Soroprevalência e fatores associados à infecção pelo vírus da hepatite B em população encarcerada no estado do Mato Grosso do Sul, Brasil

INTRODUÇÃO: O presente estudo teve como objetivo investigar a prevalência da infecção pelo HBV e os fatores associados a esta infecção em população encarcerada de Campo Grande, MS. MÉTODOS: Quatrocentos e oito encarcerados, provenientes das populações encarceradas do Instituto Penal de Campo Grande, Presídio de Segurança Máxima e Presídio Feminino Irmã Irma Zorzi, foram entrevistados sobre dados sociodemográficos e fatores associados à infecção pelo HBV. A seguir foram coletadas amostras sanguíneas para detecção dos marcadores HBsAg, anti-HBs e anti-HBc total por ensaio imunoenzimático. O HBV-DNA foi detectado pela reação em cadeia da polimerase nas amostras HBsAg e anti-HBc reagentes. RESULTADOS: A prevalência global para infecção pelo HBV foi de 17,9% (IC 95%: 14,4-22,0), 13,7% (56/408) para o anti-HBc total associado ao anti-HBs e em 15 (3,7%) indivíduos foi detectada a presença do anti-HBc isolado. HBsAg foi encontrado em 0,5% (2/408) dos indivíduos estudados, evidenciando uma baixa prevalência de casos crônicos. Em 24% (98/408) dos indivíduos, verificou-se positividade isolada ao marcador anti-HBs, sugerindo baixa cobertura vacinal ao HBV. Após análise multivariada, ter idade maior que 35 anos, baixo nível de escolaridade e uso de droga ilícita permaneceram associados significativamente à infecção pelo HBV. CONCLUSÕES: A prevalência da infecção pelo HBV encontrada foi similar às reportadas em outros estudos conduzidos em populações encarceradas do Brasil. Os fatores de risco associados a esta infecção foram aumento da idade, baixo nível de escolaridade e uso de droga ilícita.

Hepatite B; Encarcerados; Prevalência; Fatores associados


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br