Parasitismo natural de ovos de triatomíneos por Telenomus fariai lima, 1927 no laboratório

Alexandre José Fernandes José Cândido da Silva Liléia Diotaiuti

Em novembro/89 verificou-se que o insetário do Centro de Estudos Emmanuel Dias - Bambuí/MG apresentava alta infestação pelo micro himenóptero Telenomus fariai. Em 529 ovos de Panstrongylus megistus e Triatoma vitticeps examinados, 375 (70,9%) apresentavam 1043 exemplares de T. fariai, sendo 955 (91,4%) fêmeas e 90 (8,6%) machos. A seguir, verificou-se também oparasitismo de ovos de Triatoma infestans, e ausência de infestação de ovos de Rhodnius neglectus. As médias de parasitóide por ovo observadas foram de 7,9 em P. megistus; 8,7 em T. vitticeps e 10 em T. infestans. A importância do relato deve-se à possibilidade da infestação de colônias mantidas para fins de pesquisa a partir da introdução em insetários de ovos procedentes do campo, com o estabelecimento de altas taxas de infestação e acentuado declínio da criação. O isolamento e a eliminação dos parasitóides pelo manejo dos ovos parasitados e vedação dos frascos do insetário com tecido de malha estreita (em tomo de 0,25mm) mostraram-se eficientes no controle do T. fariai.

Telenomus fariai; Parasitóide; Triatomíneo


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br