Oviposição diária de Aedes aegypti em Orán, Salta (Argentina)

Elizabet Lilia Estallo Francisco Ludueña-Almeida Carlos Marcelo Scavuzzo Mario Zaidenberg María Virginia Introini Walter Ricardo Almirón Sobre os autores

O objetivo do estudo foi determinar os horários de máxima atividade de oviposição de Aedes aegypti na cidade de Orán (noroeste argentino). Foram realizadas coletas quinzenais, entre novembro de 2006 e fevereiro de 2007 (primavera-verão). A cidade foi dividida em três zonas (norte, centro, sul); foram escolhidos aleatoriamente dez domicílios em cada zona e duas ovitrampas foram instaladas no exterior de cada domicílio. As ovitrampas eram trocadas a cada quatro horas, cobrindo desde a manhã (8h) até a noite (20h). A maior quantidade de ovos (81%) foi registrada entre as 16h e 20h. Esses dados aportam conhecimento do vetor e, portanto, a seu controle, como, por exemplo, realizar a fumegação na faixa horária de maior atividade de oviposição.

Aedes; Oviposição; Insetos Vetores; Dengue, prevenção & controle


Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Avenida Dr. Arnaldo, 715, 01246-904 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3061-7985 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revsp@usp.br