Distribuição espacial de Diaphorina citri Kuwayama (Hemiptera: Psyllidae) em pomares de citros

O psilídeo Diaphorina citri Kuwayama tornou-se nos últimos anos uma das mais importantes pragas na cultura de citros, principalmente pelos prejuízos causados às plantas por ser o transmissor da bactéria causadora da doença Huanglongbing (HLB) ou 'Greening'. Com a finalidade de estudar a distribuição espacial de ninfas e adultos desta praga, instalaram-se experimentos em duas áreas de citros com histórico de ocorrência de HLB, no município de Matão (região central do Estado de São Paulo), em plantas de laranja 'Valência', com quatro e 12 anos de idade. Para estudo da agregação da população nas plantas, foram utilizados os seguintes índices de dispersão: razão variância/média (I), índice de Morisita (Iδ), coeficiente de Green (Cx) e expoente <img border=0 width=16 height=16 src="../../../../../img/revistas/sa/v67n5/a08form10.gif" align=absmiddle>da distribuição binomial negativa, k comum (<img border=0 width=16 height=16 src="../../../../../img/revistas/sa/v67n5/a08form10.gif" align=absmiddle>c) e lei da potência de Taylor para cada amostragem. A distribuição binomial negativa foi o modelo mais adequado para representar a distribuição espacial do psilídeo, tanto para ninfas como para adultos. Na maioria das amostragens, as ninfas encontradas nas brotações e os adultos capturados nas armadilhas apresentaram distribuição agregada.

Citrus sinensis; psilídeo; distribuições de probabilidade; distribuição binomial negativa


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br