Otimização da organogênese in vitro de maracujazeiro (Passiflora edulis f. flavicarpa)

A organogênese in vitro de maracujá foi estudada pela indução de gemas adventícias em discos de folha cultivados em meio de cultura suplementado com benziladenina (BAP) ou thidiazuron (TDZ). Nitrato de prata (AgNO3) foi adicionado ao meio de cultura de indução de gemas adventícias para minimizar o efeito do acúmulo de etileno no desenvolvimento dos brotos. Tanto BAP (0; 2,2; 4,4; 6,6 µmol L-1) como TDZ (0; 1,1; 2,2; 3,4 µmol L-1) foram eficientes em promover o desenvolvimento de brotos. Embora diferenças significativas no uso de AgNO3 (23,5 µmol L-1) não tenham sido detectadas, gemas adventícias desenvolvidas em meio de cultura suplementado com AgNO3 eram mais vigorosas. O número de explantes com gemas obtidos no meio de cultura suplementado com TDZ e AgNO3 (5,6) foi maior do que aquele obtido com BAP e AgNO3 (3,0). Os meios de cultura MSM + ácido giberélico (GA3), MSM + água de coco ou ½ MSM foram utilizados para o alongamento dos brotos, os quais foram incubados em frascos com tampas ventiladas ou tampas normais. Os melhores resultados foram obtidos cultivando-se as gemas adventícias no meio de cultura MSM + água de coco em frascos com tampas ventiladas. As plântulas transferidas para meio de cultura MSM + ácido indol butírico enraizaram num período de 30 dias. A organogênese in vitro de maracujazeiro foi otimizada utilizando-se TDZ + AgNO3 para a indução de gemas adventícias. A transferência das gemas para meio de cultura MSM + água de coco e a incubação em frascos com tampas ventiladas favoreceu o alongamento e o desenvolvimento de plântulas.

cultura de tecidos; etileno; nitrato de prata; thidiazuron


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br