Seguimento ambulatorial de um grupo de prematuros e a prevalência do aleitamento na alta hospitalar e ao sexto mês de vida: contribuições da fonoaudiologia

Outpatient follow-up of a group of premature infants and the prevalence of breastfeeding at discharge and at six months: speech-language pathology contributions

OBJETIVO: Verificar a prevalência do aleitamento materno em prematuros com peso acima de 1500 g, na alta hospitalar e até o 6º mês de vida. MÉTODOS: Trata-se de um estudo descritivo observacional, retrospectivo, de caráter quantitativo, baseado na análise de prontuários de bebês nascidos entre janeiro de 2006 e dezembro de 2007, que foram assistidos pelo serviço de Fonoaudiologia na unidade pediátrica e ambulatório de Fonoaudiologia de um Hospital de Base. Foram incluídos recém-nascidos pré-termo de baixo peso, com ausência de doenças congênitas cardíacas, pulmonares ou síndromes genéticas e índice de APGAR maior que três no 1º minuto e cinco no 5º minuto. RESULTADOS: Dos 156 prontuários estudados, constatou-se que a prevalência de aleitamento materno exclusivo na alta hospitalar foi de 58,3%. Aos seis meses de vida do bebê foi observado uma prevalência de 22,2% em aleitamento materno exclusivo. CONCLUSÃO: A prevalência do aleitamento materno exclusivo mostrou-se bastante aquém do valor recomendado pela Organização Mundial de Saúde, que é de aleitamento materno exclusivo até o sexto mês de vida.

Recém-nascido; Peso ao nascer; Prematuro; Aleitamento materno; Desmame


Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Al. Jaú, 684 - 7º andar, 01420-001 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (55 11) 3873-4211 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista@sbfa.org.br