EFFECT OF FALLOW LAND, CULTIVATED PASTURE AND ABANDONED PASTURE ON SOIL FERTILITY IN TWO DEFORESTED AMAZONIAN REGIONS

Comparou-se o efeito de duas práticas de manejo, ou seja, o abandono da pastagem e o pousio, sobre a fertilidade do solo de duas regiões desmatadas da Amazônia (Belém-Pará e Ariquemes-Rondônia). Quando possível, pastagens cultivadas por períodos semelhantes e florestas nativas foram usadas como padrões da fertilidade do solo. A dinâmica dos nutrientes foi estuda pela técnica da eletroultrafiltração (EUF). De um modo geral, o desmatamento, como praticado nessas regiões, tem efeito degradador sobre a fertilidade do solo. A queima da biomassa vegetal normalmente leva a um aumento do pH causado pelas cinzas, resultando em um efeito favorável transitório. Manifesta-se um melhoramento das condições de fertilidade do solo que, no entanto, não é suficiente para a nutrição das plantas, considerando-se os baixos níveis de P e K. Os excrementos do gado geralmente causam um aumento do nível de K do solo sob pastagens cultivadas. Foram observadas diferenças qualitativas relacionadas aos teores de N entre as pastagens cultivadas e as áreas em pousio ou pastagens abandonadas. Nas primeiras, observou-se certa recuperação na disponibilidade de N, principalmente da fração Norg-EUF. Por outro lado, verificou-se uma regeneração de compostos orgânicos nas áreas em pousio e nas pastagens abandonadas, que alcançaram valores próximos aos observados na floresta natural. Isso se deve, principalmente, à proporção maior de N-NO3- encontrada nessas áreas, resultando em uma relação Norg-EUF/ NO3--EUF próxima a 1.

desmatamento; pousio; pastagem abandonada


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br