Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, Volume: 13, Issue: 3, Published: 2008
  • Editorial

    Fernandes, Fernanda Dreux M.
  • Editorial - o que é o prêmio mérito fonoaudiológico: depoimentos

    Chiari, Brasília Maria; Ferreira, Léslie Piccolotto; Behlau, Mara; Russo, Iêda Chaves Pacheco
  • Phoneme Discrimination Picture Test: a proposal Artigos Originais

    Santos-Carvalho, Beatriz dos; Mota, Helena Bolli; Keske-Soares, Márcia

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Propor um teste que avaliasse a discriminação fonêmica por meio de pares mínimos, abrangendo todos os fonemas do Português Brasileiro e utilizando-os em palavras que possam ser facilmente representadas por figuras. Buscou-se que este teste contribua para o diagnóstico de alterações fonoaudiológicas e para a pesquisa científica. Procurou-se fazer um teste que fosse de fácil aplicação, podendo ser utilizado em qualquer local de trabalho dos fonoaudiólogos. MÉTODOS: Selecionou-se pares mínimos que opusessem fonemas em relação ao valor binário de cada traço distintivo e às combinações possíveis entre os traços de lugar ([labial], [coronal], [dorsal]) bem como pelas oposições de estruturas silábicas. Criou-se figuras que representam as palavras dos pares. RESULTADOS: Elaborou-se o Teste de Figuras para Discriminação Fonêmica, que avalia a habilidade de discriminação fonêmica em crianças de quatro a oito anos. Este teste contém 40 apresentações, das quais 30 são pares mínimos e dez pares de palavras iguais. Nestas 30 apresentações, opôs-se os traços distintivos [+/- soante], [+/- aproximante], [+/- contínuo], [+/- voz], [coronal+/-ant], [labial] x [coronal], [dorsal] x [coronal] e [labial] x [dorsal]. Igualmente foram opostas as seguintes estruturas silábicas: V x CV, CV x CCV, CV x CVC. CONCLUSÃO: Conclui-se que os objetivos deste trabalho foram alcançados com êxito, pois o Teste de Figura para Discriminação Fonêmica contempla tudo a que se propôs. Acredita-se que o teste deva ser aplicado em um estudo piloto para averiguar se as palavras e as figuras estão adequadas para a faixa etária. Posteriormente, deve ser aplicado em diversas regiões do país para ser devidamente padronizado.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To propose a test to evaluate phonemic discrimination using minimum pairs, comprising all Brazilian Portuguese phonemes and using them in words which can be easily represented by pictures. The purpose of this test was to contribute to the diagnosis of phonologic alterations and to scientific research on this field. The proposed test was easy to apply and to be used in any workplace. METHODS: It was selected minimum pairs that opposed phonemes in relation to the binary value of each distinctive trait and to the possible combinations among the position traits ([labial], [coronal], [dorsal]) as well as by the oppositions of syllabic structure. Pictures representing the words of the pairs were created. RESULTS: The Phonemic Discrimination Picture Test (PDPT) was set up to evaluate the ability of auditory phonemic discrimination in children ranging from four to eight years old. The test consists of 40 presentations: 30 minimum pairs and 10 pairs of equal words. In the 30 minimum pairs presentations, the distinctive traits [+/- sonant], [+/- closing], [+/-continuous], [+/- voice], [coronal+/-ant], [labial x coronal], [dorsal] x [coronal] and [labial] x [dorsal] were opposed. The following syllabic structures were equally opposed: V x CV, CV x CCV, CV x CVC. CONCLUSION: The aims of the present study were successfully reached, given that PDPT accomplishes what it was proposed to do. Further, the test should be used in a pilot study in order to examine whether its words and pictures are adequate to the age range it is supposed to evaluate. Afterwards, it must be applied in children from several regions of the country to be properly standardized.
  • Aging, voice and physical activity of teachers and non-teachers Artigos Originais

    Gampel, Deborah; Karsch, Ursula Margarida; Ferreira, Léslie Piccolotto

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Comparar a voz de sujeitos idosos professores e não professores e relacionar com idade cronológica e tempo de prática de atividade física. MÉTODOS: Foi realizada a análise perceptivo-auditiva dos parâmetros vocais e o cruzamento estatístico com idade cronológica e tempo de prática de atividade física de 47 sujeitos, homens e mulheres, com idades acima de 65 anos, sendo 23 professores (GP) e 24 não professores (GNP). RESULTADOS: Para o GP foi encontrado resultado significante entre idade cronológica e variação de loudness (correlação negativa e p=0,042), e para o GNP entre idade cronológica e velocidade (correlação negativa e p=0,038) e entre o tempo de prática de atividade física e os desvios de qualidade vocal (correlação negativa e p=0,031). CONCLUSÕES: Não foi encontrada diferença estatisticamente significante entre os parâmetros vocais dos respectivos grupos. Para o GP, verificou-se que quanto maior a idade cronológica, menor a variação de loudness, e para o GNP, quanto maior a idade cronológica, menor a velocidade de fala. O maior tempo de prática de atividade física relacionou-se a uma qualidade vocal com menos desvios, apenas para GNP.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To compare the voices of elderly subjects, teachers and non-teachers, and to verify the relationship between their voices and the variables chronological age and period of time practicing physical activity. METHODS: It was carried out the perceptive-auditory analysis of the vocal parameters of 47 subjects, male and female, who were older than 65 years. Twenty three subjects were teachers (GT) and 24 were non-teachers (GNT). The results of this analysis were tested for statistical correlation with the variables chronological age and amount of physical activity practice (in time). RESULTS: In the GT, there was a significant negative correlation between chronological age and loudness variation (p=0,042). In the GNT it was found significant negative correlations between chronological age and speech rate (p=0,038) and between period of physical activity practice and voice quality deviations (p=0,031). CONCLUSIONS: There were no statistical differences among the vocal parameters of both groups. For the GP, it was observed that the higher the chronological age, the lesser the loudness variation. For the GNP, the higher the chronological age, the lesser the speech rate. A longer period of physical activity practice was correlated to a voice with lesser quality deviations, only for the GNP.
  • Vestibular rehabilitation in the treatment of dizziness and tinnitus Artigos Originais

    Zeigelboim, Bianca Simone; Rosa, Marine Raquel Diniz da; Klagenberg, Karlin Fabianne; Jurkiewicz, Ari Leon

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Verificar a efetividade dos exercícios de reabilitação vestibular na melhora do zumbido e da tontura por meio de avaliação pré e pós-aplicação do questionário Dizziness Handicap Inventory (DHI) e Tinnitus Handicap Inventory (THI), ambos adaptados à população brasileira. MÉTODOS: Avaliaram-se seis pacientes (dois do sexo masculino e quatro do sexo feminino), na faixa etária de 43 a 70 anos. Os pacientes foram submetidos aos seguintes procedimentos: anamnese, inspeção otológica, avaliação vestibular por meio da vectoeletronistagmografia e aplicação dos questionários pré e pós-reabilitação vestibular, utilizando-se o protocolo de Cawthorne e Cooksey. RESULTADOS: a) com relação às queixas mais referidas, observou-se desequilíbrio à marcha (83,3%), dor de cabeça (66,6%) e depressão (66,6%); b) no exame vestibular todos os pacientes apresentaram alteração na prova calórica, sendo a maior freqüência das síndromes vestibulares periféricas irritativas (83,3%); c) constataram-se no exame vestibular dois casos de síndrome vestibular periférica irritativa, dois casos de síndrome vestibular periférica irritativa unilateral; um caso de síndrome vestibular periférica irritativa bilateral e um caso de síndrome vestibular periférica deficitária unilateral; d) na aplicação do DHI, observou-se melhora nos aspectos: funcional e emocional, mantendo-se inalterado o aspecto físico; e) na aplicação do THI, observou-se melhora em todos os aspectos avaliados. CONCLUSÃO: O protocolo utilizado de reabilitação vestibular promoveu diminuição do zumbido e da tontura, melhorando a qualidade de vida dos pacientes.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To verify the effectiveness of vestibular rehabilitation exercises in the improvement of tinnitus and dizziness through an evaluation carried out before and after the administration of the Dizziness Handicap Inventory (DHI) and the Tinnitus Handicap Inventory (DHI) questionnaires, both adapted to the Brazilian population. METHODS: Six patients (two male and four female), with ages ranging from 43 to 70 years, were evaluated. The patients were submitted to the following procedures: anamnesis, otoscopy, vestibular evaluation through vectoelectronystagmography, and administration of the questionnaires, before and after vestibular rehabilitation, using the Cawthorne and Cooksey protocol. RESULTS: a) regarding the most related complaints, imbalance when walking (83,3%), headache (66,6%) and depression (66,6%), were observed; b) in the vestibular exam all the patients showed alterations in the caloric test, and the most frequent syndrome was the irritative peripheral vestibular (83,3%); c) two cases of irritative peripheral vestibular syndrome, two cases of irritative peripheral unilateral vestibular syndrome, one case of irritative peripheral bilateral vestibular syndrome and one case of peripheral deficient unilateral vestibular syndrome were verified in the vestibular exam; d) in the administration of the DHI, an improvement in the functional and emotional aspects were observed, with the physical aspect remaining unchanged; e) in the administration of the THI, an improvement was observed in all the aspects evaluated. CONCLUSION: The protocol of vestibular rehabilitation used in the study, promoted a decrease in tinnitus and dizziness, hence improving the quality of life of the patients.
  • Adhesion to speech therapy according to the view of orthodontists and pediatric dentists Artigos Originais

    Varandas, Cibele Pires de Moraes; Campos, Leniana Guerra; Motta, Andréa Rodrigues

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Verificar a percepção de ortodontistas e odontopediatras de Belo Horizonte e Itabira sobre a adesão à fonoterapia. MÉTODOS: Estudo transversal realizado, por meio de aplicação de questionário, com 30 ortodontistas e 30 odontopediatras, metade de cada cidade. Na análise estatística empregou-se o Teste Qui-quadrado. RESULTADOS: Todos dos profissionais consideram importante a atuação fonoaudiológica e encaminham com freqüência seus pacientes para tratamento, sendo que 58,3% relataram que os pacientes necessitam de fonoterapia algumas vezes; 46,7%, que os pacientes procuram o fonoaudiólogo também algumas vezes e 70,0%, informaram que possuem um fonoaudiólogo de confiança. Verificou-se que 85,0% informaram não haver fonoaudiólogos em seu local de trabalho e 85,0% acreditam que trabalhar no mesmo espaço aumentaria a adesão ao tratamento. Para 75,0%, o encaminhamento é realizado após a avaliação e 83,3% informaram que o paciente não procura atendimento alegando falta de tempo; entretanto, 86,7% afirmaram que pacientes com condições financeiras favoráveis costumam aderir à fonoterapia. Os encaminhamentos são realizados geralmente pelo mesmo motivo, exceto nos casos de más oclusões, não tendo sido observadas diferenças entre os profissionais ou entre as cidades em que estes atendem nas demais questões. CONCLUSÃO: A amostra, equilibradamente, trabalha com um fonoaudiólogo de confiança e julga importante para adesão ao tratamento atuar no mesmo espaço físico. As indicações são realizadas logo após a avaliação odontológica, sendo a falta de tempo o maior motivo apresentado para não buscarem o tratamento, apesar de pacientes com condições financeiras favoráveis aderirem facilmente à fonoterapia. Os encaminhamentos são realizados geralmente pelas mesmas razões.

    Abstract in English:

    ABSTRACT PURPOSE: To verify the perception of orthodontists and pediatric dentists from Belo Horizonte and Itabira concerning adhesion to speech therapy. METHODS: A transversal study was carried out by using a questionnaire with 30 orthodontists and 30 pediatric dentists, half from each city. Statistical analysis used the Chi-square test. RESULTS: The entire group of professional considered speech therapy important and reported to frequently refer their patients to this practice. From the sample, 58.3% of the professionals reported that their patients sometimes need speech therapy; 46.7% informed that sometimes patients also look for a speech therapist, and 70.0% have a trustworthy speech therapist to whom they usually refer patients to. It was verified that 85% of the sample informed that they do not work with speech therapists in the same work environment, and 85% believe that sharing the same space would increase the adhesion to therapy. To 75%, the patients' referral is usually carried out after the evaluation, and 83.3% informed that patients do not look for treatment due to lack of time, although 86.7% affirmed that patients with good financial condition usually do adhere to speech therapy. The referrals are usually made for the same reason, except in cases regarding malocclusions. In the other questions, no differences were found between pediatric dentists and orthodontists or between cities. CONCLUSION: The professionals interviewed deal with a trustworthy speech therapist and judge that sharing the same work environment is important to increase patients' adhesion to treatment. The patients' referrals are usually made right after the odontological evaluation, and lack of time is the main reason why they do not look for a speech therapist, although patients with good financial situation easily adhere to treatment. Referrals are usually made because of the same reasons.
  • A comparison study of the orthographics mistakes of students with inferior and students with average writing performance Artigos Originais

    Zuanetti, Patrícia Aparecida; Corrêa-Schnek, Andréa Pires; Manfredi, Alessandra Kerli da Silva

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi comparar se crianças com baixo desempenho em escrita cometem mais erros ortográficos que crianças da mesma série com desempenho satisfatório nesta tarefa, e quais os tipos de erros ortográficos mais freqüentes. MÉTODOS: Participaram deste estudo 24 crianças da 2ª série do ensino fundamental de uma escola pública, avaliadas individualmente. O teste aplicado foi o subteste de escrita do Teste de Desempenho Escolar, composto por 34 palavras que são ditadas aos alunos. RESULTADOS: Os alunos com desempenho inferior em escrita cometeram significativamente mais erros ortográficos que o grupo com desempenho satisfatório. Os erros que tiveram diferença estatisticamente significativa entre os dois grupos foram erros do tipo hipercorreção, dificuldade com marcadores de nasalização, relação fonografêmica irregular, omissões de sílabas e erros por troca de letras. Também houve correlação fortemente negativa entre erros ortográficos e desempenho em escrita. CONCLUSÕES: Quanto melhor o desempenho em escrita, menos erros ortográficos possui a elaboração gráfica do aluno. Os erros mais freqüentes no grupo com desempenho baixo, que os difere do outro grupo, dizem respeito aos erros de relação fonografêmica irregular, omissões de sílabas, dificuldade no uso de marcadores de nasalização, hipercorreção e erros por troca de letras. Com o avanço da capacidade de aprendizagem da criança, o desempenho ortográfico tende a melhorar.

    Abstract in English:

    PURPOSE: The aim of this study was to verify whether children with poor writing performances make more orthographic mistakes than children of the same school grade with average performances, and what are the most frequent types of orthographic mistakes. METHODS: Twenty-four second grade children from a public school were individually analyzed in this study. The test used was the writing subtest of the School Performance Test, which is composed by 34 words that are dictated to the students. RESULTS: Students with lower performances had significantly more orthographic mistakes than the group of children with average writing performances. The mistakes that were statistically different between children of the two groups were: hypercorrection mistakes, difficulties with nasal markers, irregular phonographemic relation, syllable omission, and letter changes. There was also a strongly negative correlation between orthographic mistakes and writing performance. CONCLUSION: The results showed that the better the writing performance, the lesser the orthographic mistakes made by the subjects. The most frequent mistakes made by children with poor writing skills were: irregular phonographemic relation, syllable omission, difficulties with nasal markers, hypercorrection errors and letter changes. These types of mistakes were different from the average student; however, the orthographic performance tends to improve with the improvement of the children's learning capacity.
  • School performance of children with Specific Language Impairment: relations with metaphonological skills and short-term memory Artigos Originais

    Nicolielo, Ana Paola; Fernandes, Graciela Barbosa; Garcia, Vera Lúcia; Hage, Simone Rocha de Vascocellos

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Descrever o desempenho de crianças com Distúrbio Específico de Linguagem (DEL) em provas de leitura, escrita, aritmética, consciência fonológica e memória seqüencial auditiva, assim como, verificar se há associação positiva entre as provas que avaliam a aprendizagem escolar e as que avaliam o processamento da informação. MÉTODOS: Vinte sujeitos com diagnóstico de DEL, com idades entre 7 e 12 anos, foram submetidos ao Teste de Desempenho Escolar (TDE) e a duas provas, que avaliam o processamento da informação (Perfil de Habilidades Fonológicas e Subteste de Memória Seqüencial Auditiva do Teste de Illinois de Habilidades Psicolingüísticas - ITPA). RESULTADOS: A maioria apresentou alteração em todas as provas realizadas. As associações entre o desempenho do grupo nas diferentes provas demonstram que a habilidade metafonológica apresentou associação estatisticamente significante com as habilidades de leitura (p=0,02) e escrita (p=0,02). Por sua vez, a habilidade de memória seqüencial auditiva apresentou associação estatisticamente significante apenas com a habilidade de aritmética (p=0,0003). CONCLUSÃO: O desempenho escolar, assim como as habilidades de consciência fonológica e memória de curto prazo mostraram-se defasados na maioria dos sujeitos avaliados, havendo associação positiva entre: a prova de memória de curto prazo e a prova de aritmética; a prova de consciência fonológica e as provas de leitura e escrita. Neste contexto, reforça-se aqui a utilização de programas de intervenção baseados em Modelos Psicolingüísticos, que sugerem o uso de estratégias individuais para o desenvolvimento das habilidades metafonológicas.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To describe the performance of children with Specific Language Impairment (SLI) in tests of reading, writing, arithmetic, phonological awareness and auditory sequential memory abilities, as well as to verify whether there is a positive association between the tests that evaluate school learning and those that evaluate information processing. METHODS: Twenty children with SLI diagnosis and ages between 7 and 12 years, were submitted to the School Performance Test (Teste de Desempenho Escolar - TDE) and two tests that evaluate information processing (Phonological Abilities Profile and the subtest of Auditory Sequential Memory of the Illinois Test of Psycholinguistic Abilities- ITPA). RESULTS: The majority of the subjects presented deficits in all the tests. The analysis of the associations among the group's performance in the different tests showed that metalinguistic skills were significantly associated with the reading (p=0.02) and writing (p=0.02) abilities. In turn, the auditory sequential memory ability presented statistically significant association only with arithmetic ability (p=0.0003). CONCLUSION: The majority of the evaluated children showed deficits in their school performance, as well as in the abilities of phonological awareness and short term memory. It was found positive associations between the short term memory and the arithmetic tests, and between the phonological awareness and the reading and writing tests. In this context, it is emphasized the use of intervention programs based on Psycholinguistic Models, that suggest the use of individual strategies for the development of metalinguistic skills.
  • Deaf children's pragmatic profile in different linguistic phases Artigos Originais

    Lichtig, Ida; Couto, Maria Inês Vieira; Leme, Vanessa Nogueira

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi verificar a interferência da fase lingüística no perfil comunicativo de crianças surdas. MÉTODOS: Trinta crianças surdas participaram deste estudo, sendo 15 crianças em fase pré-lingüística e 15 em fase lingüística (independente da modalidade comunicativa - língua oral ou língua de sinais), na faixa etária de 41 a 59 meses. Foram analisadas 30 gravações das habilidades comunicativas da criança, em situação de interação com a examinadora. Foi utilizado o Protocolo do Perfil Pragmático das Habilidades Iniciais da Comunicação para identificar quais as habilidades comunicativas ocorridas e qual a sua freqüência de ocorrência. RESULTADOS: Os dois grupos apresentaram basicamente as mesmas habilidades comunicativas; entretanto, o grupo Lingüístico apresentou maior freqüência de ocorrência, principalmente nas habilidades relativas a intenções comunicativas e respostas para comunicação. CONCLUSÕES: Há relação direta entre a complexidade lingüística (independente da modalidade) e o perfil comunicativo da criança surda, ou seja, a criança em fase lingüística apresenta maior freqüência de ocorrência no uso das habilidades comunicativas mais complexas e elaboradas.

    Abstract in English:

    PURPOSE: The aim of this study was to ascertain and to assess the interference of deaf children's linguistic level in their communicative abilities. METHODS:Thirty deaf children participated in this study, 15 in the pre-linguistic phase and 15 in the linguistic phase, independent of the communicative modality used - either oral or sign language. Their age ranged from 41 to 59 months. Thirty videotape recordings of the deaf children's communicative abilities assessment during their interaction with the examiner were analyzed. The Communicative Abilities Pragmatic Profile was used in order to identify the communicative abilities and their frequency of occurrence. RESULTS: Both groups basically presented the same communicative abilities; however, the linguistic group presented higher frequency of occurrence, especially in the abilities regarding communicative intentions and responses for communication. CONCLUSIONS:There is a direct relationship between linguistic complexity (independent of any kind of modality) and the deaf child's communicative profile, that is, the linguistic level child presents higher frequency of occurrence of more complex and elaborated communicative abilities.
  • Speech-language and hearing pathologist and community health agent: an educative experience Artigos Originais

    Brites, Liara Saldanha; Souza, Ana Paula Ramos de; Lessa, Alexandre Hundertmarck

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: Analisar a eficácia de um processo de formação sobre a Fonoaudiologia, desenvolvido com Agentes Comunitários de Saúde, embasado na concepção teórica da educação radical em saúde. MÉTODOS: Inicialmente, uma equipe, composta por cinco agentes comunitários de uma Unidade de Programa de Saúde da Família, foi submetida a uma entrevista coletiva semi-estruturada. Posteriormente, por meio da técnica de grupo focal, foi realizado um processo de educação radical em saúde, perfazendo um total de oito encontros de aproximadamente uma hora e meia cada. Na fase final, o grupo recebeu um exemplar de material informativo escrito sobre Fonoaudiologia, comunicação humana, seus distúrbios e formas de intervenção. RESULTADOS: Durante a entrevista inicial, o grupo demonstrou uma visão predominantemente relacionada a práticas clínicas, de modo especial, em distúrbios da fala e escrita/aprendizagem, surdez e acamados. O processo educativo teve início com a representação do modelo tradicional de educação em saúde e, ao longo dos encontros, com a ampliação do diálogo, assumiu a proposta de modelo radical em saúde, apesar da centralização no modelo de prevenção em saúde. Apenas um agente leu o material escrito. CONCLUSÃO: O processo educativo apresentou-se eficiente para tratar os temas propostos pelo grupo e permitiu o empoderamento no nível individual.

    Abstract in English:

    PURPOSE: To analyze the efficacy of a formation process regarding Speech-Language and Hearing Sciences developed with Community Health Agents, based on the theoretical concept of radical education in health. METHODS: Initially, a group of five community agents from a Family Health Program Unit was submitted to a semi-structured collective interview. Then, through the focal group technique, a process of radical education in health was carried out, totalizing eight sessions of approximately 90 minutes each. In the final phase, the group received an informative written material regarding Speech-Language and Hearing Sciences, human communication, its disorders and ways of prevention. RESULTS: During the initial interview, the group showed knowledge predominantly related to clinical practice, especially on speech, writing and learning disorders, deafness and bedridden patients. The educative process began with the representation of the traditional model of health education and, throughout the sessions, with the dialogue development, it assumed the radical model in health, besides the centralization in the model of health prevention. Only one health agent read the written material. CONCLUSION: The educational process was effective to treat the subjects proposed by the group and allowed the individual empowerment.
  • Monozygotic twins: hidden aspects of family speech Artigos Originais

    Barbetta, Naraí Lopez; Panhoca, Ivone; Zanolli, Maria de Lurdes

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: Nas famílias de gêmeos monozigóticos, algumas práticas podem acompanhar o processo de gestação, nascimento e desenvolvimento dessas crianças. Inclui-se a escolha de roupas iguais ou com diferença apenas na cor, nomes com semelhanças fonéticas, rotinas parecidas quanto à alimentação e sono. O objetivo, aqui, foi acompanhar longitudinalmente uma família, analisando os pressupostos e práticas sociais manifestados discursivamente, a respeito da gemelaridade, a partir do diagnóstico da gestação gemelar de crianças monozigóticas, considerando-se, em especial, o desenvolvimento da linguagem e o processo de constituição da identidade de tais crianças. MÉTODOS: O trabalho pauta-se na abordagem naturalista/observacional, perspectiva histórico-cultural e no paradigma de natureza indiciária. Considerou-se os dados de oito entrevistas, vídeo-gravadas a cada três meses, a partir do diagnóstico da gestação gemelar monozigótica com uma família. Os dados foram analisados, considerando-se: a descoberta, escolha de nomes, vestuário, interação, rotina, linguagem e identidade. RESULTADOS: As categorias analisadas apareceram nos discursos coletados e revelaram a dificuldade familiar em assimilar a presença de gêmeos, que acabam sendo " dois vistos como um" . CONCLUSÕES: Os aspectos sociais envolvidos frente à semelhança são marcantes o suficiente para vencer a possibilidade de alteração no processo de desenvolvimento da linguagem e identidade dessas crianças. A Fonoaudiologia precisa incorporar à prática clínica, o acolhimento dessas famílias, com suas crenças e valores, para que as intervenções fonoaudiológicas, junto a essa população, sejam efetivas.

    Abstract in English:

    PURPOSE: Families with monozygotic twin children have some typical practices which begin in early pregnancy and persist during the childhood, including wearing the same clothes and colors, choosing phonetically similar names and offering the same food and sleeping patterns. The purpose of this study was to follow-up, prospectively, one family with identical twins, analyzing the influence of assumptions and social practices expressed in their discourse on the language development and the construction process of each child's identity, from the diagnosis of monozygotic twin pregnancy. METHODS: The study is based on the naturalist/observational approach, the historic-cultural perspective and the indiciary paradigm. Eight interviews were video recorded every three months since the diagnosis of identical twin pregnancy in one family, and information regarding the following categories were analyzed: the announcement of pregnancy, choice of names, clothes, family interaction, general routine, language and identity of each child. RESULTS: All analyzed categories were referred by the family during the interviews, and revealed their difficulty in assimilating the presence of two different children, who end up being seen as one child. CONCLUSION: The social aspects that come along with the similarities of monozygotic twins are remarkable enough to overcome and change its influence on these children's processes of language and identity development. The Speech-Language Pathology has an important role to support these families in the context of their beliefs and values, so that the intervention, when necessary, is effective.
  • Conflict resolution abilities and normal disfluencies in normally developing children Artigos Originais

    Befi-Lopes, Debora Maria; Paula, Erica Macêdo de

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVOS: (1) Investigar as habilidades de resolução de conflito (RC) de crianças em idade escolar; (2) Verificar a relação entre a ocorrência de disfluências comuns (DC) e o desenvolvimento das habilidades de RC. MÉTODOS: Participaram do estudo 20 crianças em desenvolvimento normal de linguagem, com idades entre sete e dez anos. As crianças foram submetidas a uma triagem, na qual foram realizadas as provas de Fonologia, Consciência Fonológica e Leitura e Escrita; aquelas que obtiveram desempenho esperado para sua faixa etária passaram por avaliação, sendo realizadas as provas de RC e de Fluência. Na prova de RC, as respostas foram categorizadas em 28 categorias, para então, serem pontuadas. Na prova de fluência, foi verificada a ocorrência de DC. RESULTADOS: Na prova de RC, as crianças obtiveram entre 5 e 14 pontos (M=10,7), porém não se observou correlação entre a pontuação total e a idade cronológica (p=0,361). Na prova de Fluência, a ocorrência de DC variou de 4 a 24 (M=10). Observou-se que não há correlação estatística significante entre a pontuação na prova de RC e a ocorrência de DC (p=0,899). CONCLUSÕES: Na prova de RC, as crianças utilizaram principalmente estratégias unilaterais para a resolução dos conflitos e as estratégias não se tornaram mais sofisticadas com o passar da idade. Ao comparar o desempenho das crianças na prova de RC à ocorrência de DC, não foi possível estabelecer relação direta entre as duas variáveis.

    Abstract in English:

    PURPOSE: The aims of this study were: (1) to investigate conflict resolution (CR) abilities in normally developing school-aged children; (2) to verify whether there is a relationship between the occurrence of normal disfluencies (ND) and the development of conflict resolution abilities. METHODS: Twenty normally developing children, whose ages ranged between seven and ten, participated in this study. The participants underwent a language screening test, covering the following aspects: phonology, phonological awareness abilities, reading and writing skills. Those who performed within the expected for their chronological ages were assessed through a CR test and a fluency test. The answers given in the CR test were grouped into 28 categories and then scored. In the fluency test the occurrence of normal disfluencies (ND) was verified. RESULTS: The participants scored from 5 to 14 points (M=10,7) in the CR test, nevertheless it was not observed any correlation between final scores in that test and chronological age (p=0,361). In the fluency test, the occurrence of ND varied from 4 to 24 (M=10). It was not noticed any statistically significant correlation between the performance in the CR test and the occurrence of ND (p=0,899). CONCLUSIONS: In the CR test, in order to solve the conflict, children used mainly unilateral strategies. It was also observed that the strategies did not improve with age. Regarding the comparison between the performance in the CR test and the occurrence of ND, it was not possible to establish direct relationship between these variables.
  • Analysis of orthographic errors of children with cochlear implants Relatos De Caso

    Lemes, Juliana Prass; Goldfeld, Márcia

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo de caso coletivo foi analisar os erros ortográficos de crianças usuárias de implante coclear que freqüentam o ensino fundamental. Foram selecionadas quatro crianças que adquiriram a perda auditiva em período pré-lingual. Todas começaram usar prótese auditiva e freqüentar terapia fonoaudiológica antes de um ano e meio e foram submetidas à cirurgia de implante entre três anos e meio e quatro anos e meio. Foi utilizado o roteiro de observação ortográfica, os erros foram classificados, quantificados, registrados em tabelas e analisados. As quatro primeiras categorias de maior freqüência de erros ortográficos foram: surdos x sonoros, representações múltiplas, "outras" e omissões de letras. Todas as crianças apresentaram um índice de erros muito maior nas atividades envolvendo ditado, em comparação com as atividades de redação. Com isto pudemos inferir que em termos ortográficos o ditado foi mais difícil do que a redação. As causas dos erros que aconteceram em alta freqüência, se relacionavam com padrões acústicos e articulatórios; habilidades metalingüísticas de consciência fonológica, lexical e morfossintática e demais aspectos vinculados à linguagem e oralidade. Entre os possíveis motivos para o índice de erro ter sido muito maior nas atividades envolvendo ditado, pode-se citar o fato que durante o ditado a criança tende a manter uma postura pouco desenvolvida de autocorreção. Outro motivo bastante importante estaria relacionado ao efeito freqüência da palavra e ao repertório vocabular mais restrito devido ao atraso de linguagem. Em linhas gerais, este estudo apontou caminhos que auxiliam o fonoaudiólogo a compreender melhor a produção gráfica do aluno usuário de implante coclear.

    Abstract in English:

    The aim the present collective case-study was to analyze the orthographic errors of elementary school children with cochlear implants. Four children who became deaf in the pre-lingual period were selected. All subjects started using hearing aids and began speech therapy before 18 months of age and had their cochlear implant surgery between 42 and 54 months. Using an orthographic observation script for dictations and compositions, the errors were classified, quantified, registered and then analyzed. The four categories with the highest incidence of orthographic errors were: voiced x unvoiced phonemes, multiple representations, omission of letters, and "others". All subjects had a much higher incidence of errors in activities involving dictation, in comparison to composition activities, suggesting that, in orthographic terms, dictation was more difficult than composition. The highest incidence of errors was related to acoustic and articulatory patterns, metalinguistic skills of phonological, lexical and morphosyntactic awareness, and other aspects linked to language and pronunciation. Among the reasons why the errors in dictation activities were higher is the fact that, during these activities, children tend to show lower ability of self-correction. Another important reason is related to the frequency effect and the restrict words repertoire due to the language delay. In general, this study identified approaches to help the speech-language therapist to better understand the written production of students with cochlear implants.
  • Speech, language and hearing deficits in the Goldenhar syndrome: case report Relatos De Caso

    Silva, Rafaela Carolina Lopez; Alves, Fabiana Faúla da Silva; Gonzaga Netto, Sírley Soares; Silva, Carla Menezes da

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do trabalho foi relatar um caso clínico sobre a síndrome de Goldenhar e realizar um levantamento das alterações fonoaudiológicas encontradas no mesmo. O presente estudo foi realizado com uma criança de seis anos e oito meses, do gênero masculino, com diagnóstico da síndrome de Goldenhar. Para o estudo foi realizada anamnese e o paciente foi submetido às avaliações de motricidade orofacial, audiologia clínica completa, educacional e vectoeletronistagmografia computadorizada, voz e linguagem oral e escrita. Foram observadas as seguintes alterações: dificuldade de vedamento labial, bochechas e olhos assimétricos, mordida aberta anterior, amígdalas palatinas hipertróficas e micrognatia, respiração do tipo oro-nasal, dificuldade de coordenação pneumofônica, hábito bucal de apertamento; qualidade vocal ruim com presença de tensão laríngea durante a fonação, habilidades auditivas alteradas, perda auditiva neurossensorial de grau profundo bilateral, curva timpanométrica do tipo A, com ausência de reflexos acústicos, ausência de dados patognomônicos de alteração central no teste vestibular. O paciente não possui fala fluente, faz uso da Língua Brasileira de Sinais, leitura orofacial e gestos para se comunicar, apresenta dificuldades de leitura e escrita e o desenvolvimento de linguagem está adequado à sua faixa etária. Pode-se concluir que é importante que o paciente com a síndrome de Goldenhar receba um acompanhamento multidisciplinar, o que lhe proporcionará um diagnóstico precoce, uma intervenção adequada e um desenvolvimento global satisfatório.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to report a case and analyze the speech, language and hearing deficits observed in the Goldenhar syndrome. The study reports the case of a male six years, eight months old child diagnosed with Goldenhar syndrome. The history of the patient was carried out, and he was submitted to oral motricity, voice, educational, verbal and written language evaluations, full audiological exam, and computerized vectoeletronistagmography. The following alterations were observed: difficulty in closing the lips, asymmetrical cheeks and eyes, anterior open bite, hypertrophic palatine tonsils, micrognathia, oro-nasal breathing, difficulty with pneumophonic coordination, dental tightness, poor vocal quality with presence of laryngeal tension during phonation, poor auditory abilities, profound bilateral sensory loss, type A tympanometric curve with absence of acoustic reflexes, absence of pathognomonic signs of central alteration on the vestibular test. The patient does not have fluent speech, uses the Brazilian Sign Language, orofacial reading and gestures to communicate, presents reading and writing difficulties and chronologically adequate language development. It can be concluded that it is important to the patient with the Goldenhar syndrome to receive multidisciplinary follow-up, which will provide early diagnosis, adequate intervention and satisfactory global development.
  • A brief historic review of the conceptions of Autism and Asperger syndrome Artigo De Revisão

    Tamanaha, Ana Carina; Perissinoto, Jacy; Chiari, Brasilia Maria

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo deste estudo foi revisar historicamente os conceitos do Autismo Infantil e da síndrome de Asperger. Por meio de revisão de literatura os autores buscaram mostrar as modificações, ao longo do tempo, das concepções teóricas e das descrições clínicas destes quadros.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to review historically the concepts of Autism and Asperger syndrome. Through literature review, the authors evidence the changes on theoretical concepts and clinical descriptions of Autism and Asperger syndrome with time.
  • Pilot study of a parent training program for young children with autism: the PLAY Project Home Consultation Program Refletindo Sobre O Novo

    Molini-Avejonas, Daniela Regina
  • Long-term effects of pharyngeal flaps on the upper airways of subjects with velopharyngeal insufficiency Resenha

    Di Ninno, Camila Queiroz de Moraes Silveira
  • Vozes infantis: a caracterização do contraste de vozeamento das consoantes plosivas no Português Brasileiro na fala de crianças de 3 a 12 anos Resumo

    Lofredo-Bonatto, Maria Teresa Rosangela
  • O contraste de nasalidade em falantes normais e com fissura palatina: aspectos da produção Resumo

    Di Ninno, Camila Queiroz de Moraes Silveira
Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Al. Jaú, 684 - 7º andar, 01420-001 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (55 11) 3873-4211 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revista@sbfa.org.br