Prevalência de toxoplasmose ovina determinada pela reação de Sabin-Feldman em animais de Uruguaiana, RS, Brasil

Prevalence of toxoplasmosis in sheep from Uruguaiana (Rio Grande do Sul, Brazil detected by Sabin-Feldman dye-test

Carlos Eduardo Larsson Ligia M. Ferreira Jamra Eny Câmara Guimarães Dino Baptista Germano Pattoli Hebans Lincoln L. da Silva Sobre os autores

Determinou-se a prevalência de toxoplasmose ovina em soros de 100 animais, provenientes de Uruguaiana, RS e abatidos em Bragança Paulista, SP, Brasil, através de reação de Sabin-Feldman (RSF). Considerando-se animais positivos aqueles com títulos > ou = 16, obtiveram-se 39% de soro-reagentes, com títulos e percentuais de soropositividade correspondentes a: 16 (66,7%), 64 (23%), 256 (2,6%), 1024 (5,1) e 4000 (2,6%).

Toxoplasmose animal; Ovinos; Toxoplasma gondii; Reação de Sabin-Feldman


Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Avenida Dr. Arnaldo, 715, 01246-904 São Paulo SP Brazil, Tel./Fax: +55 11 3061-7985 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revsp@usp.br