Diagnóstico de infecção pelo Trypanosoma cruzi em gambas, naturalmente infectados, pela reação de imunofluorescência indireta

Alexandre José Fernandes Egler Chiari Cléa Andrade Chiari

Em 116 gambás capturados no município de Bambuí-MG, foi realizada a Reação de lmunofluorescência Indireta (RIU) para a pesquisa de anticorpos circulantes arcri-Trypanosoma cruzi. 44(37,9%) foram reativos para T. cruzi, com titulos variando de 1:10 a 1:320. O parasito Joi demonstrado em exames parasitológicos em 43 (97,7%) desses animais. A RIFI apresentou indices de co-positividade (97,7%), co-negatividade (98,6%) e concordância (98,3%), quando comparada com o xenodiagnóstico e hemocultura. Considerando-se a diluição 1:20 como título discriminante de reagente e não reagente, a RIFI é indicada como um dos métodos ae diagnóstico da infecção chagásica em gambás. A RIFI em eluato de sangue dessecado (ESD) apresentou indicés de Lo-positividcide(78,2%) e concordância (76,0%) baixos e aiscordãncias marcantes em relação aos resultados não reagentes.

Trypanosoma cruzi; Gambás; Diagnóstico sorológico; Reação de Imuno- fluorescência Indireta


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br