Accessibility / Report Error

Leishmaniose cutânea no nordeste do Brasil: uma avaliação crítica dos estudos realizados no Estado de Pernambuco

A leishmaniose cutânea americana (LCA) é uma doença complexa com características clínicas e epidemiológicas que podem variar de região para região. De fato, pelo menos, sete diferentes espécies de Leishmania, incluindo Leishmania (Viannia) braziliensis, Leishmania (Viannia) guyanensis, Leishmania (Viannia) lainsoni, Leishmania (Viannia) naiffi, Leishmania (Viannia) shawi, Leishmania (Viannia) lindenbergi e Leishmania (Leishmania) amazonensis, têm sido incriminadas na etiologia da LCA no Brasil, e numerosas espécies de flebotomíneos do gênero Lutzomyia, foram considerados vetores suspeitos ou comprovados. Devido ao seu caráter focal, a compreensão da dinâmica da LCA a nível local é imprescindível para a implementação de medidas de controle eficazes. Este trabalho consiste de uma revisão narrativa sobre a epidemiologia da LCA em Pernambuco, nordeste do Brasil. Além disso, se enfatiza a necessidade de maior efetividade no diagnóstico, tratamento, controle e estratégias de prevenção para as populações afetadas. Este artigo fornecerá aos pesquisadores uma avaliação crítica da LCA em Pernambuco. Espera-se também contribuir com as autoridades de saúde pública no aprimoramento das estratégias atuais de controle da LCA nos níveis estaduais e nacional.

Leishmaniose cutânea; Leishmania braziliensis; Reservatórios; Insetos vetores; Diagnóstico; Epidemiologia


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br