Accessibility / Report Error

Infrequency of asymptomatic malaria in an endemic area in Amazonas, Brazil

Em uma área de alta transmissão de malária (Costa Marques, Rondônia) foi feito um estudo para determinar a prevalência de parasitemia assintomática e seu significado clínico. A maioria dos habitantes estudados era imigrante que vivia na região há menos de 5 anos. Em Costa Marques há facilidades para o diagnóstico e pronto tratamento da malária. Em 344 pessoas examinadas havia 77 (22%) com parasitemia para hematozoários. Entre estes, 36 não tinham sintomatologia de malária. Após dois dias, 19 dos 36 desenvolveram sintomatologia. Dos 17 que continuavam assintomáticos, 4 tinham somente gametócitos no esfregaço de sangue examinado, 1 tinha recebido tratamento antimalárico inadequado, 3 estavam em tratamento e 2 se mudaram da área. Entre o 3.º e 6.º dia 6 apresentaram sintomatologia. Um paciente continuou assintomático no 7.º dia, quando terminou a observação. Ele contava já ter tido mais de 40 ataques de malária. Exceto ele, todos os outros assintomáticos ou estavam no período de incubação ou em tratamento. Conclui-se que a malária assintomática é rara em Costa Marques e que é necessário tratar todos os indivíduos com parasitemia.

Malária; Malária assintomática; Plasmodium falciparum; Plasmodium vivax; Brasil


Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br