Evidenciação de antígeno da hepatite B (HBsAg) em "manchas" obtidas de exemplares de Triatominae: nota prévia

Hepatitis B antigen (HBsAg) in wildcaught Triatominae in Brazil: communication

Resumos

De 890 "manchas" provenientes de insetos dos gêneros Panstrongylus, Rhodnius e Triatoma, positivas para sangue humano, 7 deram resultados presumptivamente positivos por hemaglutinação passiva para HBsAg. Deste total só um caso foi confirmado como positivo, por RIE (radioimunoensaio), correspondendo a uma "mancha" obtida de Triatoma sordida (ninfa de 5.º estádio).

Antígeno Austrália; Triatominae; Hemaglutinação passiva; Radioimunoensaio


A total of 890 impressions on filter paper identified as containing human blood, were examined for the presence of hepatitis B antigen (HBsAg), using the Hepanosticon haemagglutination and radioimmunoassay techniques. The samples examined belong to the Panstrongylus, Rhodnius and Triatoma genres. The Hepanosticon haemagglutination technique showed that 7 impressions, after elution, were presumably positive for HBsAg, but by radioimmunoassay, this antigen could only be detected in 1. The positive sample was obtained from a specimen of Triatoma sordida (fifth instar nymph).

Australia antigen; Triatominae; Hemagglutination; Radioimmunoassay


NOTAS E INFORMAÇÕES/NOTES AND INFORMATION

Evidenciação de antígeno da hepatite B (HBsAg) em "manchas" obtidas de exemplares de Triatominae

Nota Prévia

Hepatitis B antigen (HBsAg) in wildcaught Triatominae in Brazil

Communication

J. A. N. CandeiasI; Oswaldo Paulo ForattiniII; J. G. VieiraIII

IDo Departamento de Microbiologia e Imunologia do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo – Av. Dr. Arnaldo, 715 – São Paulo, SP – Brasil

IIDo Departamento de Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo – Av. Dr. Arnaldo, 715 – São Paulo, SP – Brasil

IIIDo Departamento de Endocrinologia da Escola Paulista de Medicina – Rua Botucatu, 720 – São Paulo, SP – Brasil

RESUMO

De 890 "manchas" provenientes de insetos dos gêneros Panstrongylus, Rhodnius e Triatoma, positivas para sangue humano, 7 deram resultados presumptivamente positivos por hemaglutinação passiva para HBsAg. Deste total só um caso foi confirmado como positivo, por RIE (radioimunoensaio), correspondendo a uma "mancha" obtida de Triatoma sordida (ninfa de 5.° estádio).

Unitermos: Antígeno Austrália. Triatominae. Hemaglutinação passiva. Radioimunoensaio.

SUMMARY

A total of 890 impressions on filter paper identified as containing human blood, were examined for the presence of hepatitis B antigen (HBsAg), using the Hepanosticon haemagglutination and radioimmunoassay techniques. The samples examined belong to the Panstrongylus, Rhodnius and Triatoma genres. The Hepanosticon haemagglutination technique showed that 7 impressions, after elution, were presumably positive for HBsAg, but by radioimmunoassay, this antigen could only be detected in 1. The positive sample was obtained from a specimen of Triatoma sordida (fifth instar nymph).

Uniterms: Australia antigen. Triatominae. Hemagglutination. Radioimmunoassay .

INTRODUÇÃO

Em alguns países da região tropical têm sido descritos índices de portadores de antígeno da hepatite B (HBsAg) da ordem de 20%1. Além dos processos correntes de transmissão da hepatite B, a caracterização de mosquitos como vetores biológicos desta infecção tem sido sugerida por alguns trabalhos experimentais e trabalhos de campo2,3.

O objetivo da presente pesquisa é identificar o antígeno da hepatite B (HBsAg) em "manchas", destinadas ao estudo de precipitinas, obtidas de exemplares de Triatominae.

MATERIAL E MÉTODOS

Foram examinadas 890 "manchas" provenientes de exemplares dos gêneros Panstrongylus, Rhodnius e Triatoma, por hemaglutinação passiva, usando-se o reagente Hepanosticon e por radioimunoensaio (RIE), para a pesquisa de HBsAg.

RESULTADOS

Do total de "manchas" examinadas, 98 foram positivas para sangue humano. Na pesquisa do antígeno HBsAg identificaram-se 7 casos suspeitos. A confirmação feita por radioimunoensaio deu os seguintes resultados: num primeiro ensaio foram testados 5 casos, dos quais 4 deram uma leitura abaixo do valor limite de positividade de 290 e um deu uma leitura de 1.151, valor bem acima do referido valor-limite, o que levou a considerá-lo como positivo; no segundo ensaio os 2 casos testados deram uma leitura abaixo do valor-limite de positividade de 265.

O caso positivo correspondia à "mancha" obtida de um exemplar de Triatoma sordida (ninfa de 5.° estádio), capturado em 18/10/75 em área peri-domiciliar; a pesquisa de antígeno da hepatite B (HBsAg) foi feita em janeiro de 1976, momento em que se procedeu à eluição do material da "mancha". Está em curso a pesquisa sistemática daquele antígeno em material de campo, ao mesmo tempo que se desenvolvem, no laboratório, estudos experimentais sobre a capacidade de transmissão do mesmo pelo Triatoma sordida.

Recebido para publicação em 07/06/1976

Aprovado para publicação em 14/06/1976

  • 1. BYROM, N.A. et al. Role of mosquitoes in transmission of hepatitis B antigen. J. infect. Dis., 128:259-60, 1973.
  • 2. PRINCE, A.M. et al. Hepatitis B antigen in wild-caught mosquitos in Africa. Lancet, 2:247-50, 1972.
  • 3. SMITH, J.A. et al. Transmission of Australia antigen by Culex mosquitoes. Nature, 237:231-2, 1972.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    28 Jun 2006
  • Data do Fascículo
    Set 1976

Histórico

  • Aceito
    14 Jun 1976
  • Recebido
    07 Jun 1976
Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Avenida Dr. Arnaldo, 715, 01246-904 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3061-7985 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revsp@usp.br