Accessibility / Report Error

Determinação de coeficientes de cultura para o milho durante um experimento de evapotranspiração em um oxisol do Brasil

M.M. Villagra D. Gabriels H. Verplancke R. Hartmann K. Reichardt Sobre os autores

Os componentes do balanço hídrico foram medidos durante dois períodos (de 1989 a 1991) em terra roxa estruturada, em Piracicaba,SP, Brasil. As variações de armazenamento de água e os fluxos de água no solo no limite inferior da zona radicular foram calculados para uma transeção de 25 parcelas experimentais. Gradientes hidráulicos foram determinados por meio de medidas tensiométricas. Densidades de fluxo de água foram estimadas através da equação de Darcy. A evapotranspiração atual das culturas e das ervas daninhas e a evaporação atual do solo nú foram obtidas da equação do balanço hídrico, para dois períodos, sob diferentes rotações de cultura. Para o primeiro período a seqüência foi solo nú - milho - ervas daninhas e para o segundo cobertura morta - ervas daninhas - milho. Para determinar os coeficientes de cultura, a evapotranspiração potencial foi calculada por dois métodos. O primeiro foi baseado na equação de Penman modificada, com a grama como cobertura de referência, obtendo assim os coeficientes de referência, e o segundo baseado no tanque de evaporação tipo classe "A", obtendo os coeficientes de tanque. Estes coeficientes foram comparados com os coeficientes de cultura tabulados. De uma forma geral, em períodos sem falta de água para a cultura, os coeficientes de referência e de tanque se assemelharam bastante aos coeficientes de cultura.

coeficiente de cultura; evapotranspiração; variabilidade espacial


Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" USP/ESALQ - Scientia Agricola, Av. Pádua Dias, 11, 13418-900 Piracicaba SP Brazil, Phone: +55 19 3429-4401 / 3429-4486 - Piracicaba - SP - Brazil
E-mail: scientia@usp.br