• Repercussões do novo Código de Ética Médica na prática psiquiátrica Editorial

    Hetem, Luiz Alberto B.; Aguiar, Rogério Wolf de
  • Experiências adversas na infância e tentativas de suicídio em adultos com obesidade mórbida Artigo Especial

    Silva, Susana; Maia, Angela Costa

    Abstract in Portuguese:

    Introdução: As tentativas de suicídio surgem frequentemente associadas a problemas alimentares, tanto anorexia quanto bulimia. Do mesmo modo, tem-se verificado uma elevada ocorrência de suicídio entre obesos. Investigações têm mostrado que a adversidade na infância pode ser um fator de risco para as tentativas de suicídio. Objetivos: Caracterizar e compreender a relação entre experiências de adversidade na infância e tentativas de suicídio em 100 obesos mórbidos candidatos a cirurgia bariátrica. Métodos: Um total de 100 pacientes foram selecionados de setembro de 2007 a outubro de 2007 e de janeiro de 2008 a janeiro de 2009, sendo que 20 pacientes eram do sexo masculino. A média de idade era de 38,89±9,87 anos, e a média do peso máximo era de 136,43±14 kg. O Questionário da História de Adversidade na Infância foi utilizado para avaliar experiências adversas. Resultados: 88% dos pacientes relataram a existência de pelo menos uma experiência de adversidade na infância, e 25% relataram já ter realizado pelo menos uma tentativa de suicídio. A adversidade na infância esteve associada a um risco aumentado para realizar tentativas de suicídio (odds ratio = 2,026). Conclusão: Esses dados devem ser levados em consideração na avaliação e no acompanhamento desses pacientes.

    Abstract in English:

    Introduction: Suicide attempts are often associated with eating disorders, both anorexia and bulimia. Likewise, a high incidence of suicide has been observed among obese patients. Previous studies have shown that adverse experiences in childhood may be a risk factor for suicide attempts. Objectives: To characterize and to understand the relationship between adverse experiences and suicide attempts in 100 morbidly obese patients referred for bariatric surgery. Methods: A total of 100 patients were selected from September 2007 to October 2007 and from January 2008 to January 2009. Of these, 20 patients were male. Mean age was 38.89±9.87 years, and mean maximum weight was 136.43±14 kg. The Portuguese version of the Family ACE (Adverse Childhood Experiences) Questionnaire was used to assess the occurrence of adverse events. Results: 88% of the patients reported the existence of at least one adverse experience in childhood, and 25% reported at least one previous suicide attempt. Adversity in childhood was associated with an increased risk for suicide attempts (odds ratio = 2.026). Conclusion: These data should be taken into account in the assessment and monitoring of these patients.
  • A sobrecarga de cuidadores de pacientes com esquizofrenia Artigos Originais

    Almeida, Marcelo Machado de; Schal, Virgínia Torres; Martins, Alberto Mesaque; Modena, Celina Maria

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A reforma psiquiátrica brasileira conduziu a novas práticas de assistência à saúde mental, associadas ao processo de desospitalização. Deixando os hospitais, os pacientes portadores de esquizofrenia passaram a ser tratados dentro da comunidade, e um novo sujeito passou a ganhar força nessa modalidade de tratamento: o cuidador. OBJETIVO: Avaliar os fatores de sobrecarga em cuidadores de pacientes esquizofrênicos. MÉTODO: Os fatores de sobrecarga foram avaliados utilizando metodologia qualitativa, apropriada para analisar o mundo dos significados, motivos, crenças, aspirações, valores e atitudes dos cuidadores. O estudo foi realizado num Centro de Atenção Psicossocial do interior de Minas Gerais. Foram entrevistados um total de 15 cuidadores, selecionados com base nos critérios de saturação e singularidade das falas. As entrevistas foram analisadas na perspectiva do método fenomenológico. RESULTADOS: Nos discursos dos cuidadores é possível identificar que as atividades da vida diária, as mudanças na rotina, a diminuição do lazer, os problemas de saúde, as preocupações, o medo de adoecer, a obrigatoriedade do cuidado, o custo do tratamento, aspectos financeiros e expectativas em relação ao futuro são importantes fatores de sobrecarga. Foram identificados quatro fatores de redução da sobrecarga: apoio social e família, presença de espaços para aliviar as tensões, afastamento físico do paciente e valorização do tratamento farmacológico. CONCLUSÃO: Fazem-se necessários programas de atendimento específicos para essa parcela da população, já que o discurso dos cuidadores apontou que o cuidado de pacientes com esquizofrenia pode impactar negativa e permanentemente as suas vidas.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The Brazilian psychiatric reform has led to new mental health care practices associated with the de-hospitalization process. Previously treated at hospitals, patients suffering from schizophrenia now receive treatment within the community, shedding light on a new type of care provider involved in this treatment modality, namely the caregiver. OBJECTIVE: To assess factors associated with burden in caregivers of schizophrenic patients. METHOD: Burden factors were assessed using a qualitative method appropriate to the analysis of meanings, motivations, beliefs, aspirations, values, and attitudes. The study was conducted at a Psychosocial Attention Center located in the countryside of the state of Minas Gerais, Brazil. A total of 15 caregivers were interviewed, selected based on the criteria of saturation and singularity of speeches. The phenomenological method was used to analyze the interviews. RESULTS: The speeches of caregivers revealed the following factors as significantly associated with burden: daily care activities, changes in the routine, decrease in leisure, health problems, preoccupations, fear of becoming sick, obligation of providing care, treatment costs, financial aspects, and expectations for the future. Four factors associated with the reduction of burden were identified: social and family support, availability of places/opportunities for caregivers to relieve tensions, physical distance from the patient, and appreciation of the pharmacological treatment. CONCLUSION: There is a need to implement programs designed specifically for caregivers, once their speeches have suggested that the care of schizophrenic patients may have a negative and permanent impact on the lives of these care providers.
  • Abuso e dependência de maconha: comparação entre sexos e preparação para mudanças comportamentais entre usuários que iniciam a busca por tratamento Artigos Originais

    Fernandes, Simone; Ferigolo, Maristela; Benchaya, Mariana Canellas; Pierozan, Pollianna Sangalli; Moreira, Taís de Campos; Santos, Vagner dos; Mazoni, Cláudia Galvão; Barros, Helena Maria Tannhauser

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Descrever o perfil sociodemográfico de usuários de maconha que iniciam tratamento e comparar os sexos dos indivíduos em relação aos estágios de prontidão para mudança e uso associado de outras drogas. MÉTODO: Estudo transversal descritivo, com amostra não probabilística de indivíduos que ligaram para um teleatendimento especializado em dependência química. RESULTADOS: A amostra se constituiu de 72% de indivíduos do sexo masculino na faixa etária de 12 a 25 anos. Um percentual de 85,5% fazia uso associado de outras drogas. O estágio motivacional predominante foi de ação (56%), sem diferenças entre sexos (p = 0,4). Os homens mais frequentemente procuraram auxílio para o tratamento do uso de maconha. CONCLUSÕES: Com base nesses dados, foi possível delinear o perfil dos usuários de maconha para auxiliar no direcionamento de informações e atendimento adequado.

    Abstract in English:

    OBJECTIVES: To describe the social and demographic profile of cannabis users seeking treatment and to compare differences between sex in relation to readiness to behavior change and in relation to associated use of marijuana and other drugs. METHOD: A cross-sectional, descriptive study including a nonprobability sample of individuals who called a chemical dependency hotline. RESULTS: The sample comprised 72% male individuals aged between 12 and 25 years. The sample was composed by 85.5% used other drugs in association with cannabis. The action stage was the most frequent stage of readiness to behavior change observed, in 56% of the callers, with no differences between sex (p = 0.4). Men more frequently sought treatment for the use of cannabis. CONCLUSIONS: Our findings allowed delineating a profile of cannabis users, so as to better guide the provision of adequate information and treatment services.
  • Versão brasileira da Impact of Event Scale (IES): tradução e adaptação transcultural Artigos Originais

    Silva, Adriana Cardoso de Oliveira e; Nardi, Antonio Egidio; Horowitz, Mardi

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A Impact of Event Scale (IES) tem como proposta avaliar o estresse subjetivo relacionado a eventos de vida, não estando focada em uma situação específica, mas nas características particulares que envolvem tais eventos. OBJETIVO: Descrever a tradução e adaptação semântica da IES para o português brasileiro. MÉTODO: O processo foi realizado por meio de duas traduções e retrotraduções, elaboradas por quatro avaliadores independentes e sem conhecimento prévio da escala original. A elaboração da versão sintética foi realizada por especialista em saúde mental bilíngue. Procedeu-se a posterior aplicação em grupo experimental para avaliação dos itens. A versão gerada foi enviada para aprovação do autor do instrumento original, obtendo-se resposta positiva. RESULTADOS: Todas as etapas do processo, incluindo traduções, retrotraduções e a versão sintética elaborada, são apresentadas para cada um dos 15 itens do instrumento original. O especialista em saúde mental colaborou para a adequação dos termos utilizados em relação ao construto medido. Através da aplicação experimental, foi possível identificar potenciais pontos de dificuldade para o entendimento de itens específicos e realizar ajustes posteriores. Foram obtidos 15 itens em português brasileiro para compor essa versão da escala. CONCLUSÕES: A partir da metodologia utilizada, foi possível elaborar a adaptação transcultural da IES para o português brasileiro.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The aim of the Impact of Event Scale (IES) is to evaluate subjective distress associated with life events. The instrument is not focused on a specific situation, but rather on the particular characteristics of such events. OBJECTIVE: To describe the translation and semantic adaptation of the IES into Brazilian Portuguese. METHODS: The process consisted of translations and back-translations performed by four independent examiners without prior knowledge of the original scale. The synthetic version was developed by a mental health specialist with proficiency in both languages. Subsequently, the adapted scale was applied in an experimental group for evaluation. The new/adapted version was revised and approved by the author of the original instrument. RESULTS: We describe all study phases, including translations, back-translations, and the development of the synthetic version, for each of the 15 items contained in the original instrument. The mental health specialist assisted in adapting the terms employed taking into consideration the construct under investigation in each case. The experimental application allowed to identify potential difficulties in the understanding of specific items and to subsequently adjust these items. Fifteen items were developed in Brazilian Portuguese for this version of the scale. CONCLUSIONS: The methodology employed in the present study allowed us to conduct the cross-cultural adaptation of the IES scale into Brazilian Portuguese.
  • Associação entre depressão materna e diferenças de gênero no comportamento de crianças: uma revisão sistemática Artigo de Revisão

    Loosli, Lívia; Loureiro, Sonia Regina

    Abstract in Portuguese:

    A depressão materna tem sido considerada uma condição de adversidade ao desenvolvimento infantil, sendo associada a problemas comportamentais, com manifestações diversas para meninos e meninas. O objetivo deste estudo foi identificar e analisar, na literatura indexada, artigos que abordem a associação entre depressão materna e diferenças de gênero relativas ao comportamento de crianças. Procedeu-se a uma busca nas bases de dados MEDLINE, PubMed, PsycINFO, Web of Science, LILACS, SciELO e Index Psi, por meio das palavras-chave maternal depression and gender e maternal depression and child sex, considerando-se a produção dos últimos 5 anos (2004 a 2009). Foram identificados e analisados sistematicamente 21 artigos empíricos. Observou-se a predominância de delineamentos longitudinais prospectivos, com amostras de comunidade, sem confirmação diagnóstica para a depressão materna, analisada conjuntamente com outras variáveis contextuais. As coletas de dados foram realizadas com instrumentos e informantes diversos. Os estudos longitudinais e transversais confirmaram o impacto negativo da depressão materna sobre as variáveis das crianças, apontando a presença de diferenças entre os gêneros, caracterizadas da seguinte forma: na idade escolar, problemas externalizantes e de conduta para os meninos e internalizantes e depressivos para as meninas; no período pré-escolar, predomínio de problemas externalizantes para os meninos; na adolescência, problemas internalizantes para as meninas. Tais achados sugerem a necessidade da utilização de estratégias de intervenção diferenciadas para meninos e meninas expostos à depressão materna, focalizando as tarefas típicas de desenvolvimento, com especial atenção para ambos os gêneros na idade escolar e para as moças na adolescência.

    Abstract in English:

    Maternal depression has been identified as an adverse condition for child development, and has been associated with behavioral problems, with different manifestations for boys and girls. The objective of the present study was to identify and analyze articles published in indexed journals that address the association between maternal depression and gender differences in relation to child behavior. The review was conducted on the electronic databases MEDLINE, PubMed, PsycINFO, Web of Science, LILACS, SciELO, and Index Psi, using the keywords maternal depression and gender and maternal depression and child sex, and was restricted to articles published in the last 5 years (2004 to 2009). Twenty one empirical articles were identified and systematically analyzed. There was a predominance of prospective longitudinal studies, employing non-clinical samples, without a confirmed diagnosis of maternal depression, which was analyzed in combination with others context variables. Data collection procedures were performed using a variety of measures and informants. Longitudinal and cross-sectional studies confirmed the negative impact of maternal depression on child variables, pointing to the presence of differences between genders, as follows: during school-age years, externalizing and conduct problems for boys and internalizing and depressive problems for girls; during preschool age, predominance of externalizing problems for boys; during adolescence, internalizing problems for girls. These results suggest the need for different intervention strategies aimed at boys and girls who have been exposed to maternal depression, focusing on developmental tasks and with special attention to both genders during school age and to girls during adolescence.
  • Translation and adaptation into Brazilian Portuguese of the Family Accommodation Scale for Obsessive-Compulsive Disorder - interviewer-Rated (FAS-IR) Brief Communication

    Gomes, Juliana Braga; Calvocoressi, Lisa; Van Noppen, Barbara; Pato, Michele; Meyer, Elisabeth; Braga, Daniela Tusi; Kristensen, Christian Haag; Cordioli, Aristides Volpato

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Descrever o processo de tradução e adaptação para o português do Brasil da Family Accommodation Scale for Obsessive-Compulsive Disorder - Interviewer-Rated (FAS-IR). MÉTODO: O processo de tradução e adaptação da escala envolveu quatro profissionais de saúde bilíngues. A escala foi inicialmente traduzida de forma independente para o português do Brasil por dois profissionais. A seguir, as duas versões foram comparadas, resultando em uma versão inicial em português que foi aplicada a 15 familiares de pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), com diferentes níveis de instrução, deliberadamente escolhidos para coletar as sugestões de ajuste linguístico. Subsequentemente, a escala foi retrotraduzida independentemente por outros dois profissionais da saúde. Depois de comparar as duas retrotraduções, uma nova versão da escala foi gerada em inglês. Essa versão foi revisada e aprovada pelos autores da escala original. RESULTADOS: A versão em português do Brasil da escala FAS-IR mostrou ser facilmente compreendida e pode ser usada em familiares de pacientes com TOC de diferentes níveis socioeconômicos. CONCLUSÃO: A FAS-IR adaptada ao português do Brasil fará com que profissionais de saúde possam avaliar o nível de acomodação em familiares de pacientes com TOC e permitirá a realização de futuros estudos com os objetivos de 1) estudar a influência da acomodação familiar na manutenção e, possivelmente, na facilitação dos sintomas do TOC e 2) examinar o efeito da acomodação familiar sobre os resultados do tratamento em populações de países de língua portuguesa.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To describe the process of translation and adaptation into Brazilian Portuguese of the Family Accommodation Scale for Obsessive-Compulsive Disorder - Interviewer-Rated (FAS-IR). METHOD: The process of translation and adaptation of the scale involved four bilingual health professionals. The scale was initially translated into Brazilian Portuguese independently by two professionals. Then, the two versions were compared, resulting in a preliminary Portuguese version that was administered to 15 relatives of patients diagnosed with obsessive-compulsive disorder (OCD) with different education levels, deliberately chosen to collect language adjustment suggestions. Subsequently, the scale was translated back into English independently by two other professionals. After comparing the two back translations, a new English version was generated. This version was reviewed and approved by the authors of the original scale. RESULTS: The Brazilian Portuguese version of the FAS-IR proved to be easily understood and can be used in relatives of OCD patients from different socioeconomic backgrounds. CONCLUSION: Adaptation of the FAS-IR into Brazilian Portuguese will enable health professionals to assess the level of accommodation in relatives of OCD patients and allows the development of future studies aimed at 1) studying the influence of family accommodation on maintaining and possibly facilitating OCD symptoms, and 2) assessing the effect of family accommodation on treatment outcomes in Portuguese-speaking populations.
  • Luto pela morte de um filho: utilização de um protocolo de terapia cognitivo-comportamental Relato de Caso

    Silva, Adriana Cardoso de Oliveira e; Nardi, Antonio Egidio

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Apresentar um caso de tratamento de luto, decorrente da perda de um filho, com protocolo cognitivista comportamental. DESCRIÇÃO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 28 anos, casada, que perdeu seu filho mais velho em um acidente 6 semanas antes do primeiro atendimento. A terapia, composta por 12 sessões, envolveu o trabalho das alterações emocionais e cognitivas, a aprendizagem de novas habilidades, o desenvolvimento de estratégias para lidar com as principais queixas somáticas e o treinamento para manejo dos problemas comportamentais. Os resultados foram avaliados utilizando-se os seguintes instrumentos: Beck Depression Inventory (BDI), Beck Anxiety Inventory (BAI), Beck Hopelessness Scale (BHS), os testes de atenção concentrada (AC) e sustentada (AS) e o Questionário de Saúde Geral de Goldberg (QSG). COMENTÁRIOS: paciente apresentou redução do quadro de depressão, ansiedade e desesperança. Todos os fatores do QSG apresentaram decréscimo, e houve aumento nas medidas de atenção concentrada e sustentada. O tratamento se mostrou efetivo em relação aos fatores apresentados.

    Abstract in English:

    OBJECTIVE: To describe the case of a patient treated for grief and bereavement for a child using a cognitive-behavioral treatment protocol. CASE DESCRIPTION: Female patient, 28 years old, married, who had lost her older son in an accident 6 weeks prior to the first treatment session. The protocol comprised 12 sessions and involved treatment of cognitive and emotional symptoms, the learning of new abilities, development of strategies to deal with the main somatic complaints and training aimed at the handling of behavioral problems. Results were evaluated using the following instruments: Beck Depression Inventory (BDI), Beck Anxiety Inventory (BAI), Beck Hopelessness Scale (BHS), concentrated and sustained attention tests, and Goldberg's General Health Questionnaire (GGHQ). COMMENTS: The patient presented an improvement of depression, anxiety and hopelessness symptoms. All the factors assessed by the GGHQ decreased, whereas concentrated and sustained attention presented an increase in measurements. The treatment protocol adopted proved to be effective based on the factors assessed.
  • The Checklist Manifesto: how to get things right, de Atul Gawande Resenha

    Magalhães, Pedro Vieira da Silva
Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul Av. Ipiranga, 5311/202, 90610-001 Porto Alegre RS Brasil, Tel./Fax: +55 51 3024-4846 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: revista@aprs.org.br