Capacidade predatória de Arthrobotrys musiformis e Monacrosporium thaumasium a Scutellonema bradys

Scutellonema bradys (Steiner & LeHew) Andrassy é o nematóide mais importante da cultura do inhame (Dioscorea cayennensis Lam.) no Estado da Bahia, Brasil, responsável pela necrose superficial das túberas, conhecida como casca preta do inhame. Os fungos nematófagos são potenciais agentes de biocontrole contra nematóides fitoparasitos. A atividade predatória de Arthrobotrys musiformis Drechsler a S. bradys foi avaliada in vitro. Os fungos foram multiplicados em meio BDA durante 15 dias, transferidos para o centro de placas de Petri contendo 2% de agar-água e após 14 dias de incubação, foram adicionados 150 nematóides. Durante cinco dias, em intervalos de 24 horas, foi quantificado o número de nematóides capturados pelos fungos. Ambos os fungos formaram estruturas de captura do tipo anéis simples e malha adesiva tri-dimensional, 24 horas após a infestação das placas com S. bradys. A percentagem de nematóides capturados por cada fungo aumentou linearmente com o tempo, atingindo 94,6% e 97,3% de captura por A. musiformis e M. thaumasium, respectivamente, no quinto dia de avaliação. Ambos os fungos apresentaram boa capacidade predatória sobre S. bradys. Esse é o primeiro relato de fungos nematófagos capturando S. bradys. Estudos futuros deverão avaliar o potencial destes agentes de biocontrole como alternativa para o controle de S. bradys em plantios de inhame.

Dioscorea cayennensis Lam.; fungos nematófagos; casca preta do inhame; controle biológico


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br