Accessibility / Report Error

Soroepidemiologia da infecção pelo vírus da hepatite A em "meninos de/na rua" de Goiânia-Goiás

Um estudo soroepidemiológico, para anticorpos contra o vírus da hepatite A (anti- VHA total - IgM e IgG), foi realizado no período de 1991-1992, em 397 "meninos de/na rua" em Goiânia. Destes, 313 apresentavam vínculo familiar e desmvolviam, em sua maioria, atividades de trabalho informal, eitquanto que 84 não possuíam vínculo familiar e se encontravam na rua ou em Instituições do Governo Estadual. A taxa média de prevalência foi de 90,4%, variando de 80,0% a 92,9%, sem contudo apresentar diferença estatística significante relativa à idade (7-21). Também não se evidenciou qualquer diferença quando este grupo foi estratificado para presença ou ausência de vínculo familiar ou mesmo quando analisado em relação a outras variáveis sócio-demogrãficas. Estes dados sugerem que a hepatite A ê endêmica na população de baixa condição sócio-econômica da região e que nesta faixa etãria a maioria dos indivíduos já adquiriu a infecção. Outras investigações em grupos e camadas sociais diferentes são necessárias a fim de parametrar estratégias vacinais em países subdesenvolvidos.

Hepatite A; Soroepidemiologia; "Meninos de/na rua"


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br