Perdas dentárias em adultos: fatores associados à posição e ao número de dentes perdidos

Valmir Vanderlei Gomes Filho Brunna Verna Castro Gondinho Manoelito Ferreira Silva-Junior Denise de Fátima Barros Cavalcante Jaqueline Vilela Bulgareli Maria da Luz Rosario de Sousa Antonio Carlos Frias Marília Jesus Batista Antonio Carlos Pereira Sobre os autores

RESUMO

OBJETIVO

Avaliar os fatores associados à perda dentária em adultos a partir da posição e do número de dentes perdidos nos arcos dentários.

MÉTODOS

Estudo transversal, populacional, com adultos participantes do levantamento epidemiológico de saúde bucal de São Paulo em 2015. O desfecho do estudo foi a perda dentária, avaliada pela classificação proposta, a saber: I) perdeu até 12 dentes posteriores; II) perdeu até 12 dentes (incluindo dentes anteriores); e III) perdeu acima de 12 dentes. Realizou-se uma análise em quatro blocos, apoiada em um modelo teórico conceitual adaptado para perdas dentárias. Para a regressão logística multinominal, usou-se “indivíduos que não tenham perdido dentes por cárie ou doença periodontal” como referência (p < 0,05).

RESULTADOS

De 6.051 adultos avaliados, 25,3% (n = 1.530) foram classificados na categoria I, 32,7% (n = 1.977) na II, 9,4% (n = 568) na III e 1,9% (n = 117) eram desdentados totais. A menor renda e escolaridade, a percepção de necessidade de tratamento e última consulta motivada por rotina, dor ou extração foram associados à perda dentária, independentemente da classificação. A avaliação negativa do serviço odontológico esteve associada aos indivíduos que perderam até 12 dentes, tanto anteriores quanto posteriores. O sexo feminino e a presença de bolsa periodontal foram associados a perdas dentárias de até 12 dentes, incluindo anteriores, e acima de 12 dentes. A presença de cárie foi associada aos adultos que perderam até 12 dentes, incluindo dentes anteriores.

CONCLUSÃO

A classificação proposta permitiu a identificação de diferenças entre os fatores associados. Assim, fica evidente a necessidade de considerá-la em estudos futuros.

Adulto; Perda de Dente, epidemiologia; Fatores de Risco; Inquéritos de Saúde Bucal

Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Avenida Dr. Arnaldo, 715, 01246-904 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3061-7985 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revsp@usp.br