PHOSPHORUS METABOLISM AND ESTIMATION OF PHOSPHORUS REQUIREMENTS FOR SHEEP

O objetivo do presente trabalho foi determinar o efeito de diferentes níveis de fósforo (P) da dieta na perda endógena fecal e estimar a necessidade mínima diária daquele elemento para ovinos. Foram utilizados 24 ovinos da raça Suffolk que receberam uma dieta básica de feno e mistura concentrada. Os tratamentos constituíram-se de diferentes quantidades de farinha de osso adicionada à dieta básica com a finalidade de se obter níveis de P suplementar de 0, 1, 2 e 3g/dia. Vinte e um dias após início da dieta experimental, foram injetados pela veia jugular esquerda 7,4 MBq de P radioativo (32P) em cada ovino e amostras de sangue, fezes e urina foram colhidas durante 8 dias com um intervalo de 24 horas entre as colheitas. Foram determinados o teor do P inorgânico e as atividades radioativas específicas. Os valores médios de perda endógena fecal nos tratamentos 0, 1, 2 e 3g, foram 19,00; 31, 79; 39,35; 38,06mg/kg de peso vivo (PV) por dia , respectivamente. Houve uma relação linear positiva entre perda endógena fecal e P consumido, indicando que esta perda está vinculada ao P da dieta. A excreção total nas fezes, absorção, retenção, excreção urinária e secreção salivar de P foram também relacionadas diretamente com o P consumido, fazendo parte do mecanismo de controle homeostático do organismo animal. A perda endógena fecal mínima para o consumo zero de fósforo foi de 8,27mg/kg PV por dia, e para balanço zero o fósforo consumido calculado foi de 21,36mg/kg PV por dia.

fósforo; ovinos; nutrição


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br