Accessibility / Report Error

Oncocercose: primeiro caso autóctone da Região Centro-Oeste do Brasil

Resumos

Os autores descrevem o primeiro caso autóctone de oncocercose ocorrido na Região Centro-Oeste do Brasil. Baseados em dados epidemiológicos, suspeitam que a infecção tenha sido adquirida no município de Minaçu, Goiás, onde foram detectados garimpeiros provindos da serra dos Surucucus, no Território Federal de Roraima, um dos primeiros focos dessa Jilariose descritos no Brasil.

Oncocercose; Nódulos; Região Centro-Oeste do Brasil


The first autochthonous case of onchocerciasis in the West Central region of Brazil is described. Based on epidemiological data it is suspected that the infection has been acquired by thepatient in Minaçu, State of Goiás, where gravei washers comingfrom the Surucucus Mountain Range, in the Federal Territory of Roraima, are now working. The finding of the present case indicates the existence of a new focus of onchocerciasis in Brazil.

Onchocerciasis; Nodule; West Central region of Brazil


RELATOS DE CASOS

Oncocercose: primeiro caso autóctone da Região Centro-Oeste do Brasil* * Caso apresentado no XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, em Belo Horizonte, Minas Gerais, de 2 a 7 de março de 1986

Benvindo Bezerra GeraisI; Tarcísio Conrado RibeiroII

IDepartamento de Patologia da Facuidade de Medicina da Universidade Federal de Goiás e Laboratório de Anatomia Patológica e Citologia da Organização de Saúde do Estado de Goiás (OSEGO)

IISociedade Anônima Mineração de Amianto (SAMA) - Minaçu, Goiás

RESUMO

Os autores descrevem o primeiro caso autóctone de oncocercose ocorrido na Região Centro-Oeste do Brasil. Baseados em dados epidemiológicos, suspeitam que a infecção tenha sido adquirida no município de Minaçu, Goiás, onde foram detectados garimpeiros provindos da serra dos Surucucus, no Território Federal de Roraima, um dos primeiros focos dessa Jilariose descritos no Brasil.

Palavras-chave: Oncocercose. Nódulos. Região Centro-Oeste do Brasil.

ABSTRACT

The first autochthonous case of onchocerciasis in the West Central region of Brazil is described. Based on epidemiological data it is suspected that the infection has been acquired by thepatient in Minaçu, State of Goiás, where gravei washers comingfrom the Surucucus Mountain Range, in the Federal Territory of Roraima, are now working. The finding of the present case indicates the existence of a new focus of onchocerciasis in Brazil.

Keywords: Onchocerciasis. Nodule. West Central region of Brazil.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Recebido para publicação em 15/4/1986.

  • 1. Anderson J, Font RL. Ocular onchocerciasis. In: Binford CH, Connor DH (ed) Pathology of tropical and extraordinary diseases, Castle House, London, p. 373- 381, 1979.
  • 2. Bauer JD. Clinical laboratory methods. 9th. edition. C.V. Mosby, St. Louis. p. 997-1001, 1982.
  • 3. Connor DH, Neafie RC. Onchocerciasis. In: Binford CH, Connor DH (ed) Pathology of tropical and extraordinary diseases, Castle House, London, p. 360- 372, 1979.
  • 4. Dourado HV, Talhari S, Mello JASN. Oncocercose. In: Neves J. (ed) Diagnóstico e tratamento das doenças infecciosas e parasitárias. Guanabara Koogan. Rio de Janeiro, p. 811-821, 1978.
  • 5. Ferreira FSC, Rocha LAC. Oncocercíase. In: Veronesi R (ed) Doenças infecciosas e parasitárias. Guanabara Koogan. Rio de Janeiro, p. 929-935, 1982.
  • 6. Fraiha H. Oncocercose. In: Linhares AD (ed) Saúde na Amazônia, ANPES. São Paulo, p. 58-61, 1983.
  • 7. Moraes MAP, Fraiha H. Oncocercose. In: Veronesi R (ed) Doenças infecciosas e parasitárias. Guanabara Koogan. Rio de Janeiro, p. 1155-1156, 1982.
  • *
    Caso apresentado no XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, em Belo Horizonte, Minas Gerais, de 2 a 7 de março de 1986
  • Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      06 Jun 2013
    • Data do Fascículo
      Jun 1986

    Histórico

    • Aceito
      15 Abr 1986
    • Recebido
      15 Abr 1986
    Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
    E-mail: rsbmt@uftm.edu.br