Prioridades na pesquisa em patologia de sementes

A patologia de sementes é uma área relativamente nova da Fitopatologia. Paul Neergaard é considerado o pai da patologia de sementes. O desenvolvimento de técnicas, nessa área, permite a realização de tratamentos de sementes menos agressivos ao ambiente e a execução de testes de sanidade mais confiáveis. Devido ao maior interesse nos aspectos econômicos e ambientais, as pesquisas relacionadas ao tratamento biológico de sementes estão se tornando mais comuns. O uso de tecnologias sofisticadas de amplificação do DNA permite a detecção de patógenos nas sementes, de maneira mais sensível que os métodos convencionais. Essas pesquisas serão fundamentais para garantir padrões elevados de sanidade de sementes e o melhor atendimento das exigências do consumidor, em todo o mundo, no próximo milênio.

sementes; patógenos; tratamento de sementes; PCR; amplificação de DNA


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br