Accessibility / Report Error

Cryptococcus gattii tipo molecular VGII como agente causador de meningoencefalite em criança saudável no Rio de Janeiro, Brasil: relato de um caso autóctone

Cryptococcus gattii é causa de meningoencefalite em hospedeiros imunocompetentes, ocorrendo endemicamente em regiões tropicais e subtropicais. Recentemente foi causador de surtos na Ilha de Vancouver e na Columbia Britânica (Canadá). Nesta região de clima temperado, o tipo VGII é predominante. Relatamos um caso de meningoencefalite pelo C.gattii tipo VGII acometendo criança previamente saudável autóctone do Rio de Janeiro, região não endêmica do Brasil. O agente foi identificado por testes bioquímicos e o tipo molecular determinado através de URA5-RFLP. O presente relato enfatiza a necessidade de vigilância clínica para a meningite criptocóccica primária em áreas não endêmicas.

Meningoencefalite; Imunocompetente; Cryptococcus gattii


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br