Disponibilidade de nitrogênio, longevidade foliar e mecanismos de conservação de nitrogênio em folhas de espécies arbóreas tropicais

Perenifólias de clima temperado são dominantes em solos pouco férteis. Essa característica é atribuída a mecanismos mais eficientes de economia de nutrientes. O cajueiro (Anacardium occidentale - Anacardiaceae), uma espécie decídua, é nativo de região do Brasil com solos arenosos, enquanto que o urucuzeiro (Bixa orellana - Bixaceae), uma perenifólia, nativa da América tropical, é espontâneo em regiões com solo mais úmido e fértil. As perenifólias apresentam folhas robustas, adaptadas a resistir a adversidades por mais tempo. Compararam-se aspectos físicos das folhas e mecanismos de economia de nutrientes entre as duas espécies, a fim de verificar se a espécie decídua apresenta mecanismos mais eficientes, que expliquem sua ocorrência em locais pouco férteis. Foram também comparados os mecanismos de economia de nitrogênio sob disponibilidades diferentes deste nutriente. Foram avaliados: (i) longevidade foliar, (ii) características físicas das folhas (massa por área e tensão de ruptura), (iii) concentração de compostos nitrogenados nas folhas (nitrogênio, clorofila e proteínas), (iv) mecanismos de conservação de nitrogênio (eficiência de reaproveitamento, proficiência de reaproveitamento e eficiência do uso), (v) mecanismos de conservação de nitrogênio sob disponibilidades diferentes deste elemento. A maior longevidade foliar de A. occidentale foi relacionada a valores maiores de massa foliar específica e tensão de ruptura foliar. A. occidentale apresentou menores concentrações de nitrogênio e proteínas. Sob menor disponibilidade de nitrogênio A. occidentale apresentou maiores valores de proficiência de reaproveitamento e eficiência do uso de nitrogênio e maior longevidade foliar. Essas características podem ter contribuído para a adaptação dessa espécie a locais com solos arenosos mais pobres em nitrogênio.

deciduidade foliar; proficiência de reaproveitamento de nitrogênio; eficiência do uso de nitrogênio; tensão de ruptura da folha


São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Tel.: +55 19 3429-4401 / 3429-4486, Fax: +55 19 3429-4401 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br