita com auxílio do programa Statistical Package for the Social Sciences 15.0. RESULTADOS: A média de idade das crianças foi 3,7±1,3 anos, sendo 195 (47%) meninas e 218 (53%) meninos. Dentre os adultos que responderam ao questionário, 75% eram mães e 43% tinham oito anos de estudo. Diante de situação de doença, 47% forneciam os medicamentos que tinham em casa. Das crianças pesquisadas, 82 (20%) apresentavam doença crônica e 75 (18%) portavam doença aguda no momento da pesquisa. Houve histórico de reações adversas aos medicamentos em 82 (20%) crianças, sendo a mais freqüente a alergia. A classe de medicamentos mais utilizada foi a dos analgésicos e antitérmicos (45%) e o motivo de uso principal foi febre (32%). Nos últimos seis meses, haviam sido utilizados 763 medicamentos, com média de 1,8 medicamentos por criança, sendo 41% com prescrição médica e 59% por automedicação. CONCLUSÕES: A prática freqüente de automedicação em crianças é um fenômeno potencialmente nocivo à saúde. Esse estudo mostrou que a maioria dos pais ou responsáveis segue essa prática, podendo mascarar doenças graves, gerar quadros de reações adversas e desenvolver resistência bacteriana, além de outras complicações.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Identify the pattern of drug utilization in a six-month period among children aged zero to six years old, in Tubarão, Santa Catarina, Brazil, during 2007. METHODS: This cross-sectional study was carried out using a semi-structured questionnaire administered to parents or caretakers of 413 children included in the survey. After signing consent, parents were asked about the use of prescribed and over-the-counter medicines and other health information. Statistical Package for the Social Sciences 15.0 was used for statistical analysis. RESULTS: Out of 413 children, 195 (47%) were girls and 218 (53%) boys. Their mean age was 3.7±1.3 years. Most parents who answered the questionnaire were mothers (75%) and 43% had eight years of schooling. When asked about medication use in the event of diseases, 47% reported that they use medicines available at home. Among the children, 82 (20%) had chronic diseases and 75 (18%) presented an acute illness at the time of the study. Adverse drug reactions were reported by 82 (20%) of the caretakers, being allergy the most frequent. Antipyretics and analgesics were the medicines most frequently used (45%) in order to treat fever (32%). During the last six months, the use of 763 drugs was reported, corresponding to 1.8 drugs/child. Of these, 41% were prescribed by a physician and 59% as self medication. CONCLUSIONS: Parental frequent practice of self medication in treating children is potentially harmful to health. This study showed that most caretakers follow this practice which can mask serious diseases, provoke adverse reactions and develop bacterial resistance, among other complications.
  • Congenital torticollis: evaluation of two physiotherapeutic approaches Artigos Originais

    Pagnossim, Luciane Zanusso; Schmidt, Augusto Frederico S.; Bustorff-Silva, Joaquim Murray; Marba, Sérgio Tadeu M.; Sbragia, Lourenço

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Avaliar a evolução clínica e comparar a eficácia do tratamento fisioterapêutico intensivo ou mínimo, em neonatos e lactentes com torcicolo congênito. MÉTODOS: Foram atendidas no Ambulatório de Fisioterapia e Cirurgia Pediátrica do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas 47 crianças com torcicolo congênito. Analisaram-se, retrospectivamente, antecedentes maternos, neonatais, apresentação clínica e tratamento fisioterapêutico, classificado de acordo com a freqüência das sessões. O tratamento intensivo foi definido como sessões de fisioterapia realizadas pelo fisioterapeuta no ambulatório, acrescidas de exercícios diários realizados pelos pais em domicílio. O tratamento mínimo foi considerado quando apenas o fisioterapeuta realizava as sessões semanalmente no ambulatório, sem a participação dos pais. RESULTADOS: Quanto às características demográficas da população, observou-se: idade média materna=26 anos; parto normal=40 (85%); mães primigestas=35 (75%); idade média ao diagnóstico=50 dias. A presença de nódulo intramuscular foi notada em 46 (98%) pacientes. As seguintes doenças estiveram associadas: luxação congênita de quadril igual=4 (8%); fratura de clavícula=2 (4%); pé torto congênito=1 (2%). O tratamento intensivo foi realizado em 34 (72%) pacientes e a cura observada em 100%, após 74 dias, em média. O tratamento mínimo foi aplicado em 13 (28%) pacientes e a cura observada em dez (77%), tratados em média por 130 dias. CONCLUSÕES: O torcicolo congênito apresentou evolução clínica favorável em ambos os grupos. O tratamento intensivo propiciou maior índice de cura em menor tempo de tratamento.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To evaluate the clinical course and to compare the effectiveness of physiotherapeutic treatment performed daily or once a week in newborns and infants with congenital torticollis. METHODS: 47 patients with congenital torticollis were assisted at the Physiotherapy and Pediatric Surgery Services of the Clinical Hospital of Campinas University. The following data were retrospectively collected: maternal and neonatal history, clinical presentation and physiotherapeutic treatment classified according to the frequency of the exercises. Intensive treatment was defined as sessions performed at the daycare clinic by the physiotherapist plus daily sessions performed by parents at home. Minimal treatment was defined as weekly sessions performed only by the physiotherapist at the daycare clinic, without participation of the parents. RESULTS: The demographic characteristics of the studied patients were: mean maternal age=26 years; first gestation=35 (75%); vaginal delivery=40 (85%); mean age at diagnosis =50 days. A sternomastoid nodule was felt seen in 46 (98%) patients. Diseases associated with congenital torticollis were: congenital hip dislocation=4 (8%); fracture of clavicles=2 (4%); and club feet=1 (2%). Intensive treatment was performed in 34 (72%) patients for an average of 74 days and the cure was achieved in 100%. Minimal treatment was performed in 13 (28%) for an average of 130 days and ten (77%) patients achieved cure. CONCLUSIONS: Congenital torticollis had favorable outcome in both groups. The intensive treatment was followed by higher rates of cure in smaller period of time.
  • Living conditions and infant mortality in the municipality of Embu, São Paulo, Brazil Artigos Originais

    Ventura, Renato Nabas; Oliveira, Eleonora Menicucci de; Silva, Edina Mariko K. da; Silva, Nilza Nunes da; Puccini, Rosana Fiorini

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Descrever a distribuição do coeficiente de mortalidade infantil e seus componentes no município do Embu, São Paulo, no período de 1995 a 1998, segundo os estratos de condições de vida. MÉTODOS: Estudo descritivo com análise por conglomerados,dos 135 setores censitários do município de Embu, agrupados em quatro estratos de condições de vida: estrato 1, com melhores condições de moradia, renda e escolaridade; estratos 2 e 3, intermediários; estrato 4, no qual todas as moradias eram aglomerados subnormais ou favelas. Foram calculados os coeficientes de mortalidade infantil, neonatal e pós-neonatal, a proporção entre óbitos neonatais e pós-neonatais, o risco atribuível populacional e mortalidade proporcional por causas, para os anos de 1995 a 1998, segundo os quatro estratos de condições de vida estabelecidos. RESULTADOS: O estrato 4 apresentou maiores coeficientes de mortalidade infantil e risco atribuível populacional em relação aos estratos intermediários, em todos os anos do estudo. Esse estrato apresentou, também, as menores proporções entre mortalidade neonatal e pós-neonatal. O risco atribuível populacional no estrato 4 foi maior que os demais estratos para as afecções perinatais (159,4), doenças respiratórias (271,4) e doenças infecciosas (415,6). Identificaram-se dados demográficos semelhantes em áreas próximas aos limites geograficamente constituídos pelo estudo e heterogeneidade de eventos num mesmo território. CONCLUSÕES: Identificou-se uma relação entre desigualdades sociais e mortalidade infantil, segundo os critérios de condições de vida estabelecidos para este estudo, entretanto, não houve distribuição homogênea nos quatro estratos populacionais, revelando dificuldades em utilizá-los como parâmetros para desigualdades sociais em grandes centros urbanos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To describe the infant mortality coefficient and its components in the municipality of Embu, São Paulo, Brazil, between 1995 and 1998, according to strata of living conditions. METHODS: A cross-sectional descriptive study was conducted using cluster analysis in the 135 census session of the municipality of Embu, grouped into four strata of living conditions: stratum 1, with the best living, income and schooling conditions; strata 2 and 3 with regular conditions; and stratum 4, in which all houses were subnormal agglomerates or slums. The neonatal, post-neonatal and infant mortality rates, the population's ascribable risk, the ratio between neonatal and post-neonatal deaths and the mortality due to ascribable causes were calculated for 1995 to 1998, for each stratum. RESULTS: In all studied years, the stratum 4 presented the highest infant mortality rates and higher population's ascribable risk compared to intermediate strata. This stratum has also presented the lowest ratio between neonatal and post-neonatal mortality. The population's attributable risk in the stratum 4 was higher for perinatal affections (159.4), respiratory (271.4) and infectious (415.6) diseases. Similar demographic data in areas close to the geographically limits of the study and heterogeneity of events in the same territory were present. CONCLUSIONS: Relationship between social inequality and infant mortality was identified according to the living conditions criteria. However, heterogeneous distribution was shown within each stratum, precluding its use for evaluating social inequalities in big urban centers.
  • Pediatricians knowledge and management regarding tooth eruption Artigos Originais

    Faraco Junior, Italo Medeiros; Del Duca, Flávia Firpo; Rosa, Francinne Miranda da; Poletto, Vanessa Ceolin

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Verificar o conhecimento e a conduta de médicos pediatras frente a possíveis manifestações locais e sistêmicas ocorridas durante a erupção dentária, uma vez que a relação desta com o aparecimento de manifestações orgânicas na criança tem constituído, ao longo da história das ciências médico-odontológicas, um assunto controverso. MÉTODOS: Estudo observacional no qual o instrumento de coleta de dados foi um questionário dirigido a todos os médicos pediatras (n=21) da cidade de Bagé, Rio Grande do Sul. Este questionário foi constituído por perguntas sobre a opinião dos médicos se a erupção dentária seria a causadora de alterações que surgem durante o irrompimento dos dentes e quais são as condutas por eles tomadas. Após a confecção do banco de dados, foram realizadas as freqüências simples e percentuais das variáveis avaliadas no estudo. RESULTADOS: Dos médicos pediatras entrevistados, 76% acreditam que o processo de erupção dentária pode estar associado a manifestações sistêmicas e/ou locais; 94% dos entrevistados observaram como manifestações ansiedade/irritabilidade e coceira/sucção de dedos ou objetos. A conduta clínica mais adotada pelos médicos pediatras foi a orientação aos pais/responsáveis (37%). CONCLUSÕES: A maioria dos médicos pediatras entrevistados acredita que possam ocorrer manifestações sistêmicas e/ou locais devida à erupção dentária e que a conduta clínica de eleição é a orientação familiar.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To study pediatricians' knowledge and management in face of possible local and systemic manifestations during tooth eruption, since the relationship between tooth eruption and systemic symptoms is a very controversial issue in pediatrics and dentistry science. METHODS: Observational study. Data were obtained from a questionnaire applied to all the pediatricians (n=21) from the city of Bagé, Rio Grande do Sul, Brazil. The questionnaire was composed of questions about the doctors' opinion if tooth eruption could be the cause of local and systemic manifestations and how they manage them. Descriptive analysis of the data was performed. RESULTS: Among the interviewed pediatricians, 76% believed that the process of tooth eruption can be associated with systemic and/or local manifestations; 94% of them reported anxiety/irritation and itch/suction of fingers or objects as infants' manifestations. Parental/caregivers orientation was the most adopted clinical management (37%). CONCLUSIONS: The majority of the interviewed pediatricians believe that systemic and/or local manifestations can occur due to tooth eruption and that the clinical management of choice is family orientation.
  • Speech pathology and pediatric aspects in monozigotic twins language Artigos Originais

    Barbetta, Naraí Lopez; Panhoca, Ivone; Zanolli, Maria de Lurdes

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Observar o discurso familiar a respeito da gemelaridade, por meio de categorias inseridas nas práticas sociais, buscando subsidiar e delinear a contribuição do fonoaudiólogo e do pediatra no desenvolvimento de linguagem dos gêmeos monozigóticos. MÉTODOS: O trabalho apóia-se no método qualitativo de pesquisa e a análise dos dados foi realizada segundo a perspectiva histórico-cultural e o paradigma de natureza indiciária. Em 30 meses, foram realizadas oito entrevistas semi-estruturadas seqüenciais, iniciadas à revelação da gestação gemelar e continuadas em intervalos aproximados de três meses até cerca de dois anos de vida dos gêmeos, com dez famílias que tinham em sua composição direta um par de gêmeos idênticos. RESULTADOS: Sete categorias emergiram nos relatos obtidos com os familiares - a descoberta da gemelaridade, a escolha de nomes, o vestuário, a interação, a rotina, a linguagem e a identidade. CONCLUSÕES: Os depoimentos, práticas, valores e pressupostos estão relacionados com o desenvolvimento destas crianças e apontam que essas famílias precisam de um acompanhamento diferenciado e específico, desde o momento gestacional.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To observe the way families express themselves about twins using categories related to social practices in order to help health care workers to contribute to the development of the speech of monozygotic twins. METHODS: The study uses the qualitative method, based on a historic-cultural perspective and the evidential paradigm. During 30 months, eight sequential semi-structured interviews were applied to ten families who had identical twins. The interviews began when the diagnosis of the twin gestation was announced to the families and continued at approximately three-month intervals until the twins were two years old. RESULTS: Seven categories were reported by the families during the interviews regarding the development of their twin children - announcement of the twin pregnancy, choice of names, choice of clothes, pattern of speech and identity of each child, as well as general routine and family interaction. CONCLUSIONS: There is a relationship between the development of the language in monozygotic twins and the attitudes and values reported by their families. Families of twins may need specific and differentiated follow-up since the gestational period.
  • Feeding practices and physical inactivity contributions to childhood overweight Artigos De Revisão

    Rinaldi, Ana Elisa M.; Pereira, Avany Fernandes; Macedo, Célia Sperandeo; Mota, João Felipe; Burini, Roberto Carlos

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Revisar estudos que abordam as práticas alimentares atuais e o padrão de atividade física como contribuintes do excesso de peso na infância. FONTES DE DADOS: Ovid Journals, Highwire e SciELO, com seleção de artigos originais e de revisão nos últimos dez anos (1997 a 2007), na língua portuguesa e inglesa. SÍNTESE DE DADOS: O acompanhamento do estado nutricional de crianças permite diagnosticar seu estado de saúde atual, bem como predizer parcialmente seu prognóstico na vida adulta. A prevalência de obesidade infantil, no Brasil, apresenta aumento progressivo em todas as classes sociais e sua freqüência varia entre cinco a 18%, dependendo da região estudada. A associação da transição epidemiológica, demográfica e comportamental e a alteração do hábito alimentar são apontadas como fatores causais do aumento progressivo da obesidade infantil. Práticas alimentares caracterizadas por elevado teor de lipídios, sacarose e sódio e por reduzido consumo de cereais integrais, frutas e hortaliças associadas à inatividade física decorrente do uso de computadores, jogos eletrônicos e televisores influenciam parte considerável de crianças. Este estilo de vida reflete os hábitos familiares e pode ser influenciado pelo ambiente escolar no qual a criança está inserida. CONCLUSÕES: Os dados sugerem influência considerável dos fatores ambientais, principalmente hábitos alimentares e inatividade física, no crescente aumento da prevalência de excesso de peso na população pediátrica.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To review the literature in order to show how current feeding and physical activity practices may contribute to childhood overweight. DATA SOURCE: Ovid Journals, Highwire and SciELO, selecting original and review articles from 1997 to 2007, published in English and Portuguese. DATA SYNTHESIS: The periodic assessment of children nutritional status is important to diagnose their current health status and to predict their adult life prognosis. In Brazil, the prevalence of childhood obesity is progressively increasing in all social classes and its frequency varies from five to 18%, according to the region assessed. The association between the health, demographic and behavioral transition and the change in feeding practices can explain the increasing prevalence of childhood overweight. The current food consumption with high fat, sugar and sodium intake and low intake of whole cereals, fruits and vegetables associated to physical inactivity due to the excessive use of computers, electronic games and television may play a role in childhood obesity. This life style can be explained by changing family habits and school environment. CONCLUSIONS: These data suggest considerable influence of environmental factors, mainly nutritional habits and physical inactivity, on the increasing prevalence of childhood overweight.
  • Parenteral nutrition in preterm infants: proposal of a practical guideline Artigos De Revisão

    Souza, Fabíola Isabel S. de; Teske, Márcia; Sarni, Roseli Oselka S.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Revisar a literatura e os conceitos relacionados à terapia nutricional parenteral de recém-nascidos pré-termo e propor fluxograma prático de indicação, progressão dos parâmetros e monitoramento para utilização em unidades neonatais. FONTES DE DADOS: Artigos publicados em inglês e português nas bases de dados Medline, Embase, Lilacs e SciELO nos últimos dez anos, além de referências clássicas e consensos internacionais. As palavras-chave utilizadas como fonte de busca foram recém-nascido pré-termo, nutrição parenteral, terapia nutricional e emulsões lipídicas. SÍNTESE DOS DADOS: A nutrição parenteral é procedimento essencial no tratamento intra-hospitalar do recém-nascido pré-termo. Além dos avanços no conhecimento e progressos na legislação, vários fatores contribuíram para reduzir a morbimortalidade desses recém-nascidos e elevar a segurança na utilização da nutrição parenteral, tais como qualidade dos cateteres empregados, treinamento e capacitação adequada dos profissionais envolvidos, existência de equipes multiprofissionais e o desenvolvimento de novos insumos. CONCLUSÕES: Esse protocolo prático sobre nutrição parenteral para recém-nascidos prematuros foi desenvolvido com base em recomendações internacionais de sociedades científicas e na análise crítica de estudos científicos.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Review the literature regarding parenteral nutrition of preterm infants in order to propose a practical guideline for indication, increase of parameters and monitoring of this nutritional therapy in neonatal units. DATA SOURCE: Studies in English and Portuguese from the last ten years were retrieved from Medline, Embase, Lilacs and SciELO using the following key-words: preterm infants, parenteral nutrition, nutrition therapy and lipid emulsions. Also classical studies and consensus on the theme were manually searched. DATA SYNTHESIS: Parenteral nutrition is an essential treatment strategy for preterm infants. Besides progress in knowledge and legislation, several factors contribute to reduce neonatal morbidity and mortality of newborns using parenteral nutrition and to increase the security in its prescription such as catheters' quality, training of the multiprofessional team and development of new specific parenteral nutrition formulations. CONCLUSIONS: The practical parenteral nutrition guideline proposed here follows international guidelines and was based on critical analysis of the studies published in the last 10 years.
  • Hand strength in healthy children and teenagers Artigos De Revisão

    Moura, Patrícia Martins de L. S.; Moreira, Demóstenes; Caixeta, Ana Paula L.

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Revisão de literatura sobre força de preensão palmar em crianças e adolescentes saudáveis na faixa etária de quatro a 18 anos de idade. FONTES DE DADOS: Medline, Lilacs e SciELO, no período de 2000 a 2007, utilizando-se as palavras-chave: aperto, mão, força, preensão, criança e adolescente. SÍNTESE DOS DADOS: A importância da mensuração da força de preensão é fornecer um índice objetivo da integridade funcional dos membros superiores. Estudos avaliando a força da preensão palmar vêm sendo descritos desde 1956, porém a maioria dos artigos engloba a população adulta (19 a 44 anos) e adulta média (45 a 64 anos). Somente um artigo foi publicado no Brasil a respeito da força de crianças e adolescentes. Os trabalhos relatados correlacionam a força de preensão palmar e variáveis antropométricas. CONCLUSÕES: Estudos com delineamento adequado e amostras representativas são necessários para avaliar a força da preensão em crianças e adolescentes no Brasil. Observou-se que os meninos têm força de preensão palmar maior que as meninas, principalmente após 11 anos de idade. Os fatores antropométricos como peso e altura foram os que mais significantemente se associaram à força de preensão palmar.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To review the literature regarding hand grip strength in healthy children and teenagers with four to 18 years old. DATA SOURCES: Databases Medline, Lilacs and SciELO were searched for studies published from 2000 to 2007, using the keywords: grasp, hand, strength, grip, child and adolescent. DATA SYNTHESIS: Measures of hand grip strength are important to provide an objective index of the functional integrity of the upper limbs. Studies evaluating the hand grip strength have been published since 1956, however the majority of them enrolled adults (19 to 44 years-old) and middle-age (45 to 64 years-old) subjects. Only one article was published in Brazil about hand grip strength of children and teenagers. Most studies try to associate hand grip strength and anthropometric variables. CONCLUSIONS: Prospective randomized trials with large number of patients are needed to evaluate the hand grip strength in Brazilian children and teenagers. Boys have hand grip strength greater than girls, especially after 11 years old. The anthropometric factors such as weight and height were significantly associated with hand grip strength.
  • Unusual clinical presentations of patients with Patau and Edwards syndromes: a diagnostic challenge? Relatos De Caso

    Zen, Paulo Ricardo G.; Rosa, Rafael Fabiano M.; Rosa, Rosana Cardoso M.; Mulle, Lisiane Dale; Carla Graziadio,; Paskulin, Giorgio Adriano

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Relatar dois pacientes, um acometido por trissomia do cromossomo 13 em mosaico e outro por trissomia do cromossomo 18, ambos com apresentações clínicas não usuais. DESCRIÇÃO DO CASO: Paciente do sexo feminino de dois meses de idade, que apresentava deficiência de crescimento, dismorfias menores de face e de membros, paresia facial unilateral, cardiopatia congênita, hipotonia e evolução com o surgimento de manchas hipocrômicas e atraso do desenvolvimento neuropsicomotor. O segundo caso é de um paciente do sexo masculino, com 19 dias de vida, que também mostrava deficiência de crescimento, anomalias faciais menores, defeito radial, cardiopatia congênita e hipertonia. Os cariótipos por bandas GTG confirmaram o diagnóstico, respectivamente, de síndromes de Patau e de Edwards. COMENTÁRIOS: Os presentes relatos têm por objetivo alertar os pediatras sobre manifestações não usuais nas trissomias dos cromossomos 13 e 18, as quais podem dificultar a suspeita diagnóstica.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Report two patients, one with trisomy 13 mosaicism and the other with trisomy 18, both with unusual clinical presentations. CASE DESCRIPTION: The first case was a female patient with two months of age who presented growth deficiency, minor dysmorphia of face and limbs, unilateral facial paresis, congenital heart defect and hypotonia, who developed hypochromic spots and neuropsychomotor delay. The second case was a male patient with 19 days of age who also had growth deficiency, minor facial anomalies, radial defect, congenital heart defect and hypertonia. GTG-Banding karyotypes confirmed the diagnosis of Patau and Edwards syndromes respectively. COMMENTS: The aim of these reports is to call attention to the fact that Patau and Edwards syndromes may present an unusual pattern of abnormalities, making the diagnostic hypothesis difficult.
  • Lipoid proteinosis Relatos De Caso

    Marta, Sara Nader; Marta, Gustavo Nader; Castilho, Aline Rogéria F.; Matsumoto, Mariza Akemi; Francischone, Leda Aparecida; Bresaola, Marco Dapieve; Kawakami, Roberto Yoshio

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Apresentar as características clínicas, tratamento cirúrgico e achado histológico de um caso de lipoidoproteinose. DESCRIÇÃO DO CASO: Criança do sexo masculino, cinco anos de idade, branco, que procurou atendimento odontológico na Universidade. A mãe da criança relatou presença de intensa halitose e dificuldade na alimentação e higienização bucal, decorrentes de crescimento gengival generalizado nos arcos dentários superior e inferior. No exame clínico, verificaram-se comprometimento funcional e estético generalizado (rouquidão, artralgia bilateral no joelho e tornozelo, lesões tumorais nas orelhas, entre outros), além de extensa hiperplasia gengival em ambos os arcos dentários. Optou-se pelo tratamento cirúrgico, com remoção do tecido hiperplásico e exodontia de todos os dentes decíduos e de dois permanentes. O exame histopatológico da peça cirúrgica confirmou o diagnóstico de lipoidoproteinose. COMENTÁRIOS: A lipoidoproteinose é uma doença rara caracterizada pela deposição da substância hialina na pele, membranas mucosas e nos órgãos internos. Os sinais que podem surgir após o nascimento, são: rouquidão; lesões pápulo-nodulares na cabeça, pescoço e membros; lesões papulares amareladas nas margens das pálpebras. O curso desta doença é benigno e crônico.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: Report clinical characteristics, histological findings and treatment of a patient with lipoid proteinosis. CASE DESCRIPTION: Five year-old male patient was assisted in the university clinic for dental treatment. The mother reported the presence of intense halitosis and difficulties for feeding and oral hygiene due to extensive gingival hyperplasia on the maxillary and mandibular arches. Clinical examination revealed generalized functional and esthetic involvement, including hoarseness; bilateral knee and ankle arthralgia; tumoral lesions on the ears and gingival hyperplasia throughout the extent of both dental arches. The surgical treatment removed the hyperplastic tissue and all deciduous teeth, as well as two permanents teeth. Histopathological examination of the specimen confirmed the diagnosis of lipoid proteinosis. COMMENTS: Lipoid proteinosis is a rare disorder characterized by progressive deposition of hyaline material in the skin, mucous membranes and organs. Clinical signs appear after birth and are characterized by hoarseness, papulonodular lesions on the head, neck and limbs and yellowish papules on the eyelid margins, among others. The disease has a benign and chronic evolution.
  • Errata

Sociedade de Pediatria de São Paulo R. Maria Figueiredo, 595 - 10o andar, 04002-003 São Paulo - SP - Brasil, Tel./Fax: (11 55) 3284-0308; 3289-9809; 3284-0051 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: rpp@spsp.org.br