Accessibility / Report Error

O som da Marcha: evangélicos e espaço público na Marcha para Jesus1 1 Uma primeira versão desse artigo foi apresentada no evento "Religião, Mídia e Mediações" realizado na Universidade Rural do Rio de Janeiro no ano de 2013 e algumas reflexões sobre o som que aqui aparecem são também fruto do diálogo proporcionado pelo GT "Sons, práticas e sentidos", na 2ª Reunião Brasileira de Antropologia. Agradeço os comentários dos presentes, que ajudaram a repensar o material, bem como aos pareceristas anônimos pelas leituras e indicações cuidadosas.

The Sounds of a spiritual battle: “evangélicos” and public space in the Brazilian March for Jesus

Neste artigo, trato da relação entre evangélicos e espaço público do ponto de vista das práticas sonoras que operam na chamada "Marcha para Jesus". A "Marcha para Jesus" ocorre anualmente em centenas de cidades e consiste em uma caminhada por locais vistos como importantes para a cidade, acompanhada por músicas evangélicas entoadas em alto som. Nesses eventos, em que se conectam esferas comumente imaginadas como distintas, como religião, indústria cultural (mercado) e política, o som estabelece e dilui fronteiras. Uma coletividade evangélica é performada e se engaja em batalhas sonoras e espirituais pela cidade.

evangélicos; batalha espiritual; paisagens sonoras


Instituto de Estudos da Religião ISER - Av. Presidente Vargas, 502 / 16º andar – Centro., CEP 20071-000 Rio de Janeiro / RJ, Tel: (21) 2558-3764 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: religiaoesociedade@iser.org.br