Soroepidemiologia da citomegalovirose em comunidade urbana de São Paulo, Brasil

INTRODUÇÃO: Após a era da vacinação contra a rubéola, a citomegalovirose tornou-se uma das causas mais freqüentes de surdez congênita e retardamento mental. Estudos soroepidemiológicos são necessários para entender a dinâmica de transmissão da doença. O objetivo do estudo foi quantificar a transmissão dessa doença em comunidade do Estado de São Paulo, Brasil.M MÉTODOS: Foi realizado estudo sorológico retrospectivo utilizando anticorpos contra o citomegalovírus (CMV) de classe IgG, pelo método ELISA, em soros congelados de 443 indivíduos, randomizados e selecionados pela técnica de Cluster, provenientes da comunidade de Caieiras, uma pequena cidade localizada nos arredores de São Paulo. As amostras foram colhidas entre novembro de 1990 e janeiro de 1991. No estudo da soroprevalência estratificada por idade (0 a 40 anos), foram aplicadas técnicas matématicas para a determinação da função de decaimento de anticorpos maternos durante o primeiro ano de vida, da função de soroprevalência por idade e da força de infecção para o CMV na comunidade. RESULTADOS: Foi observada uma fase descendente da soropositividade durante os primeiros nove meses, porém ocorreram mudanças nos títulos de anticorpos entre oito meses e um ano de vida. A idade média de aquisição da primeira infecção foi de 5,02 meses e 18,84 anos, quando se analisaram a soroprevalência e a força de infecção, idade dependentes, respectivamente entre 10 meses e 10 anos e 10 e 40 anos. CONCLUSÕES: A citomegalovirose é altamente prevalente na população estudada e ocorre precocemente já no primeiro ano de vida. O estudo demonstrou que mulheres em idade reprodutiva se encontravam vulneráveis à primeira infecção, aumentando a chance de doença congênita.

Infecções por cytomegalovirus; Estudos soroepidemilógicos; Modelos matemáticos; Infecções por cytomegalovirus; Infecções por cytomegalovirus; ELISA; Transmissão vertical de doença; Transmissão horizontal de doença; Fatores etários; Citomegalovirose


Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Avenida Dr. Arnaldo, 715, 01246-904 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3061-7985 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revsp@usp.br