Método alternativo para a retirada de anéis volumétricos em solos coesos

Devido à grande dificuldade em se determinar à umidade ideal para a coleta de amostras com estrutura indeformada nos solos com horizontes coesos, este trabalho testou a hipótese que a utilização de um método alternativo para retirada de anéis volumétricos em laboratório não influenciaria a qualidade das amostras e, portanto, os resultados obtidos a partir delas. O objetivo deste trabalho foi comparar a eficiência de um método alternativo de retirada de anéis volumétricos no laboratório com o método tradicional de retirada no campo utilizando, para isso, os dados de densidade do solo (Ds). Foram feitas duas amostragens de solo: (i) na primeira foram retirados anéis com amostrador de solo e, (ii) na segunda foram retirados blocos de solo com caixas de zinco (latão) do tipo Kubiena. Esses blocos foram utilizados para retirar anéis volumétricos em laboratório com ajuda de uma bomba hidráulica manual. Não houve diferenças significativas entre os valores de Db obtidos com ambos os métodos: de laboratório e de campo. O método alternativo de laboratório é mais eficiente que o de campo, já que permite minimizar os erros provenientes do operador na amostragem de campo e aqueles causados por diferenças do conteúdo de água no solo. O método proposto permite coletar amostras nos horizontes coesos em qualquer época do ano e obter os anéis volumétricos em condições controladas de umidade e força aplicada.

amostrador de solo; amostras indeformadas; densidade do solo


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br