Giardia duodenalis: comparação genotípica entre isolados humano e canino

Karina Braga Gomes Ana Paula Fernandes Aline Menezes Ronaldo Amorim Júnior Edward Félix Silva Miriam Oliveira Rocha Sobre os autores

INTRODUÇÃO: Evidências sugerem que a giardíase é uma doença zoonótica. O presente trabalho tem como objetivo avaliar a identidade genética da Giardia duodenalis isolada de fezes humanas e de cães de Belo Horizonte. MÉTODOS: Amostras de fezes humanas e de cães foram cultivadas para isolamento de G. duodenalis. Para determinação do genótipo dos isolados, foram usados oligonuclotídeos que amplificam regiões específicas do gene para rRNA. RESULTADOS: Dois isolados de G. duodenalis foram obtidos, os quais apresentaram o genótipo do sub-grupo A. CONCLUSÕES: Estes dados sugerem que a transmissão da giardíase segue um padrão zoonótico.

Giardia duodenalis; Isolado humano; Isolado canino


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br