Informação x Engajamento em websites parlamentares - um estudo de caso de Brasil e Reino Unido

Resumo

Websites parlamentares tornaram-se a principal janela do parlamento para o mundo externo. Mais que uma estratégia publicitária, eles são um elemento essencial na promoção da relação entre parlamentos e cidadãos. Este artigo desenvolve uma análise comparativa dos websites das câmaras baixas dos parlamentos brasileiro e britânico, respectivamente Câmara dos Deputados e Casa dos Comuns. Estruturamos a análise em três dimensões: 1) informação sobre a instituição; 2) informação sobre a atividade parlamentar e (3) ferramentas para promover o engajamento com o público. A escolha de dois casos de estudo tão diferentes permite-nos considerar mais claramente os propósitos específicos desses websites. Consideramos, particularmente, se as diferenças institucionais entre os parlamentos afetam seus websites. A análise dos websites é complementada por entrevistas semiestruturadas com servidores dos parlamentos encarregados de gerenciar os serviços providos pelos websites. Nossa análise mostra que ambos os websites alcançam um alto nível de complexidade nas áreas de informação e engajamento. Porém, mostra ainda que o parlamento brasileiro inclui muito mais ferramentas desenhadas para a interação com o público do que a sua contraparte britânica. Os índices e entrevistas demonstram que ambas as instituições são comprometidas com a disseminação de dados e informações para os cidadãos. Isso é visto com um caminho para ampliar a accountability e melhorar o conhecimento sobre os processos parlamentares e, consequentemente, melhorar a imagem pública e os níveis de confiança nos parlamentos. Enquanto há um forte foco na provisão de informações, ainda há poucas evidências de que os websites são utilizados para possibilitar a participação cidadã no processo legislativo. Este cenário se deve, parcialmente, à tensão entre as concepções de democracia representativa e democracia participativa. A articulação entre estes diferentes tipos de democracia ainda tem um longo caminho para ser resolvida, ainda que os parlamentos estejam lentamente introduzindo as ferramentas participativas.

Palavras-chave:
internet e parlamento; websites parlamentares; engajamento político; Brasil; Reino Unido

Universidade Federal do Paraná Rua General Carneiro, 460 - sala 904, 80060-150 Curitiba PR - Brasil, Tel./Fax: (55 41) 3360-5320 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: editoriarsp@gmail.com