Sucesso no controle da transmissão hospitalar de Enterococos resistentes a vancomicina em um hospital universitário público brasileiro

INTRODUÇÃO: Enterococos resistentes a vancomicina (ERV) podem colonizar e causar infecção em pacientes de alto risco, bem como contaminar o ambiente. Nosso objetivo foi descrever a investigação epidemiológica de um surto de ERV, as intervenções realizadas e o impacto no controle do surto. MÉTODOS: Estudo retrospectivo, descritivo, por revisão de prontuários de pacientes com cultura positiva para ERV em um hospital geral, público, universitário, admitidos entre fevereiro de 2008 e janeiro de 2009. As intervenções foram divididas em ações educacionais, revisão de processos de trabalho, medidas administrativas e de engenharia. RESULTADOS: Foram avaliados 150 pacientes, 139 (92,7%) colonizados e 11 (7,3%) infectados por ERV. Setenta e três por cento estavam internados em unidades de cuidados não intensivos (p=0,028). Infecção por ERV foi mais frequente em pacientes usando cateter venoso central (p=0,043), ventilação mecânica (p=0,013), cateter urinário (p=0,049) ou drenos cirúrgicos (p=0,049). Vancomicina, metronidazol, ciprofloxacina ou cefalosporina de terceira geração foram utilizados previamente por 47 (31,3%), 31 (20,7%), 24 (16%) e 24 (16%) pacientes, respectivamente. Óbito foi mais frequente em pacientes infectados por ERV (73%) em relação aos colonizados (17%) (p<0,001). Após as intervenções, a taxa de ataque diminuiu de 1,49 para 0,33 (p<0,001). CONCLUSÕES: Fatores de risco clássicos para colonização ou infecção por ERV, como internação em unidade de terapia intensiva e uso prévio de vancomicina, não foram identificados neste estudo. Um conjunto de intervenções, tais como programa educacional, maior adesão às precauções de contato e reforço da limpeza ambiental apresentou impacto no controle da disseminação hospitalar do ERV.

Enterococcus; Resistência à vancomicina; Surtos; Epidemiologia; Controle de infecção


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br