Accessibility / Report Error

Primeiros casos agudos autóctones da doença de Chagas no Maranhão e inquérito soro-epidemiológico da população

Resumos

Os autores apresentam os primeiros casos autóctones da forma aguda da doença de Chagas no Estado do Maranhão. Três casos originários da Ilha de São Luís e o outro procedente da localidade de Bacurituba, município de Cajapió na região da Baixada Maranhense. O resultado do inquérito sorológico, utilizando-se a reação de imunofluorescência indireta em 213 habitantes das localidades de Rio Grande e Caúra, onde foram diagnosticados os casos autóctones na Ilha de São Luís, revelou 3 (1,4%) positivos.

Trypanosoma cruzi; Doença de Chagas; Maranhão; Soro- Epidemiologia


The authors describe the first autochthonous acute cases of Chagas' disease in the State of Maranhão. Three casesfrom the island of São Luís and the fourth from Bacurituba, in the low land area of the State. The results of indirect immunofluorescence test in 213 inhabitants ofSão Luís have shown 3 (1,4%) positive.

Chagas' disease; Maranhão; Seroepidemiology


RELATOS DE CASO

Primeiros casos agudos autóctones da doença de Chagas no Maranhão e inquérito soro-epidemiológico da população

Antonio Rafael da Silva; José Ribamar Borges Mendes; Maria Luiza Mendonça; Raimundo Nonato Cutrim; Reginaldo Peçanha Brazil

Endereço para correspondência Endereço para correspondência: Departamento de Patologia Universidade Federal do Maranhão 65.000 São Luís-MA.

RESUMO

Os autores apresentam os primeiros casos autóctones da forma aguda da doença de Chagas no Estado do Maranhão. Três casos originários da Ilha de São Luís e o outro procedente da localidade de Bacurituba, município de Cajapió na região da Baixada Maranhense. O resultado do inquérito sorológico, utilizando-se a reação de imunofluorescência indireta em 213 habitantes das localidades de Rio Grande e Caúra, onde foram diagnosticados os casos autóctones na Ilha de São Luís, revelou 3 (1,4%) positivos.

Palavras-chave:Trypanosoma cruzi. Doença de Chagas. Maranhão. Soro- Epidemiologia.

ABSTRACT

The authors describe the first autochthonous acute cases of Chagas' disease in the State of Maranhão. Three casesfrom the island of São Luís and the fourth from Bacurituba, in the low land area of the State.

The results of indirect immunofluorescence test in 213 inhabitants ofSão Luís have shown 3 (1,4%) positive.

Keywords: Chagas' disease. Maranhão. Seroepidemiology.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

Recebido para publicação em 16/4/84.

Trabalho realizado na Disciplina de Doenças Infecciosas e Parasitárias do Departamento de Patologia da Universidade Federal do Maranhão em colaboração com a Superintendência das Campanhas de Saúde Pública (SUCAM).

  • 1. Barreto MP. Epidemiologia. In: Brener Z, Andrade Z (ed) Trypanosoma cruzi e Doença de Chagas. Editora Guanabara Koogan, 1979.
  • 2. Brazil RP, Da Silva AR, Albarelli AL, Vale JF. Distribuição e infecção dos triatomíneos por Trypanosoma cruzi na Ilha de São Luís, Maranhão. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 18: 257-260, 1985.
  • 3. Bustamante FM. Distribuição geográfica dos transmissores da doença de Chagas no Brasil e sua relação com certos fatores climáticos. Epidemiologia e profilaxia da enfermidade. Revista Brasileira de Malariologia e Doenças Tropicais 9: 191-211, 1957.
  • 4. Lent H, Wygodzinsky P. Revision of the Triatominae (Hemiptera, Reduvidae) and their significance as vectors of Chagas' disease. Bulletin of The American Museum of Natural History. 163: 125-520, 1979.
  • 5. Silveira AC, Feitosa VR, Borges R. Distribuição de triatomíneos capturados no ambiente domiciliar, no período 1975/83, Brasil. Revista Brasileira de Malariologia e Doenças Tropicais 36: 15-312, 1984.
  • 6. Souza SL, Camargo ME. The use of filter paper blood smears in the practical fluorescent test for Àmerican trypanosomiasis serodiagnosis. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo 8: 255-258, 1966.
  • Endereço para correspondência:

    Departamento de Patologia
    Universidade Federal do Maranhão
    65.000
    São Luís-MA.
  • Datas de Publicação

    • Publicação nesta coleção
      07 Jun 2013
    • Data do Fascículo
      Dez 1985

    Histórico

    • Recebido
      16 Abr 1984
    • Aceito
      16 Abr 1984
    Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
    E-mail: rsbmt@uftm.edu.br