Accessibility / Report Error

Infestaçao humana pelo Dipylidium caninum

Os autores descrevem um caso de infestação pelo Dipylidium caninum numa criança residente em Araguari, Minas Gerais, que apresentou lesões cutâneas, insônia, irritabilidade, vômitos eperda do apetite. Relatam a eliminação abundante deproglotes quando a paciente foi tratada com medicamentos caseiros e a remissão dos sintomas, após dois tratamentos com mebendazol. Contudo não puderam concluir sobre a eficiência das drogas, devido à medicação empírica e ã administração de 200 mg/dia de mebendazol, contrariando a dosagem recomendada para Cestodas, que é de 400 mg/dia. Relatam, ainda, que exames das fezes do cão de propriedade da família revelaram apenas a presença de ancilostomídeos.

Dipilidiose; Dipylidium caninum


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br