Accessibility / Report Error
Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Volume: 19, Issue: 2, Published: 1986
  • Liver sinusoidal pathology and schistosomiasis Editoriais

    Andrade, Zilton A.
  • Onchocerciasis: new foci in Brazil? Editoriais

    Moraes, Mario A. P.
  • Rate of reversion of hepatosplenic schistosomiasis after specific therapy

    Dietze, Reynaldo; Prata, Aluizio

    Abstract in Portuguese:

    Foram tratados com oxamniquine 70 esquistossomóticos, com a forma hepatosplênica. Os pacientes permaneceram na área endêmica e foram avaliados clinicamente antes, 6, 18, e 24 meses após o tratamento. Durante este período a transmissão foi interrompida na área. Após o tratamento específico ocorreu melhora clínica em 49(70%) pacientes, traduzida por diminuição nas visceromegalias e reversão do fígado nodular. Houve reversão da forma hepatosplênica em 28(40%) e do fígado nodular em 26(47.3%) após 24 meses. A reversão da forma hepatosplênica já havia ocorrido após seis meses em 12(21%) pacientes e a do fígado nodular em 4(8.5%). Em geral a regressão da hepatosplenomegalia ocorre mais precocemente do que a do fígado nodular. Ela foi observada em alguns pacientes com história de tratamento específico anterior. Interessante assinalar que a reversão da forma hepatosplênica ocorreu também em indivíduos com idade avançada e que em quatro deles esta forma clínica já estava instalada há pelo menos 20 anos. Portanto devem existir outros fatores regulando a reversibilidade desta forma clínica, independentemente do seu tempo de evolução. Nossos resultados reforçam o conceito de que nos pacientes com hipertensão porta esquistossomótica que não tiveram hemorragias digestivas, o tratamento específico deve preceder qualquer indicação cirúrgica em pelo menos 18 meses, mesmo em doentes que referem já tê-lo feito antes.

    Abstract in English:

    Seventy patients with hepatosplenic schistosomiasis were treated with oxamniquine. The patients lived iti an endemic area and were evaluated 6, 18 and 24 months after treatment, during which time transmission in the area was interrupted. After treatment, clinical improvement occurred in 49 (70%) of the patients, as seen by reduction in visceromegaly and reversion of liver nodules. Reversion of hepatosplenic disease occurred in 28 (40%) patients and in liver nodularity in 26 (47.3%)patients after 24 months. Reversion of hepatosplenic disease was seen in 12 (21%) patients and liver nodules disappeared in 4 (8.5%) as early as 6 months after treatment. In general, hepatosplenomegaly reverses earlier than liver nodularity. Itis notable that reversion of hepatosplenic disease occurred in many individuals with a history ofprevious treatment and also in some with advanced age. In four cases this clinical form of the disease had existed for 20 years. Therefore, there must exist factors other than age and duration of the condition which determine the reversibility of this clinical form. Ourresults reinforce the concept that, in patients with hepatosplenic disease without esophageal hemorrhages, specific treatment shouldpreceed surgical intervention even in those with a history of previous treatment. At least 18 months should be allowed for the ejfects of treatment to be manifest.
  • Composição racial e a avaliação da reação intradérmica de Montenegro em portadores da leishmaniose cutâneo-mucosa Artigos

    Tavares-Neto, J.; Costa, Jackson M. L.; Marsden, Philip D.; Barreto, Air C.; Cuba, Cesar C.

    Abstract in Portuguese:

    Em um estudo retrospectivo, indivíduos com a forma mucosa da leishmaniose foram pareados (sexo, idade e ocupação) a outros pacientes com a forma cutânea em atividade, não demonstrando-se diferença significante da freqüência nos grupos raciais. Do mesmo modo, o teste intradérmico de Montenegro não se mostrou diferente nos diversos grupos raciais, entre os 96 pares de pacientes estudados. Uma maior enduração foi observada em pacientes com o acometimento mucoso quando comparado aos cutâneos.

    Abstract in English:

    In a retrospective study patients with mucosal leishmaniasis were paired (as regards age sex and occupation) with patients with active cutaneous disease. No signijicant racial dijference could be detected. In the same way the Montenegro cutaneous reaction was not different in 96pairs ofpatients studied as regards different racial groupings. A larger indurated area was observed in patients with mucosal leishmaniasis compared with the cutaneous form.
  • El método de cultivo "in vitro" como instrumento práctico en el diagnóstico y el aislamiento primário de Leishmania braziliensis braziliensis I. Observaciones de laboratório

    Netto, Eduardo M.; Cuba, Cesar C.; Marsden, Philip D.; Barretto, Air C.

    Abstract in Spanish:

    Comparamos diferentes medios artificiales y procedimientos de cultivo in vitro de Leishmania braziliensis braziliensis (Lbb) aislada de lesiones de hamsteres experimentalmente infectados. Observamos que la aspiración de material de la lesión, usando jeringa de 5 mlyaguja 22g(25 x 8mm), mostró resultados satisfactorios siendo un procedimiento conveniente de colecta. El medio de Agar Sangre Difco (DAB) es un medio eficiente para el aislamiento de Lbb. El medio de Evans demostro similares resultados al DAB, mientras que el medio líquido de Schneider y el químicamente definido AR-103 fueron nitidamente inferiores. En la propagación in vitro de Lbb, el medio de Schneider permitió un buen crecimiento del flagelado, alcanzando densidades de 0,21 - 2,57 x 10(8) promastigotes por ml ya, en el 5.° dia de cultivo. La adición de 5-fluorocytosine a los tubos de cultivo (150/jg/ml)para evitar la contaminación por hongos, no inhibió el crecimiento de Lbb.

    Abstract in English:

    We have compared differeni media and isolation procedures to cultivate Leishmania braziliensis braziliensis/rom hamster tissues. Wefmd that aspiration of the lesion using a 22 g needle and a five ml syringegives satisfactorv results, and is a convenient sampling method. Difco Blood agar is an efficient medium for isolation. Evans medium gave equal results while Schneiders and AR-103 medium were inferior. In Schneider's medium flagellate growth achieved 0.21 - 2.57 x 10(8) promastigotes/ml bv the fifth day 5-fluorocytosine added to the cultures to avoid fungal contamination does not inhibit the growth of L. b. brasiliensis.
  • Avaliação da sensibilidade da técnica de eclosão de miracídios, de Suzuki, em comparação com outros processos empregados no diagnóstico da esquistossomose mansônica Artigos

    Pinto, Pedro Luiz Silva; Campos, Rubens; Amato Neto, Vicente; Moreira, Antônio Augusto Baillot; Sant'Ana, Eunice José de; Guizelini, Elaine; Sauaia, Naim

    Abstract in Portuguese:

    Para simplificar o diagnóstico da esquistossomose mansônica há interesse de utilizar exame das fezes executado com base na eclosão de miracidios. Foi analisada a sensibilidade do método idealizado por Suzuki, através de comparação com os processos de Kato-Katz, Hoffman, Pons e Janer (sedimentação espontânea em água) e Chieffi e cols. Ficou comprovado que a tática em apreço é útil, mas não suplanta os méritos das outras empregadas, apresentando todavia melhor resultado quando presentes nas fezes maiores quantidades de ovos.

    Abstract in English:

    In order to simplify the diagnosis of Mansorís schistosomiasis, the use of stool examinations based miracidial hatching has recently been considered. The sensitivity of the Suzukis technique was evaluated in comparison to those of Kato-Katz, Hojfman, Pons and Janer and Chieff and cols. The former technique showed itself to be useful, yielding better results when large numbers of eggs were found in the stool, but did not surpass the performance of the other above mentioned techniques.
  • Histopatologia da esquistossomose mansoni em fígado de Mus musculus infectado por amostras humanas de fase aguda e crônica da periferia de Belo Horizonte, Minas Gerais Artigos

    Carvalho, Amélia Dulce Vilela de; Alvarenga, Roberto Junqueira de; Melo, Alan Lane de

    Abstract in Portuguese:

    Exemplares de Biomphalaria glabrataforam infectados com miracídios obtidos de ovos de Schistosoma mansoni, encontrados em fezes de indivíduos de 7 a 18 anos, da região de Lagoa da Pampulha, Belo Horizonte, MG. Os pacientes de fase aguda se infectaram em uma primeira visita ao foco. Os da fase crônica eram moradores próximos aos focos. Para cada caso clínico, isolou-se a respectiva amostra do parasita. Foram infectados pela cauda 55 camundongos fêmeas com 70 ± 10 cercárias. Cortes histológicos de fígados, corados por HE, tricrômico de Gomori, impregnação metálica pela prata, e PAS foram observados à microscopia óptica. Não houve diferenças estatísticas em relação às médias das mensurações dos diâmetros dos granulomas referentes às amostras e datas de sacrifícios. Os granulomas apresentaram fase exsudativa do tipo Ha (reação de inflamação mista) e IIIa (granuloma com células epitelióides). Com amostras de pacientes em fase aguda o padrão predominante foi a Ha na 7ª semana. Na 10.ª semana predominaram granulomas do tipo IIIa. Nas amostras de pacientes em fase crônica, verificou-se uma mescla de granulomas do tipo Ha e IIIa na 7ª semana. Na 10ª semana predominou o tipo IIIa. Alguns aspectos histopatológicos de fígados foram descritos e comparados com aqueles existentes na literatura.

    Abstract in English:

    Specimens o/Biomphalaria glabrata were infected with miracidia obtained from eggs of Schistosoma mansoni found in the feces of patients aged 7 to 18 years old, from Lagoa da Pampulha area, Belo Horizonte, Minas Gerais, tírazil. The patients in the acnte phase were infected on their first visit to the focus. The patients with chronic phase disease were living around the focus. Egg samples were isolate from each clinical case. Fifty five female miee were infected by their tails with 70 ± 10 cercaria Seclions of lirer were stained bv HE, Gomori trichrome, silver impregnation, and PAS, and examined by optical microscopy. No statistical difference was observed between the average diameter of the granulomas and the sample and date of sacrifice of the mice (7th and 10th weeks). The granulomas were in the exudative phase; type IIa (mixed inflammatory reactions) and type IIIa (granulomas with epithelioid cells). At the 7th week samples of the patients in acute phase showed granulomas type IIa. Type IIIa were predominam at the 10th' week. At the 7th week, in samples from chronic phase patients, a mixture of type lia and IIIa granulomas was observed. Some histopathologic aspects of the liver are described and compared with those already found in the literature.
  • Doença de Chagas congênita: avaliação imunocitoquímica do parasitismo em tecidos de feto macerado Artigos

    Lana, Ana Maria A.; Lages-Silva, Eliane; Barbosa, Alfredo J. A.

    Abstract in Portuguese:

    O método imunocitoquímico de peroxidase anti-peroxídase é aplicado, pela primeira vez, em tecidos de natimorto macerado de II-III graus para coloração específica de amastigotas do Trypanosoma cruzi, em caso de doença de Chagas congênita. Os resultados mostram que o encontro de ninhos de amastigotas é muito facilitado pelo método, mesmo em tecidos autolisados, onde a morfologia dos parasitas geralmente se mostra muito alterada; o método é recomendável, também nestes casos, para a avaliação mais precisa da intensidade do parasitismo.

    Abstract in English:

    In order to specijically stain the Trypanosoma cruzi amastigotes, the immunocytochemical peroxiIn order to specijically stain the Trypanosoma cruzi amastigotes, the immunocytochemical peroxidase anti peroxidase melhod was carried out in advanced macerated premature tissues of u case of human congenital Chagas' disease. The results have shown that the immunocytochemical method markedly improved the identijication o f the tissue parasitism when compared with the hematoxylin and eosin stain, even in advanced autolysed tissues.
  • Infecção natural de triatomíneos do espírito santo por flagelados morfologicamente semelhantes ao Trypanosoma cruzi Comunicações

    Sessa, Paulo Augusto; Carias, Valquiria Rocha Daher
  • II reunião anual sobre pesquisa aplicada em doença de Chagas

  • Oncocercose: primeiro caso autóctone da Região Centro-Oeste do Brasil Relato De Casos

    Gerais, Benvindo Bezerra; Ribeiro, Tarcísio Conrado

    Abstract in Portuguese:

    Os autores descrevem o primeiro caso autóctone de oncocercose ocorrido na Região Centro-Oeste do Brasil. Baseados em dados epidemiológicos, suspeitam que a infecção tenha sido adquirida no município de Minaçu, Goiás, onde foram detectados garimpeiros provindos da serra dos Surucucus, no Território Federal de Roraima, um dos primeiros focos dessa Jilariose descritos no Brasil.

    Abstract in English:

    The first autochthonous case of onchocerciasis in the West Central region of Brazil is described. Based on epidemiological data it is suspected that the infection has been acquired by thepatient in Minaçu, State of Goiás, where gravei washers comingfrom the Surucucus Mountain Range, in the Federal Territory of Roraima, are now working. The finding of the present case indicates the existence of a new focus of onchocerciasis in Brazil.
  • Acute airway obstruction due to oedema of the larynx following antimony therapy in mucosal leishmaniasis

    Costa, J. M. L.; Netto, E. M.; Marsden, P. D.
  • O centenário de nascimento de Gaspar Vianna Fatos Históricos

    Fraiha Neto, Habib
  • The discovery of urea stibamine

    Marsden, Philip D.
  • Estudo dos marcadores sorológicos do vírus da hepatite B (VHB) em área de ocorrência da hepatite de lábrea (febre negra), Codajás, AM, Brasil Cartas Ao Editor

    Fonseca, J.C.F.; Tavares, A.M.; Simonetti, J.P.; Simonetti, S.R.; Schatzmayr, H. G.
  • Estudo do metabolismo e preservaçao do sangue fresco e estocado tratado pela violeta de genciana Cartas Ao Editor

    Souza, Hélio Moraes de
  • Procedência de pacientes com leishmaniose de mucosa em área endêmica da Bahia, Brasil Cartas Ao Editor

    Netto, Eduardo M.; Marsden, Philip D.; Costa, Jackson M.; Barreto, Air C.; Cuba, Cesar C.
  • O Controle das Endemias no Brasil de 1979 a 1984 Resumo Bibliográfico

    Marques, Agostinho Cruz
Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br