Resultado de longo prazo no tratamento da neuroparacoccidioidomicose

INTRODUÇÃO: Neuroparacoccidioidomicose (NPCM) é um termo utilizado para descrever a invasão do sistema nervoso central pelo fungo patogênico Paracoccidioides brasiliensis. NPCM é descrita, esporadicamente, em relatos de casos ou pequenas séries de casos com pouco ou nenhum enfoque no tratamento ou acompanhamento de longo prazo. MÉTODOS: Todos os pacientes com diagnóstico de NPCM entre janeiro de 1991 a dezembro de 2006 foram acompanhados até dezembro de 2009. RESULTADOS: Foram identificados 14 (3,8%) casos de NPCM de 367 pacientes com paracoccidioidomicose (PCM). Regime combinando fluconazol oral e sulfamethoxazol/trimetoprim (SMZ/TMP) foi o tratamento de escolha. Não houve nenhum caso de óbito causado pelo fungo Paracoccidioides brasiliensis.Sequela neurológica foi identificada em 8 pacientes. Durante o seguimento, calcificação residual foi um achado comum de neuroimagem. CONCLUSÕES: Todos os pacientes deste estudo responderam de forma favorável a associação do fluconazol com o sulfamethoxazol/trimetoprim, um esquema terapêutico que deve ser considerado nos casos de NPCM. Sequela neurológica foi um achado relativamente comum, desta forma, a utilização de anticonvulsivantes, assim como foi necessário suporte fisioterápico para um manejo adequado destes pacientes.

Paracoccidioides brasiliensis; Neuroparacoccidioidomicose; Tratamento; Infecção do sistema nervoso central


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br