Estudo comparativo de técnicas parasitológicas: Kato-Katz e coprotest®

A comparative study of the parasitological techniques: Kato-Katz and coprotest®

Célia Regina Mendes Angela Terezinha Lauand Sampaio Teixeira Rosana Aparecida Trevisan Pereira Luis Candido de Souza Dias Sobre os autores

O diagnóstico parasitológico deve ser realizado de maneira apropriada, com maior sensibilidade e especificidade para a detecção dos parasitas intestinais, uma vez que dele dependerá o tratamento específico. Foi desenvolvido um estudo comparativo para avaliar a concordância entre os métodos Kato-Katz e coprotest® na detecção de helmintos em 332 indivíduos do município de Pedro de Toledo. Destacou-se uma diferença significativa para Trichuris trichiura, 16,2% no Kato-Katz e 7,5% no coprotest®. Devido a essa diferença compararam-se amostras positivas e negativas do método de coprotest® com número de ovos por grama de fezes (opg) obtido pelo método de Kato-Katz. Quando o método de coprotest® era negativo, contaram-se 65 opg de Trichuris trichiura pelo Kato-Katz e quando o coprotest® era positivo, esse número foi maior, 199 opg. O coprotest® mostrou-se inferior ao Kato-Katz nas infecções de baixa carga parasitária.

Parasitas intestinais; Diagnóstico; Técnicas parasitológicas


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br
Accessibility / Report Error