Uso de técnicas de marcadores moleculares na análise de sementes por companhias brasileiras produtoras de sementes

O mercado de sementes está se tornando um mercado globalizado e esta globalização está ocorrendo muito rapidamente. Para competir favoravelmente neste novo mercado global de sementes, qualidade e custo são e serão certamente os pontos chaves do negócio. Sementes de alta qualidade só podem ser obtidas através de um rigoroso controle de todo o processo de produção, etapa por etapa desde o seu planejamento inicial até a sua entrega ao consumidor final. Isto requer ciência, tecnologia, conhecimento, experiência, bom gerenciamento e certamente, o mais importante, um absoluto e incondicional comprometimento com a qualidade. Nos últimos anos, um grande número de resultados de pesquisa têm sido publicados, particularmente sobre o uso de algumas técnicas baseadas na Reação da Polimerase em Cadeia do "DNA" (RAPD, microsatélites, AFLP) para a determinação da pureza genética em análise de sementes. Tanto quanto sabemos, não existe nenhuma companhia brasileira de sementes usando, em bases regulares, RAPD ou outras técnicas de marcadores moleculares na determinação da pureza genética na análise de sementes. A maior parte delas está utilizando caracteres morfológicos ou fisiológicos expressados pelas sementes, plântulas ou plantas adultas e/ou eletroforese de proteínas/isoenzimas de sementes ou plântulas para esta finalidade. Os principais motivos para esta realidade atual são: as técnicas para uso de marcadores moleculares baseados em DNA são relativamente novas; falta de técnicos/profissionais especializados para a utilização das mesmas, em carater de rotina; custo mais elevado/amostra quando comparado com a eletroforese de proteínas/isoenzimas.

marcadores moleculares; análise de sementes; companhias de sementes; pureza genética


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Phone: +55 19 3429-4401 / 3429-4486 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br