Accessibility / Report Error

Avaliação da eficiência de deltametrina (K-Othrine 50fw), em doses baixas, no controle de triatomíneos em São Sebastião do Umbuzeiro, Paraíba

Resumos

Testamos a deltametrina (K-Othrine 50FW) no controle de triatomíneos em área de semi-árido, com cerca de 56,6% depositividade inicial no intradomicilio. Usamos, em 402 Unidades Domiciliares, 125, 75, 60 ou 50ml por bomba de 10 litros, equivalendo, se aplicados em 250 m², a 25, 15, 12 ou 10 mg/m². Os índices de invasão, colonização e cumulativo no intradomicilio e de positividade no peridomicílio foram muito baixos e similares nos quatro grupos, nos 15 meses de avaliação, indicando poderem as doses menores substituir a de 25 mg/m². Houve predominância de T. infestans, seguido de T. pseudomaculata, nas casas, e este predominou no peridomicílio, após a pulverização.

Deltametrina; Piretróide; Doença de Chagas; Semi-árido; Triatominae


We tested deltamethrin (K-Othrine 50 FW) in the control of triatomine bugs, in an semi arid area with about 56.6% of houses bug infested. We used in 402 Domiciliary Units, 125, 75, 60 or 50 ml per pump of 10 liters, equivalent, if appliedon 250m², to 25,15, 12 and 10 mg/m². The invasion, colonization and cumulative indices in the houses and the positivity index in shelters near houses were very low and similar in the four groups during the 15 months of evaluation, indicating that lower doses could replace 25 mg/m². T. infestans, followed by T. pseudomaculata, predominated in and near the houses, after spraying.

Deltamethrin; Chagas disease; Prophylaxis; Semi-arid; Triatominae


ARTIGOS

Avaliação da eficiência de deltametrina (K-Othrine 50fw), em doses baixas, no controle de triatomíneos em São Sebastião do Umbuzeiro, Paraíba

Carlos Brisola MarcondesI; Cláudio Teixeira PintoII

IDepartamento de Fisiologia e Patologia/Núcleo de Medicina Tropical, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB

IIQuimio Produtos Químicos Comércio e Indústria S.A. Rio de Janeiro, RJ

Endereço para correspondência Endereço para correspondência: Prof. Carlos Brisola Marcondes. Depto. de Fisiologia e Patologia/UFPB. Campus Universitário. 58000 João Pessoa, PB.

RESUMO

Testamos a deltametrina (K-Othrine 50FW) no controle de triatomíneos em área de semi-árido, com cerca de 56,6% depositividade inicial no intradomicilio. Usamos, em 402 Unidades Domiciliares, 125, 75, 60 ou 50ml por bomba de 10 litros, equivalendo, se aplicados em 250 m2, a 25, 15, 12 ou 10 mg/m2. Os índices de invasão, colonização e cumulativo no intradomicilio e de positividade no peridomicílio foram muito baixos e similares nos quatro grupos, nos 15 meses de avaliação, indicando poderem as doses menores substituir a de 25 mg/m2. Houve predominância de T. infestans, seguido de T. pseudomaculata, nas casas, e este predominou no peridomicílio, após a pulverização.

Palavras-chave: Deltametrina. Piretróide. Doença de Chagas. Semi-árido. Triatominae.

ABSTRACT

We tested deltamethrin (K-Othrine 50 FW) in the control of triatomine bugs, in an semi arid area with about 56.6% of houses bug infested. We used in 402 Domiciliary Units, 125, 75, 60 or 50 ml per pump of 10 liters, equivalent, if appliedon 250m2, to 25,15, 12 and 10 mg/m2. The invasion, colonization and cumulative indices in the houses and the positivity index in shelters near houses were very low and similar in the four groups during the 15 months of evaluation, indicating that lower doses could replace 25 mg/m2. T. infestans, followed by T. pseudomaculata, predominated in and near the houses, after spraying.

Keywords:Deltamethrin. Chagas disease. Prophylaxis. Semi-arid. Triatominae.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Recebido para publicação em 26/12/88.

  • 1. Alencar JE. História natural da doença de Chagas no estado do Ceará. Imprensa Universitária, Fortaleza, 1987.
  • 2. Barretto MP. Epidemiologia. In. Brener Z, Andrade ZA. ed Trypanosoma cruzi e doença de Chagas, p.89-151 , Guanabara Koogan, Rio de Janeiro, 1979.
  • 3. Dias JCP, Pinto CT, Barreiros H, Vasconcelos JRA, Loiola CCP, Silva MA. Emprego da deltametrina e da cyflutrina contra triatomineos em área de Minas Gerais, Brasil Anais do 22o Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, página Belo Horizonte, 1986.
  • 4. Fuentes AR, Sabroza PC, Marzochi MCA, Silva VL, Modena CM, Brita CM. Presença do Triatoma infestans (Klug, 1834) em área sujeita ao efeito residual da deltametrina no Município de São Sebastião do Umbuzeiro, Paraíba Anais da 15a Reunião Anual de Pesquisa Básica em Doença de Chagas (VE-29), Caxambu, 1988.
  • 5. Garcia-Zapata MT, Marsden PD, Virgens D, Penna R, Socares V, Brasil IA, Castro CN, Prata A, Macedo V. O controle da transmissão da doença de Chagas em Mambaí-Goiás, Brasil (1982-1984). Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 19:219-225, 1986.
  • 6. Marcondes CB, Mendonça D. Observações sobre a ocorrèiicia de Triatoma infestans (Reduviidae, Triatominae) no estado da Paraíba. 10o Congresso da Sociedade Brasileira de Parasitologia p. 89, 1987.
  • 7. Oliveira Filho AM. Field tests of 3 formulations of deltamethrin in houses colonized by Triatoma infestans Anais da 11a Reunião Anual de Pesquisa Basica em Doenca de Chagas (VE-37), Caxambu, 1984.
  • 8. Oliveira Filho AM, Figueiredo MJ, Melo MTV, Santos CE, Silva EL. Considerations about techniques of determination of real dose sprayed in houses treated for the control of insects Anais da 5a Reunião de Pesquisa Aplicada em Doenças de Chagas, p. 52, Araxá, 1988.
  • 9. Pereira JB, Pessoa I, Coura JR. Observações sobre as dejeções e o número de T. cruzi eliminados por diferentes espécies de triatomineos durante a alimentação. Resultados preliminares. Anais da 15a Reunião de Pesquisa Básica em Doença de Chagas (VE-20), Caxambu, 1988.
  • 10. Pinchin R, Fanara DM, Castleton CW, Oliveira Filho AM. Comparison of techniques for detection of domestic infestations with Triatoma infestans in Brazil. Transactions of the Royal Society of Tropical Medicine and Hygiene 75:691-694, 1981.
  • 11. Pinchiri R, Oliveira Filho AM. Fanara DM, Gilbert B. Ensaio de campo para avaliação das possibilidades de uso da decametrina (OMS 1998) no combate a triatomineos. Revista Brasileira de Malariologia e Doenças Tropicais 32:36-41, 1980.
  • 12. Varejão-Silva, MA. Atlas climatológico do Estado da Paraíba. Universidade Federal da Paraíba, Campina Grande, 1984.
  • Endereço para correspondência:

    Prof. Carlos Brisola Marcondes.
    Depto. de Fisiologia e Patologia/UFPB.
    Campus Universitário.
    58000
    João Pessoa, PB.
  • Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      27 Maio 2013
    • Data do Fascículo
      Jun 1989

    Histórico

    • Aceito
      26 Dez 1988
    • Recebido
      26 Dez 1988
    Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
    E-mail: rsbmt@uftm.edu.br