Calagem superficial em solo ácido no sistema plantio direto melhora a acidez do subsolo e beneficia o crescimento radicular e a produção de trigo

A calagem na superfície do solo em plantio direto ocasiona modificações químicas no perfil que podem influenciar o crescimento do sistema radicular e a produção de grãos das culturas. O crescimento de raízes e a produção de trigo (Triticum aestivum L. cv. CD 104, moderadamente sensível ao Al), foram estudados cerca de 10 anos após a aplicação superficial de calcário (0, 2, 4 e 6 Mg ha-1) e três anos da reaplicação de calcário na superfície (0 e 3 Mg ha-1), em um Latossolo Vermelho distrófico textura média, manejado durante longo período no sistema plantio direto, em Ponta Grossa (PR). A acidez do solo limitou drasticamente o crescimento radicular e a produção de trigo, provavelmente por causa de prolongada falta de água ocorrida durante a fase de desenvolvimento vegetativo da cultura. A calagem na superfície ocasionou aumento de até 66% no crescimento radicular (0-60 cm) e de até 140% na produção de trigo. A densidade de raízes e a produção de trigo correlacionaram-se positivamente com o pH e o teor de Ca2+ trocável, e negativamente com o teor de Al3+ trocável e a saturação por Al3+, nas camadas superficiais e do subsolo.

Triticum aestivum L.; calcário dolomítico; alumínio; cálcio


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br