Accessibility / Report Error
Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Volume: 19, Issue: 3, Published: 1986
  • Programa de controle da doença de Chagas no Brasil em 1986 Editorial

    Dias, João Carlos Pinto
  • Emprego da associação tetraciclina e quinino no tratamento da malária causada pelo Plasmodium falciparum Artigos

    Barata, L.C.B.; Boulos, M.; Dutra, A.P.

    Abstract in Portuguese:

    Cento e dez pacientes com malária falciparum não complicada, provenientes da Amazônia brasileira, foram tratados com cloridrato de tetraciclina, na dose de 250 mg a cada 6 horas por 7 dias, associado ao sulfato de quinino na dose de 1,5 a 2,0 gramas/dia nos 3 ou 4 dias iniciais de tratamento. Os pacientes tiveram acompanhamento clínico e parasitológico por pelo menos 7 dias e em todos observou-se a negativação da parasitemia após o tratamento. Setenta e cinco pacientes foram acompanhados por 28 dias ou mais e destes 71 tiveram resposta do tipo Se4do tipo RI. O cloridrato de tetraciclina associado ao sulfato de quinino mostrou-se altamente eficaz no tratamento de malária falciparum não complicada, sendo bem tolerado e portanto útil na terapêutica das infecções por P. falciparum multirresistentes contraídas na Amazônia.

    Abstract in English:

    110 patients with P. falciparum malaria and no complications from the Brazilian Amazon region were treated with the association tetracycline hydrocloride (1 g/d during 7 days) and quinine sulphate (1.5 or 2 g/d during 3 or 4 days) at the beginning of treatment. All patients were followed for at least 7 days and no blood parasites were detected ont the 7th day. Seventy- five patients could be followed for 28 days or longer and 4 of them (5.3%) showed parasitemia again. These results support the efficacy of the association quinineplus tetracycline in the treatment of P. falciparum malaria infections from the Amazon region.
  • Morbidade da doença de Chagas: estudo seccional em uma área endêmica, Virgem da Lapa, Minas Gerais Artigos

    Pereira, José Borges; Coura, José Rodrigues

    Abstract in Portuguese:

    De janeiro a abril de 1982 foi desenvolvido um estudo seccional sobre a morbidade da doença de Chagas humana na área urbana do município de Virgem da Lapa, nordeste de Minas Gerais, Vale do Jequitinhonha. A prevalência da infecção chagásica avaliada através da reação de imunofluorescência indireta em sangue colhido em papel de filtro foi de 12,6%, em uma amostra de 2.787 pessoas residentes. O índice da infecção foi mais elevado no grupo de mulheres (p < 0,001) em relação ao de homens; aumentou progressivamente com a idade até a quinta década da vida, a partir da qual se estabilizou. Os exames clínico, eletrocardiográfico e radiológico de 255 chagásicos crônicos, pareados por idade e sexo com igual número de não chagásicos-controles, revelaram as formas clínicas da doença nas seguintes freqüências: 118 (46,3%) na forma indeterminada, 109 (42,7%) na cardíaca, 19 (7,5%) na mista (cardiopatia + megaesôfago) e 9 (3,5%) na digestiva (megaesôfago). A positividade global em 90 xenodiagnósticosfoi de 36,7%, com predomínio entre os pacientes do sexo masculino e na forma clínica indeterminada.

    Abstract in English:

    From January to April 1982 a cross sectional study of the morbidity of human Chagas'disease was carried out in the urban area of the municipality of Virgem da Lapa, in Northeast Minas Gerais State, in the Valley of Jequitinhonha. The prevalence of the chagasic infection evaluated by the indirect immunofluorescent test in blood collected on filter paper was 12.6% in 2.787samples. The infection rate was higher in women than in men (p < 0.001) and the general prevalence of the infection increased progressively up to the fifth decade after which it stabilised. The clinical, electrocardiographical and radiological examinations in 255 chronic chagasics paired by age and sex with the same number of non- chagasic persons from the same area, showed the following clinical forms in chagasics: 118 (46.3%) with the indeterminate form, 109 (42.7%) with the cardiac form, 19 (7.5%) mixed form (cardiac and megaesophagus), and 9(3.5%) with megaesophagus. Xenodiagnoses were positive in 36.7% of the cases, with a predominance in males with the indeterminate clinical form.
  • Estudo soroepidemiológico da cisticercose humana em Brasília, Distrito Federal Artigos

    Vianna, Lucy Gomes; Macêdo, Vanize; Costa, Júlia Maria; Mello, Paulo; Souza, Dalair de

    Abstract in Portuguese:

    Estudo soroepidemiológico realizado em Brasília evidenciou a presença de infecção pelo Cysticercus cellulosae, detectada pelos testes imunoenzimáticos Elisa e imunofluorescência indireta, em 5,2% dos 1122 indivíduos avaliados. Entre os 120 líquidos cefalorraqueanos examinados, provenientes de pacientes que apresentaram sinais sugestivos de neurocisticercose, 16,7% foram reagentes. A prevalência da sorologia reagentefoi 20,4% no grupo de doentes com a hipótese diagnostica de cisticercose, 3,5% no grupo de seus familiares, 5,5% e 0,6% naqueles constituídos de pacientes ambulatoriais com cefaléia e epilepsia, respectivamente; e 0% no grupo controle. A cisticercose prevaleceu nas faixas etárias mais avançadas, nâo havendo predominância de sexo. No diagnóstico imunológico detectaram-se índices de positividoâe que variaram entre os grupos naturais das diversas regiões do país, sendo encontrados 8,1% de indivíduos sororreagentes no Sudeste, 5,8% no Nordeste, 5,3% no Centro-Oeste e 3,5% no Sul do país. Dos fatores epidemiológicos, a ausência de condições sanitárias nas residências, o maior contato com suínos, e o uso de água de rio constituíram os maiores riscos para contrair a moléstia, sendo seu risco relativo de 3,1, 2,2 e 1,8, respectivamente.

    Abstract in English:

    A seroepidemiological study performed in Brasília showed evidence of infection by Cysticercus cellulosae in 5.2% of the sera from 1122 subjects and 16.7% of 120 cerebrospinal fluid specimens using Elisa and indirect immunofluorescent tests. Correlations were made between the presence of these antibodies in patients and control subjects, with sex, origin and certain epidemiological factors. Positive servology was found in 20.4% of patients suspected to nave cysticercosis, 3.5% of their relatives, 5.5% of out patients with headache, 0.6% of out patients with epilepsy and no positive serology was detected in the control group. Cysticercosis was morefrequent in older individuals but there was no sex predominance. Seropositivity varied according to different geographical regions of the country as follows: Southeast 8.1 %, Northeast 5.8%, Central west 5.3% and South ofine country 3.7%. The absence of sanitary conditions in the home, close contact with swine, and the use of river water, constituted factors of risk with the respective values of 3.1, 2.2, and 1.8.
  • Atividade colinesterásica no plasma e em eritrócitos de pacientes com as formas cardíaca e indeterminada da doença de Chagas Artigos

    Gomes, Roseli A.S.; Miziara, Lineu J.; Gonçalves, José Geraldo F.; Franchini, Kleber G.; Hial, Valdemar

    Abstract in Portuguese:

    A atividade colinesterásica foi determinada no plasma e em eritrócitos de 10 indivíduos normais e em 26 pacientes chagásicos crônicos, sendo 6 com insuficiência cardíaca congestiva compensada, 10 com cardiopatia sem insuficiência cardíaca congestiva e 10 com a forma indeterminada. Os valores enzimáticos encontrados foram (média ±sd): 2196 ± 442 UI/L no plasma e 19,4 ± 3,3 Ul/g Hb em eritrócitos do grupo controla; 2291 ± 317 UI/L no plasma e 19,2 ±3,7 Ul/g Hb em eritrócitos dos chagásicos com insuficiência cardíaca congestiva compensada; 2445 ± 357 UI/L no plasma e 18,3 + 3,0 Ul/g Hb em eritrócitos dos cardiopatas chagásicos sem insuficiência cardíaca congestiva; 2006 ± 327 UI/L no plasma e 17,8 ± 3,1 Ul/g Hb em eritrócitos de chagásicos com a forma indeterminada. Nossos dados mostram que o comprometimento neuronal que ocorre nos cardiopatas chagásicos crônicos não é suficiente para levar a alterações significativas (p > 0,05) das atividades colinesterásicas no plasma e em eritrócitos.

    Abstract in English:

    Cholinesterase activity was measured in the plasma and erythrocytes from 10 healthy individuals and 26 chronic chagasic patients. The chronic chagasic patients were distributed in 3 groups: 6 chagasic patients with compensated heart failure; 10 chagasic patients with cardiopathy but without heart failure; and 10 chagasic patients with the indeterminateform. The enzymatic levels achieved in plasma and erythrocytes were. respectively: 2,196 ± 442 UI/L and 19.4 ± 3.3 Ul/g Hb from Controls; 2,291 ±317 UI/L and 19.2 ±3.7 Ul/g Hb from chagasic patients with compensated heart failure; 2,445 ±357 UI/L and 18.3 ± 3.0 Ul/g Hb from chagasic patients with cardiopathy but without heart failure and 2,006 ± 327 UI/L and 17.8 ± 3.1 Ul/g Hb from chagasic patients with the indeterminate form. Our data show that neuronal injury in the chronic cardiopathy is not sufficient to promote significant alterations (p > 0,05) in the cholinesterase activity in the plasma and erythrocytes.
  • Effects of betamethasone on the course of experimentai. Infection with Trypanosoma cruzi

    Abath, Frederico G.C.; Gomes, Yara M.; Coutinho, Eridan M.; Montenegro, Silvia M.L.; Melo, Maria E.B.; Carvalho, Alexandre B.

    Abstract in Portuguese:

    Foram estudados os efeitos da betametasona administrada na fase pós-aguda imediata de uma infecção pelo T. cruzi em camundongos. O tratamento consistiu de 30 doses diárias de 0,15 mg de betametasona, a partir de 42° dia de infecção, não havendo aparecimento de novos surtos de parasitemia. No tempo de duração do experimento (7 meses) não houve diferença entre as lesões histopatológicas dos animais tratados e dos não tratados. O grupo experimental apresentou uma maior mortalidade acumulada no 75º dia de infecção, o que pode ser atribuído a infecções bacterianas associadas. Por outro lado, camundongos albinos "outbred", infectados com baixo inóculo, não se apresentaram como bom modelo de doença de Chagas, já que não desenvolveram lesões importantes nem na fase aguda nem após 7 meses de infecção. Em conclusão, o tratamento imunosupressivo prolongado, após a fase aguda de uma infecção mínima com a cepa Ydo T. cruzi não tem influência sobre o curso da infecção, pelo menos no que tange ao agravamento da mesma.

    Abstract in English:

    In this experiment, the effect of betamethasone administered in the early post- acute infection of mice by Trypanosoma cruzi was studied. This drug was administered during 30 days after the 42nd day of infection in a dose of 0.15 mg/day. The betamethasone treatment did not cause fresh outbreaks of parasitemia and the histopathological findings in the chronic phase were not different from those in the control group. The higher cumulative mortality after treatment in the experimental group was due to superimposed bacterial infections. Outbred albino mice infected with low numbers ofY strain Trypanosoma cruzi trypomastigotes were not suitable models for Chagas' disease, since after 7 months of observation only mild histological lesions developed in all the animais. Prolonged betamethasone treatment of mice infected with low numbers o/Trypanosoma cruzi of the Y strain, during the post-acute phase did not aggravate the course of infection.
  • Penetração do Trypanosoma cruzi através do ponto da picada de triatomíneos Artigos

    Soares, V.A.; Marsden, P.D.

    Abstract in Portuguese:

    Testou-se a eficiência do ponto da picada de triatomineos como via de infecção para o T. cruzi, utilizando-se modelo experimental em camundongos. A infecção, por essa porta de entrada, ocorreu em 24% dos animais. Considerando-se que os testes foram realizados em condições ótimas, conclui-se que a aquisição da doença de Chagas por esta via não seja comum.

    Abstract in English:

    We evaluated the efficiency of the site of triatomine bite as the route of infection of T. cruzi using a mouse model. Infection occurred by this portal of entry in 24% of animais. Considering that these experiments were done under optimal conditions it is concluded that the aquisition of Chagas disease by this route must be uncommon.
  • Megacólon chagásico congênito: relato de um caso Relatos De Casos

    Almeida, Marco Antonio Cardoso de; Barbosa, Helenemarie Schaer

    Abstract in Portuguese:

    Os autores descrevem o caso de um recém-nascido anencéfalo com oito dias de vida, que à autópsia apresentava grande dilatação do cólon descendente, acompanhada de alterações degenerativas e inflamatórias dos plexos mioentéricos e parasitismo de células volumosas, de núcleos gigantes e vacuolados, por formas amastigotas de Trypanosoma cruzi, exclusivamente no intestino grosso. As alterações colônicas foram as únicas manifestações da doença de Chagas.

    Abstract in English:

    The authors report the case of an anencephalic neonate, who presented at autopsy extreme dilatation of the left colon accompanied by degenerative and inflammatory alterations of the myenteric plexus and parasitism of large vacuolated cells by amastigote forms of T. cruzi, exclusively in large bowel. The large bowel alterations were the sole manifestation of Chagas' disease.
  • Hipertensão pulmonar esquistossomotica persistente em paciente após reversão da forma hépato-esplênica: apresentação de um caso Relatos De Casos

    Emanuel, Antônio; Prata, Aluizio; Bina, J.C.; Guimarães, Armênio

    Abstract in Portuguese:

    Os autores relatam o caso de um paciente masculino, de 24 anos, hépato-esplênico e com hipertensão pulmonar esquistossomótica (pressão média na artéria pulmonar de 27,5mm HG). Tratado com oxamniquine. Após 11 anos o exame mostrou reversão à hépato-intestinal, com persistência da hipertensão pulmonar, diagnosticada pelo cateterismo cardíaco (pressão média na artéria pulmonar de 20mm Hg) e ecocardiografia.

    Abstract in English:

    The authors report a case of 24 year old man with hepatosplertic schistosomiasis and pulmonary hypertension (mean pulmonary artery arterial pressure 2 7.5mm of mercury). Eleven years after treatment with oxamniquine he had the hepatoinstestinal form of the disease with persistence of the pulmonary hypertension (20mm) as diagnosed by cardiac catheterisation and echocardiography.
  • Imunologia da Leishmaniose tegumentar Revisão

    Barral-Netto, Manoel; Badaró, Roberto; Barrai, Aldina; Carvalho, Edgar M.
  • Sobre o Paragonimus westermani no Brasil. Notas sobre um trabalho antigo Cartas Ao Editor

    Meira, João Alves; Corrêa, Marcelo Osvaldo Alvares
  • Unusual prevalence of Leishmania braziliensis braziliensis in four families

    Wong, L.; Netto, E. M.; Wiese, K.; França, F.; Cuba, C. C.; Llanos-Cuentas, E. A.; Jones, T.C.; Johnson, W. D.; Barreto, A. C.; Marsden, P. D.
  • Ocorrência familiar da leishmaniose tegumentar americana em uma região endêmica, corte de Pedra, Bahia Cartas Ao Editor

    Costa, J.M.L.; Osaho, N.K.; Vale, K.C.; Lago, E.L.; França, F.; Vexenat, J.A.; Marsden, P.D.
  • Topical pentostam in an attempt to produce more rapid healing of skin ulcers due to Leishmania braziliensis braziliensis

    Costa, J.M.L; Barrios, L. Aristimuno; Netto, E.M.; Marsden, P.D.
  • Miocardiopatía Crônica Endêmica Rural Venezoiana. Chagásica? Monografia. Editado por D.N. Montero Resenhas Bibliográficas

    Junqueira Jr., Luiz
  • The management of aids patients. P. 202. Edited by Miller D, Weber J, Green J. Macmillan, London, 1986. Aids concerns? You. P. 104 Weber J, Ferriman A.

    Marsden, Philip D.
Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Caixa Postal 118, 38001-970 Uberaba MG Brazil, Tel.: +55 34 3318-5255 / +55 34 3318-5636/ +55 34 3318-5287, http://rsbmt.org.br/ - Uberaba - MG - Brazil
E-mail: rsbmt@uftm.edu.br