Accessibility / Report Error

Comportamento de três hortaliças de fruto submetidas ao aquecimento intermitente durante a frigoconservação

Behavior of three vegetable fruits submitted to intermittent warming during cold storage

R.A. KLUGE V.A. MODOLO A.P. JACOMINO J.A. SCARPARE FILHO J. TESSARIOLI NETO K. MINAMI Sobre os autores

Efeitos do aquecimento intermitente foram estudados em berinjelas, pimentões e quiabos refrigerados. Berinjelas `Piracicaba F-100' foram continuamente refrigeradas por 21 dias ou aquecidas a cada 3, 4, 5 ou 6 dias. Pimentões `Maiata' foram continuamente refrigerados por 28 dias ou aquecidos a cada 5, 6, 7 ou 8 dias. Quiabos `Santa Cruz-47' foram continuamente refrigerados por 8 dias, ou aquecidos aos 2, 3, 4 ou 5 dias. O armazenamento foi realizado à 5ºC e 90-95% UR. O aquecimento foi realizado por 24 horas à 24-25ºC e 70-75% UR (condições ambientais). O aquecimento intermitente reduziu os sintomas de injúrias pelo frio, mas provocou elevadas perdas de massa em muitos tratamentos, causando murchamento e reduzindo a comerciabilidade dos frutos após a refrigeração, principalmente em quiabos e pimentões.

berinjela; pimentão; quiabo; injúrias pelo frio; perda de massa


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Phone: +55 19 3429-4401 / 3429-4486 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br